Reino Unido

Léo Neves nas quartas de final do 6-Star da Escócia

João Carvalho / ASP

Foi mais um dia de ondas excelentes de 6-8 pés no mar gelado de Thurso East.

O carioca Leonardo Neves venceu suas duas baterias no sábado e vai enfrentar o neozelandês Richard Christie nas quartas de final do ASP 6-Star O´Neill Coldwater Classic na Escócia. Foi mais um dia de ondas excelentes de 6-8 pés no mar gelado de Thurso East. Vice-campeão desta etapa no ano passado, Yuri Sodré foi barrado no terceiro confronto do sábado pelo próprio Richard Christie e pelo francês da Ilha Reunião, Adrien Toyon.

Leonardo Neves derrotou o francês Romain Cloitre e o inglês Micah Lester na bateria seguinte e nas oitavas de final despachou Adrien Toyon. Ainda assim, dois franceses avançaram para o domingo. Na lista dos oito finalistas, tem também dois surfistas da Nova Zelândia, um australiano, um taitiano, um espanhol e o brasileiro Léo Neves.

MELHORES DO DIA - Ninguém conseguiu bater os recordes do campeonato, mas Joan Duru (foto) chegou perto da nota 10 do inglês Micah Lester. No duelo francês contra Tim Boal que abriu as oitavas de final, Duru surfou a melhor onda do sábado em Thurso East. Dos cinco juízes, dois deram a nota máxima para ele, porém dois acharam que valia 9,5, um deu 9,8 e a média ficou em 9,77.

Já o maior placar do dia foi o do neozelandês Jay Quinn, que atingiu 17,40 pontos na vitória sobre o japonês Yujiro Tsuji na segunda oitava de final. O recorde ainda é do francês Romain Laulhe, com 17,54 pontos. Os dois melhores do sábado agora vão se enfrentar nas quartas de final, logo na primeira bateria do domingo na Escócia.

O O´Neill Coldwater Classic está sendo transmitido ao vivo e o link pode ser acessado pelo www.aspsouthamerica.com.br

QUARTAS DE FINAL – 2.o=5.o lugar – US$ 2.950 e 1.560 pontos:

1.a: Joan Duru (FRA) x Jay Quinn (NZL)

2.a: Alain Riou (TAH) x Hodei Collazo (ESP)

3.a: Richard Christie (NZL) x Leonardo Neves (BRA)

4.a: Vincent Duvignac (FRA) x Brent Dorrington (AUS)

OITAVAS DE FINAL – 2.o=9.o lugar – US$ 2.300 e 920 pontos:

1.a: Joan Duru (FRA) 15.20 x 14.86 Tim Boal

2.a: Jay Quinn (NZL) 17.40 x 6.94 Yujiro Tsuji (JAP)

3.a: Alain Riou (TAH) 11.07 x 6.37 Charles Martin (GLP)

4.a: Hodei Collazo (ESP) 12.60 x 5.67 Russell Winter (ING)

5.a: Richard Christie (NZL) 13.26 x 10.57 Romain Cloitre (FRA)

6.a: Leonardo Neves (BRA) 13.54 x 11.84 Adrien Toyon (REU)

7.a: Vincent Duvignac (FRA) 15.94 x 2.90 Kevin Sullivan (HAV)

8.a: Brent Dorrington (AUS) 14.03 x 11.20 Davey Cathels (AUS)

TERCEIRA FASE – 24 atletas – 3.o=17.o lugar – US$ 2.000 e 675 pontos:

---------------baterias que fecharam a sexta-feira:

1.a: 12.93=Joan Duru (FRA), 8.73=Jay Quinn (NZL), 8.50=Dion Atkinson (AUS)

2.a: 13.54=Yujiro Tsuji (JAP), 12.34=Tim Boal (FRA), 7.13=Marc Lacomare (FRA)

---------------baterias que abriram o sábado:

3.a: 7.17=Alain Riou (TAH), 5.37=Russell Winter (ING), 4.66=Reubin Pearce (ING)

4.a: 13.56=Hodei Collazo (ESP), 11.80=Charles Martin (GLP), 11.17=Lincoln Taylor (AUS)

5.a: 13.33=Richard Christie (NZL), 11.77=Adrien Toyon (REU), 6.57=Yuri Sodré (BRA)

6.a: 13.84=Leonardo Neves (BRA), 12.87=Romain Cloitre (FRA), 5.80=Micah Lester (ING)

7.a: 15.80=Vincent Duvignac (FRA), 13.37=Brent Dorrington (AUS), 7.20=Christophe Allary (REU)

8.a: 14.67=Davey Cathels (AUS), 11.93=Kevin Sullivan (HAV), 8.82=Aritz Aranburu (ESP)

Galerias | Mais Galerias