Austrália

Huscenot e Laura levam o título na Austrália

Roberta Mayanah

Huscenot empolgou os espectadores e surfistas de hoje, superando o potiguar Jadson André, na árdua Final para faturar o titulo ASP World Junior.

"Este é o maior dia da minha vida e é absolutamente inacreditável", disse Huscenot. " Jadson (Andre) é um surfista incrível e toda a equipe brasileira e muito talentosa. Eu não posso acreditar que hoje foi o meu dia. Eu estou sem palavras. " Comentou o Campeao logo apos sua vitoria.

Huscenot superou um bando dos mais cobiçados surfistas favorito ao título de maior prestígio e enfaticamente anunciou ao mundo a forca da sua fase atual.

"Eu sabia que não era um dos favoritos aqui", disse Huscenot. "Jadson foi o melhor surfista, fazendo aéreos maciços invert's que eu possa sequer sonhar em fazer. Mas eu só surfei o melhor que pude e acho que os juízes apreciaram. Eu nunca sonhei que eu estaria aqui. Eu estive contudido em outubro e fiquei parado por um mês. Mas eu treinei duro e fui wild card e apos a quarta rodada, eu sabia que ia ser um evento bom para mim. É uma sensação incrível de ser o primeiro francês a se consagrar Campeao do ASP World Junior."

Jadson Andre, 2010 ASP Dream Tour rookie of the year, foi indiscutivelmente um dos surfistas mais consistentes do evento com excelentes classificações. No entanto, o goofy-footer foi incapaz de combinar duas otimas ondas enquanto que Huscenot surfou uma excelente direita durante seu ataque final e Jadson Andre terminando em segundo, pelo segundo ano consecutivo.

"Estou desapontado por ter surfado tão bem toda a semana e aquém na final novamente", disse Andre. "As condições eram desafiantes e Maxime (Huscenot) estava surfando muito bem. Estou feliz com meu desempenho aqui e estou ansioso para o meu primeiro ano no World Tour. "

Gabriel Medina (BRA), 16, o mais novo concorrente no Billabong ASP World Junior Championships, foi outro brasileiro que brilhou em North Narrabeen. O joven goofy-footer demoliu as ondas que lhe rendeu elogios de todo o mundo em 2009, mas seu repertório elétrico de aéreos não foi suficiente para bater Jadson Andre nas semifinais.

Alejo Muniz (BRA), 20, que quase se classificou para o ASP World Tour 2010 na sequência de um sólido desempenho em 2009 no ASP World Qualifying Series (WQS), foi um destaque importante no Billabong ASP World Junior Championships. Muniz perdeu para o eventual vencedor do evento nas semi-finais, terminando em 3 lugar junto com Medina.

A final feminina teve uma menina diretamente de North Narrabeen, Laura Enever veio como nenhuma surpresa para aqueles que testemunharam sua progressão através do Billabong ASP World Junior Championships. O explosivo footer-natural consistentemente postou a maior pontuação de cada rodada, e com a ajuda da torcida maciça e de um ataque explosivo as ondas, Enever liderou insuperávelmente na final contra a Alessa Quizon (HAW), 16.

"Eu só queria surfar e me divertir e foi isso que eu fiz", disse Enever. "Esta é a minha casa e eu estou tão feliz por estar aqui com todos meus amigos e familiares me dando tanto apoio. Este é o melhor dia da minha vida. É o meu sonho sempre ganhar aqui em casa,e maravilhoso consegui fazer isso, eu estou sem palavras. " juntando-se a ilustres Campeas do passado no ASP World Junior Champions como Pauline Ado (FRA), Sally Fitzgibbons (AUS), Nicola Atherton (AUS) e Jessi Miley-Dyer (AUS), Enever ostenta agora o prêmio de maior prestígio no surf júnior, e esperamos seguir os seus passos no caminho para a elite mundial do ASP Women's Tour.

"Tem sido o meu objetivo vencer o Juniores do Mundo desde que me lembro e agora que eu tenho este titulo, eu só quero aproveitar isso", disse Enever. "I just wanna have fun nesta temporada. Eu vou estar participando do ASP Australasia Pro Junior Series e começar a surfar nos eventos WQS. O objetivo de qualificar para o WCT, mas eu só quero me divertir este ano. "

Apesar de surfar em seu primeiro evento em North Narrabeen, Cuizon's no Billabong ASP World Junior Championships foi nada menos que impressionante. Um poderoso frotside e backside mostrou sua assinatura entre as melhores do mundo, mas a jovem havaiana foi incapaz de encontrar um ritmo na final.

"Estou feliz com meu desempenho e só quero agradecer à minha mãe e meu pai e treinador Rainos (Hayes) por todo o apoio - eu não poderia ter feito isso sem eles", disse Cuizon. "Foi muito difícil lá fora, esta tarde. Eu tive momentos difícieis devido as condições do mar, mas tentei o meu melhor e estou feliz com meu desempenho. "

O ultimo dia de Competicao do Billabong Pro junior foi marcado por muita emocao e tradicao ao ritmo Australiano que todos ja conhecemos, paz, descontracao, verao, razoaveis Ondas e muito respeito a todos presente na Praia e logicamente ao Surf.

Galerias | Mais Galerias