#surf #comportamento 
Ipojuca - Pernambuco - Brasil

Alan Donato focado para 2013

Marcelo Sá Barreto

Novo ano, novas conquistas, novas metas. O surf e a vida tem mais semelhanças que diferenças. Há que reforçar a objetividade, correr atrás de campeonatos, ondas boas e tudo mais que aparecer pela frente. É assim pra quem escolheu viver sobre as ondas

O pernambucano Alan Donato, que vive uma fase de mudanças, aceitou o desafio. Já pensa nas viagens e nos eventos que vai disputar na temporada. Sem perder o foco, porque o importante é se estabelecer num mundo competitivo. Para isso, ser diferente é fundamental.

O presente é importante. Mas o que se faz de bom no passado ajuda a impulsionar a carreira. E 2012 foi de grandes experiências para o pernambucano, que o fez repensar a carreira e as ações. “As competições são um ambiente que gosto de estar. Mas o surf é um todo. Então, acredito que as viagens e o que vivemos nelas, as ondas que surfamos em países de sonho, não podem ser descartados. Além de serem um ótimo elemento de mídia”, argumentou.

Ano passado, Alan e sua dupla inseparável, Luel Felipe, estudaram inglês ao mesmo tempo que desfrutaram de boas ondas na Austrália. Ainda dividiram uma trip em Bali. Donato passou pela África do Sul, Peru e Fernando de Noronha. Colecionou vasto material de vídeo e foto. O surf, como se vê nas imagens e no vídeo, está no pé. “Gosto muito do freesurf também. Acho que consigo me soltar mais. Mostrar o que sei fazer”, disse.

Alan e Luel, este ano, tem grandes projetos no surf. Luel está na Austrália, onde vai passar uma temporada de dois meses e Alan, depois de Noronha, este mês, deve partir para o Havaí e pegar o fim da temporada no arquipélago mais famoso do mundo do surfe. “Eu e Luel vamos mostrar um lado legal do surfe. É só esperar. O projeto está sendo montado”, afirmou, num tom misterioso, o surfista de Maracaípe.

Galerias | Mais Galerias