#videos 
Sydney - Nova Gales do Sul - Austrália

3º dia do QS 6000 Vissla Sydney Surf Pro 2019

WSL

Confira a transmissão webcast do 3º dia do QS 6000 Vissla Sydney Surf Pro 2019 em Manly Beach. A quarta-feira na Austrália começou com a 2ª fase do QS 6000 Vissla Sydney Surf Pro com 24 sul-americanos - 18 do Brasil, 4 do Peru, 1 do Chile e 1 do Uruguai -

Previsão Surfguru para Sydney - NSW - Australia

O 11 vezes campeão mundial Kelly Slater foi a grande atração do terceiro dia do Vissla Sydney Surf Pro, QS 6.000 da World Surf League que acontece em Manly Beach, Austrália.

Aos 47 anos, Slater atraiu uma grande multidão e levou a plateia ao delírio ao vencer seu confronto, somando 5.40 e 5.87 nas pequenas ondas. Dois brasileiros marcaram presença no duelo, com o catarinense naturalizado espanhol Vicente Romero ficando com a segunda vaga e eliminado o paulista Victor Bernardo e o marroquino Ramzi Boukhiam.

“Eu não participo de um evento do QS por muito tempo, especialmente em ondas pequenas como essas, então eu estava realmente ciente de que qualquer coisa poderia ter acontecido hoje”, disse Slater. “Não há muita diferença entre os surfistas quando as ondas estão assim. Isso realmente se resume a quem pega as melhores ondas, mas eu também sabia que os três caras que eu enfrentei são realmente talentosos e super competitivos. Foi muito louco chegar na praia hoje com tantas as pessoas – eu realmente podia sentir a energia sendo focada em mim, especialmente porque eu não tenho surfado aqui há bastante tempo”, continua.

Slater, que já residiu nas praias do norte durante metade do ano, no fim dos anos 90 e início dos anos 2000, estava na lua por voltar a um lugar tão familiar para iniciar sua temporada competitiva em 2019. A última vez que ele competiu em Sydney foi em 2004, quando ele ganhou o Australian Open em Maroubra.

“Na última vez que estive aqui venci em Maroubra e depois fui para o Newcastle e ganhei lá, então espero poder fazer esse tipo de coisa de novo”, continuou Slater. “É muito legal estar de volta a Sydney, eu adoro sobrevoar a baía e apenas a sensação de estar em uma cidade grande que ainda tem belas praias e ótimas ondas – é um lugar realmente única e especial”.

Depois de vencer no Round 2, Slater avança para o Round 3, onde vai surfar na 5ª bateria contra três surfistas que sempre são fortes nos QS, Alex Ribeiro, que acaba de vencer o QS em Newcastle, na semana passada, o top CT Jesse Mendes e o francês Charly Quivront. A bateria provavelmente vai entrar na água às 15:30 (Horário Local de Sydney). 

A melhor performance do dia foi a do australiano Jacob Willcox, que com um backside forte destruiu as pequenas direitas de Manly Beach. Willcox somou 16.27 pontos (8.50 + 7.77) e avançou ao Round 3 junto ao novato do CT em 2019, o também australiano Soli Bailey. 

O dia foi também de vitórias brasileiras. Vindo de vitória no QS 6.000 em Newcastle, Alex Ribeiro totalizou 13.06 pontos para avançar junto com Thiago Camarão, que somou 10.46 pontos. Pior para Wiggolly Dantas, eliminado com 10.03, e Noe Mar McGonagle, quarto colocado na bateria.

Em outra dobradinha, Tomas Hermes avançou em primeiro e Jessé Mendes ficou com a segunda vaga, mas Krystian Kymerson caiu junto com o havaiano Benji Brand.

Também seguiram ao round 3 Michael Rodrigues, Bino Lopes, Ian Gouveia, Jadson André e Weslley Dantas.

Já Flavio Nakagima, Deivid Silva, Yuri Gonçalves, Caio Ibelli e Miguel Pupo foram eliminados da competição.

Os diretores do evento voltarão a Manly Beach nesta Quinta-Feira para fazer uma nova chamada para a competição que provavelmente terá início às 07:30 (Horário local de Sydney).

Galerias | Mais Galerias