Jijoca de Jericoacoara - Ceará - Brasil

2º Jericoacoara Longboard Festival

Redação Surfguru

Nos dias 5 e 6 de março a paradisíaca Jericoacoara foi palco do evento de surf mais alto astral já realizado na famosa praia do Litoral Oeste cearense.

Música, exposição fotográfica, yoga, ritual das águas, uma comunidade unida em prol de um esporte e muita diversão na modalidade mais clássica praticada pelos reis havaianos foram alguns dos ingredientes que garantiram o sucesso absoluto do 2º Jericoacoara Longboard Festival.

Sábado, 05/03

O evento teve sua abertura oficial no sábado às 10h da manhã e desde esse momento os participantes puderam ver e sentir que esse não seria apenas mais um campeonato. Embalados por sons da floresta que ecoavam em toda enseada, os competidores foram convidados por Marcelo Bibita a participar do Ritual das Águas. Em uma cerimônia marcada pela emoção e espiritualidade os participantes ouviram o Manifesto das Águas do Planeta, proferido por Bibita e depois cada um despejou uma pequena quantidade de água em um recipiente como forma de simbolizar a responsabilidade que todos devemos ter sobre as águas do planeta. A abertura terminou com uma chuva que parece ter caído apenas para abençoar aquele momento, pois, tão logo o ritual foi encerrado o sol abriu e as baterias entraram na água.

Apesar das pequenas ondas, a perfeição das longas direitas da Praia da Duna do Pôr do Sol não decepcionaram, principalmente em se tratando dos surfistas locais, que conhecem muito bem aquela onda e souberam aproveitar essa vantagem para dar trabalho aos visitantes.

Manobras clássicas e muita diversão dentro d’água marcaram o primeiro dia do festival, que ainda teve direito a Exposição Virtual no Lounge do Club Ventos com fotos de Fernanda Sayuri e Monique Melo, além de uma sessão nostálgica com imagens históricas do 1º Jericoacoara Longboard Festival, realizado em 2007, com o som do reggae melódico de Carlinhos Nação e do Chileno Guerreiro de Fé encerrando o dia em grande estilo.

Domingo

Assim como no dia anterior, o domingo teve início com os competidores reunidos na praia em círculo, dessa vez para uma sessão relaxante de Surf Yoga coordenada pelos facilitadores do Espaço Barnabé, Rafael e Celeste, em homenagem ao surfista e instrutor de surf local Renato Araújo, morto em um trágico acidente no ano passado. Mais uma vez emoção e espiritualidade tomaram conta dos presentes, que encerraram a cerimônia jogando a água do mar para os céus como forma de lembrar e homenagear o amigo que certamente, estava ali presente espiritualmente.

Após a cerimônia tiveram início as disputas. Contudo, nem o fato de se tratar de uma competição e nem o tamanho das ondas, que no domingo continuaram pequenas, foram capazes de ofuscar o brilho, a vibração e o clima de confraternização do evento. A cada onda surfada a praia toda delirava com a performance dos surfistas locais e também de alguns dos melhores atletas do Nordeste, como era o caso de Geraldo Lemos, atual Campeão Cearense de Longboard, que fez questão de comparecer ao evento.

Ao final das disputas, o grande nome da competição foi o atleta local Morgan Mohamed, que faturou as categorias Open e Classic, esta última concebida exclusivamente para manobras clássicas como Hang Five e Hang Ten, muito apreciadas por todos os locais da praia. E por falar em locais vale a pena destacar a performance dos atletas da nova geração, que segundo os mais experientes, em termos técnicos, estão prontos para encarar um circuito brasileiro sem dever nada aos competidores de todo país.

Entre as meninas mais uma vez o domínio foi dos locais com Jaquel e Marine faturando as duas categorias dedicadas às mulheres, respectivamente a Sup Wave e a Open Feminino. Ambas deram um show de técnica e fair play ao comemorar juntas o resultado durante a cerimônia de premiação.

Na SUP Wave masculino também deu um atleta local, Pedro Carvalho, que em uma bateria bem disputada deixou o atleta do Icaraí que hoje reside na Espanha, Keven Lennox, na segunda colocação.

Na categoria Super Master, para maiores de 50 anos, o grande nome do evento foi Marcelo Bibita, que mesmo estando sempre ocupado com as demandas do evento, ainda encontrou energia para fazer uma disputada final onde por pouco não era surpreendido por Celso, o Padin, que começou a bateria pegando uma ótima onda e fazendo toda praia de Jericoacoara delirar com sua performance carismática.

De acordo com o Presidente da Federação de Surf do Estado do Ceará, Amélio Júnior, o ano de 2016 começou com o pé direito no primeiro evento homologado pela FSEC:

“Não foi à toa que a Federação condecorou o ativista do surf Marcelo Bibita com o Diploma de Personalidade do Ano 2016. Nesse evento conseguimos ver tudo o que o Bibita representa para o surf cearense e brasileiro, pois, além de um ótimo competidor, ele, como poucos, consegue promover uma grande união de esforços capaz de levar a cabo um projeto tão bonito como esse... E nós da Federação estamos prontos para continuar somando forças pra quem sabe tornar esse evento nacional em sua próxima edição”, declarou Amélio.

Para a atleta local da Praia do Paracuru, Maga, o evento foi um dos melhores, senão o melhor que ela já participou em toda sua vida:

“Todos sabem o amor que tenho pelo surf e que eu gostaria muito de ter vencido. Mas, foi tudo tão bonito que o simples fato de eu ter tido a oportunidade de participar desse evento me deixou feliz. Tudo foi emocionante: o Ritual das Águas, no qual eu me desmanchei em lágrimas, tamanha foi a minha emoção, as baterias, a Exposição Fotográfica, o reencontro de bons e velhos amigos, a energia da competição, o prazer de surfar nesse paraíso. Foi tudo incrível e já vou me preparar para no ano que vem trazer também meu neto para que ele veja e sinta o verdadeiro espírito do surf”, declarou Maga.

A Festa             

Após a Cerimônia de Premiação (que foi uma festa à parte onde a comunidade ligada ao surf de Jericoacoara compareceu em peso ao Louge do Club Ventos para prestigiar seus herois locais) a festa de encerramento fechou com chave de ouro o 2º Jericoacoara Longboard Festival com direito a muito reggae comandado pela Banda Cabesativa, Carlinhos Nação e Guerreiro de Fé do Chile, que fizeram uma mescla de músicas autorais com os maiores clássicos do reggae music mundial para a alegria dos que ficaram até às 22h dançando e se divertindo.

“Esse foi um dos finais de semana mais felizes de minha vida. Esse evento foi a realização de um sonho. A presença de grandes amigos como Renê, Paulo Barrão e muitos outros, a confiança e a credibilidade que os muitos apoiadores depositaram em mim acreditando que tudo o que eu disse iria acontecer, um evento lindo e histórico, tudo foi perfeito. Não tenho palavras para traduzir o que estou sentido agora. Estou muito grato à Deus e a todos que tornaram possível a realização desse sonho”, desabafou Carlos Clécio, proprietário da Jeri Acqua Sport.

Segundo muitos dos presentes, o 2º Jericoacoara Longboard Festival foi um evento que lembrou os antigos festivais de surf, quando a turma se reunia para contemplar a mágica de deslizar sobre as ondas e também curtir shows que sempre faziam parte dos eventos. Em momento algum o clima de disputas e rivalidade se sobrepôs ao sentimento de confraternização:

“Apesar de estar esgotado por conta de ter participado diretamente da organização das ações do Festival inclusive competindo em três categorias, estou muito feliz e satisfeito com todo o resultado. O feedback esta sendo alucinante um dos melhores dentre todos os eventos que já promovi e com certeza o mais astral deles. Auêra auára!  

RESULTADOS  

Open Masculino

1º Morgan Mohamed

2º Geraldo Lemos

3º Marcelo Bibita

4º Miller Chicaroni

Open Feminino

1ª Marine Fernandes

2ª Jaquel Sampaio

3ª Carol Lima

4ª Pérola Pescaro

Super Master – Acima de 50 anos

1º Marcelo Bibita

2º Celso Padin

3º Adriano Viana

4º Paulo Barrão

Classic Nose – Manobras Clássicas

1º Morgan Mohamed

2º Chico Bento

3º Carlos Clécio

4º Marcelo Bibita

Estreante

1º Sérgio Soares

2º Patrício Teixeira

3º Saron Ferreira

4º José Vitor

Júnior

1º João Pedro Simpson

2º Gustavo dos Santos

3º Ryan Lima

4º Guilherme Lemos

Sup Wave Masculino

1º Pedro Carvalho

2º Keven Lennox

3º Dário Troiani

4º Jota Oliveira

Sup Feminino

1ª Jaquel Sampaio

2ª Marine Fernandes

3ª Adriana Souza

4ª Carol Barcellos

Apresentado por Jeri Acqua Sport, o 2º Jericoacoara Longboard Festival é mais uma promoção da Auêra Auára Produções em parceria com Pousada Casa do Ângelo e Jeri Acqua Sport. E conta com o Apoio de Espaço Barnabé, Xavi Surf School, Pena, Pão do Sol, Pousada do Maurício, Sim 7 Turismo Receptivo, Panificadora Sangue Bom, Restaurante Jerijú, Pousada Maria Bonita, Pousada Casa Suíça Brasileira, Inca Design Lab, Pousada Galoo, Pousada Surfing Jeri, Clube dos Ventos, Chilli Beans, Jeri Viagens, Fred Transfer, Jeri Férias, Larissa Costa, Pousada Juventude Familiar, HB Comunicação Visual, LongBoard 4Ever, D’Cofibras, Body One, Manin Gomes Photo & Vídeo, Jeri 30 Knots, Restaurante Dona Amélia, By Boogie Ag. Viagem e Turismo, ICMBio, Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara, Secretaria de Turismo e Meio Ambiente de Jijoca de Jericoacoara e Federação de Surfe do Estado do Ceará. A divulgação fica por conta do BlogManobra Radical do Jornal Diário do Nordeste, Revista Beach Show, Surfguru e Canal Woohoo.

Por Marcelo Bibita

Galerias | Mais Galerias