Pantin - Galiza - Espanha

Quatro sul-americanos nas oitavas do QS 6000 da Espanha

Redação Surfguru

A cearense Silvana Lima terminou em quinto lugar no QS 6000 Pantin Classic Galicia Pro e permanece no grupo das seis surfistas que sobem para a elite da World Surf League.

Site oficial do evento

Previsão Surfguru para Galícia

A californiana Sage Erickson barrou a brasileira nas quartas de final e vai disputar o título com a francesa Pauline Ado na Espanha. Também nas ondas de 4-6 pés do sábado na Playa de Pantin, foram realizadas duas fases para definir as oitavas de final masculinas e quatro sul-americanos passaram para o domingo decisivo em La Coruña, os brasileiros Tomas Hermes, Michael Rodrigues, Ian Gouveia e o argentino Santiago Muniz.

O sábado não começou bem para os doze surfistas da América do Sul que competiram na terceira fase do QS 6000 da Espanha. Os brasileiros Marco Fernandez e Halley Batista saíram no primeiro confronto do dia e Krystian Kymerson ficou em último no segundo. No quarto, caiu o uruguaio Marco Giorgi. Na disputa seguinte, enfim, uma classificação e em dose dupla com os catarinenses Tomas Hermes e Willian Cardoso despachando o português Frederico Morais e o australiano Luke Hynd.

Outra dobradinha brasileira poderia ter acontecido duas baterias depois e o cearense Michael Rodrigues fez a parte dele, surfando boas ondas para passar em primeiro lugar. Já o paulista Jessé Mendes, perdeu a briga pela segunda vaga para Charles Martin, da Ilha Guadalupe. Depois vieram mais duas vitórias seguidas, do paulista Deivid Silva e do argentino Santiago Muniz na nona e na décima bateria, respectivamente. Luel Felipe perdeu na 11.a, mas o também pernambucano Ian Gouveia conseguiu a última vaga para a rodada dos 24 melhores do Pantin Classic Galicia Pro, na bateria vencida pelo francês Jeremy Flores que fechou a terceira fase.

Santiago Muniz (Foto: Laurent Masurel - WSL)
Santiago Muniz (Foto: Laurent Masurel – WSL)

A batalha pelas vagas nas oitavas de final começou em seguida e Tomas Hermes iniciou a participação sul-americana na quarta fase com vitória sobre o americano Brett Simpson e o neozelandês Billy Stairmand na terceira bateria. Na quarta, o também catarinense Willian Cardoso foi barrado pelos australianos Dean Bowen e Connor O´Leary. E na quinta, Michael Rodrigues passou atrás do líder do WSL Qualifying Series, o italiano Leonardo Fioravanti.

O paulista Deivid Silva entrou na seguinte defendendo a quinta posição no ranking, mas não conseguiu pegar as melhores ondas que entraram na bateria e foi batido pelo francês Nomme Mignot e por Charles Martin, de Guadalupe. Mas, a participação sul-americana no sábado terminou bem, com uma dobradinha do brasileiro Ian Gouveia e o argentino Santiago Muniz sobre o costa-ricense Carlos Munoz.

Michael Rodrigues (Foto: Laurent Masurel - WSL)
Michael Rodrigues (Foto: Laurent Masurel – WSL)

OITAVAS DE FINAL – As oitavas de final estão previstas para começar as 9h00 do domingo na Espanha, 4h00 da madrugada pelo fuso horário de Brasília. O catarinense Tomas Hermes vai disputar a terceira bateria do dia com o australiano Connor O´Leary e pode entrar no G-10 do WSL Qualifying Series se chegar nas semifinais do Pantin Classic Galicia Pro. O cearense Michael Rodrigues e o argentino Santiago Muniz também têm chances de superar o australiano Dion Atkinson, que no momento está fechando a zona de classificação para a elite dos top-34 da World Surf League, mas só se chegarem na grande final do QS 10000 da Espanha.

O adversário de Michael Rodrigues será Charles Martin, de Guadalupe, na sexta oitava de final. Na sétima, o pernambucano Ian Gouveia, sem chances matemáticas de entrar no G-10 nessa etapa, enfrenta o número 6 no ranking do QS, Evan Geiselman, dos Estados Unidos. E o argentino Santiago Muniz vai disputar a última vaga para as quartas de final contra um top da elite, o francês Jeremy Flores, que não está bem no ranking do CT e passa a buscar sua permanência entre os dez indicados pelo QS.

Silvana Lima (Foto: Laurent Masurel - WSL)
Silvana Lima (Foto: Laurent Masurel – WSL)

FINAL FEMININA – A categoria feminina do QS 6000 Pantin Classic Galicia Pro era para ser encerrada no sábado, porém uma forte neblina baixou na Playa de Pantin durante a tarde e motivou o adiamento da decisão do título para o domingo. A brasileira Silvana Lima não conseguiu achar boas ondas para reeditar suas grandes apresentações no evento que ela foi campeã em 2014. Ela perdeu nas quartas de final para a americana Sage Erickson, que foi mais feliz na escolha para vencer por 15,10 a 6,83 pontos.

Mesmo assim, o quinto lugar garantiu a vaga de Silvana Lima no grupo das seis indicadas pelo WSL Qualifying Series para completar a elite das top-17 da World Surf League no ano que vem. A única que pode tirar a quinta posição no ranking da cearense é a própria Sage Erickson, mas só com a vitória no Pantin Classic. Já para a francesa Pauline Ado, adversária da americana na decisão, o título vale vaga no G-6, pois ela precisa dos 6.000 pontos para superar a havaiana Coco Ho, que está fechando a lista no momento.

O QS 6000 Pantin Classic Galicia Pro define seus campeões neste domingo em La Coruña, com as oitavas de final masculinas começando as 9h00 na Espanha, 4h00 pelo fuso horário de Brasília, com transmissão ao vivo pelowww.worldsurfleague.com

Ian Gouveia (Foto: Laurent Masurel - WSL)
Ian Gouveia (Foto: Laurent Masurel – WSL)

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Samsung Galaxy Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL já possui uma enorme legião de fãs apaixonados em todo o planeta que acompanha as performances dos melhores surfistas do mundo, como Gabriel Medina, John John Florence, Adriano de Souza, Kelly Slater, Stephanie Gilmore, Greg Long, Makua Rothman, Carissa Moore, entre outros, competindo no mais imprevisível e dinâmico campo de jogo entre todos os esportes no mundo, que é o mar.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

———————————————————–

Por João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

———————————————————–

FINAL FEMININA DO QS 6000 PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

Sage Erickson (EUA) x Pauline Ado (FRA)

OITAVAS DE FINAL MASCULINAS DO QS 6000 PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

1.a: Kanoa Igarashi (EUA) x Hodei Collazo (ESP)

2.a: Joan Duru (FRA) x Soli Bailey (AUS)

3.a: Connor O´Leary (AUS) x Tomas Hermes (BRA)

4.a: Brett Simpson (EUA) x Dean Bowen (AUS)

5.a: Leonardo Fioravanti (ITA) x Nomme Mignot (FRA)

6.a: Michael Rodrigues (BRA) x Charles Martin (GLP)

7.a: Evan Geiselman (EUA) x Ian Gouveia (BRA)

8.a: Jeremy Flores (FRA) x Santiago Muniz (ARG)

RESULTADOS DO SÁBADO NO QS 6000 PANTIN CLASSIC GALICIA PRO:

SEMIFINAIS FEMININAS – 3.o lugar com 3.550 pontos e US$ 2.500 de prêmio:

1.a: Sage Erickson (EUA) 15.67 x 9.17 Teresa Bonvalot (PRT)

2.a: Pauline Ado (FRA) 12.33 x 3.00 Paige Hareb (NZL)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 2.650 pontos e US$ 1.750 de prêmio:

1.a: Teresa Bonvalot (PRT) 10.17 x 9.84 Keely Andrew (AUS)

2.a: Sage Erickson (EUA) 15.10 x 6.83 Silvana Lima (BRA)

3.a: Pauline Ado (FRA) 8.27 x 8.00 Macy Callaghan (AUS)

4.a: Paige Hareb (NZL) 8.37 x 7.57 Justine Dupont (FRA)

QUARTA FASE MASCULINA – 1.o e 2.o=Oitavas de Final / 3.o=17.o lugar com 1.050 pts e US$ 2.000:

1.a: 1-Kanoa Igarashi (EUA)=13.83, 2-Soli Bailey (AUS)=10.87, 3-Ricardo Christie (NZL)=10.63

2.a: 1-Joan Duru (FRA)=15.93, 2-Hodei Collazo (ESP)=12.10, 3-Mitch Crews (AUS)=11.57

3.a: 1-Tomas Hermes (BRA)=14.10, 2-Brett Simpson (EUA)=11.33, 3-Billy Stairmand (NZL)=7.44

4.a: 1-Dean Bowen (AUS)=15.50, 2-Connor O´Leary (AUS)=12.90, 3-Willian Cardoso (BRA)=11.30

5.a: 1-Leonardo Fioravanti (ITA)=13.93, 2-Michael Rodrigues (BRA)=13.60, 3-Miguel Blanco (PRT)=7.83

6.a: 1-Charles Martin (GLP)=15.10, 2-Nomme Mignot (FRA)=14.97, 3-Deivid Silva (BRA)=5.54

7.a: 1-Ian Gouveia (BRA)=14.67, 2-Santiago Muniz (ARG)=13.73, 3-Carlos Munoz (CRI)=8.64

8.a: 1-Jeremy Flores (FRA)=13.33, 2-Evan Geiselman (EUA)=12.67, 3-Cooper Chapman (AUS)=10.40

TERCEIRA FASE – 3.o=25.o lugar (US$ 1.300 e 700 pts) e 4.o=37.o lugar (US$ 1.200 e 650 pts):

1.a: 1-Kanoa Igarashi (EUA), 2-Mitch Crews (AUS), 3-Marco Fernandez (BRA), 4-Halley Batista (BRA)

2.a: 1-Ricardo Christie (NZL), 2-Hodei Collazo (ESP), 3-Dion Atkinson (AUS), 4-Krystian Kymerson (BRA)

3.a: 1-Joan Duru (FRA), 2-Soli Bailey (AUS), 3-Mitch Coleborn (AUS), 4-Yadin Nicol (AUS)

4.a: 1-Brett Simpson (EUA), 2-Dean Bowen (AUS), 3-Marco Giorgi (URU), 4-Oney Anwar (IDN)

5.a: 1-Tomas Hermes (BRA), 2-Willian Cardoso (BRA), 3-Frederico Morais (PRT), 4-Luke Hynd (AUS)

6.a: 1-Connor O´Leary (AUS), 2-Billy Stairmand (NZL), 3-Aritz Aranburu (ESP), 4-Torrey Meister (HAV)

7.a: 1-Michael Rodrigues (BRA), 2-Charles Martin (GLP), 3-Jorgann Couzinet (REU), 4-Jessé Mendes (BRA)

8.a: 1-Leonardo Fioravanti (ITA), 2-Nomme Mignot (FRA), 3-Cory Arrambide (EUA), 4-Michael Dunphy (EUA)

9.a: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Miguel Blanco (PRT), 3-Nelson Cloarec (FRA), 4-Ethan Ewing (AUS)

10: 1-Santiago Muniz (ARG), 2-Evan Geiselman (EUA), 3-Dimitri Ouvre (BLM), 4-Adrien Toyon (FRA)

11: 1-Carlos Munoz (CRI), 2-Cooper Chapman (AUS), 3-Koa Smith (HAV), 4-Luel Felipe (BRA)

12: 1-Jeremy Flores (FRA), 2-Ian Gouveia (BRA), 3-Noe Mar McGonagle (CRI), 4-Nic Von Rupp (PRT)

 

Galerias | Mais Galerias