#impacto #ecologia #encontros #notícias #ação ambiental #ajuda #comportamento #educação #poluição 
Fernando de Noronha - Brasil

Noronha no mapa mundial de limpeza de praias

Golfinho Rotador

O Projeto Golfinho Rotador e mais 13 projetos socioambientais apoiados pela Petrobras participam de um mutirão de limpeza em dez estados brasileiros nos dias 18 e 19 de Setembro, dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios.

O Clean Up Day, como ficou conhecido o segundo sábado de setembro, é um dia destinado a limpeza de praias e rios. No Brasil, os projetos da Petrobras irão [articipar de um movimento em conjunto pela causa e ao todo, 43 praias serão contempladas, ao longo de mais de 60 km de litoral, além de 12 km de margens em seis rios importantes em suas regiões.

Além de ampliar o conhecimento sobre a origem e o descarte de resíduos e sensibilizar a sociedade sobre o problema dos resíduos sólidos, a  participação na campanha do dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios vai contribuir com informações para o Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, que faz parte de um esforço mundial para a conservação da biodiversidade. Pois além da coleta, esses catorze projetos irão seguir uma mesma metodologia, que compreende tempo de coleta, tempo de triagem, pesagem, preenchimento de uma planilha com detalhamento dos Resíduos Sólidos (RS) encontrados e upload dos dados dos RS na plataforma digital do Ministério do Meio Ambiente, que é acessível a todos e os dados podem ser vistos (https://app.powerbi.com/view?r=eyJrIjoiNDY2OTU3NmMtOGVmZS00NDEw LTlhNzItYjI2Y2FjNTYxOWE5IiwidCI6IjM5NTdhMzY3LTZkMzgtNGMxZi1hNGJh LTMzZThmM2M1NTBlNyJ9). 

Em Fernando de Noronha, o Projeto Golfinho Rotador organizará um dos mutirões e contará com o apoio do Projeto Coral Vivo e a participação do grupo Jovem Mar Noronha, que são atuais alunos e ex-alunos da Escola Arquipélago de Fernando de Noronha, membros da equipe do Projeto e a comunidade. O uso de máscaras é obrigatório e luvas serão disponibilizadas, inclusive luva nitrílica para coleta de piche. 

A atividade ocorrerá a partir das 9h do dia 18 de setembro, em duas pequenas enseadas localizadas na extremidade nordeste da Ilha Fernando de Noronha, que fica no Mar de Fora próxima à Ponta do Air France. O Projeto decidiu fazer a limpeza nessa área por se tratar de uma área pouca visitada e que tem a parte alagada dentro do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha (Parnamar-FN).

A maior parte das águas, que chegam no Mar de Fora, área do Parnamar-FN, vem pela Corrente Sul Equatorial, que corre na superfície para oeste e apresenta maior poder de transporte agora na primavera. Além dessa situação natural de correntes, nesses meses há maior intensidade eólica de ventos, ocorrendo o agravamento de aportes de todo tipo de resíduos sólidos, inclusive óleo.

O Projeto Golfinho Rotador organiza e realiza mutirões de limpeza desde 1990 em Fernando de Noronha, sempre em parceria com instituições públicas, privadas e a comunidade noronhense.

Como evento comemorativo ao aniversário do Parnamar-FN de 2019, o Projeto Golfinho Rotador organizou e realizou o mutirão na Baía do Sueste, que abriga uma das maiores biodiversidades do Arquipélago e possui o único mangue em ilhas oceânicas do Atlântico Sul. O foco da coleta naquele evento foi fragmentos de resíduos, pois, na época, a praia e mangue do Sueste estavam repletos deste material.

Os dados da coleta de 2019 inauguraram o painel do Ministério do Meio Ambiente para a localidade de Fernando de Noronha. Até o momento, somente o Projeto Golfinho Rotador colaborou com essa plataforma com dados de Fernando de Noronha.

“A possibilidade de realizar o ciclo completo dos resíduos, ou seja, coleta, triagem, pesagem e subir os dados na plataforma do Ministério do Meio Ambiente é muito interessante. Isso ajudará a compreensão da origem, dos responsáveis pelos resíduos e das categorias dos resíduos, entre outras informações. Quem acessar a plataforma verá que o único ponto em azul, que significa com dados, é o da Baía do Sueste, que foi o mutirão do Projeto Golfinho Rotador de 2019. Os outros pontos no mapa de Fernando de Noronha estão em vermelho, ou seja, não tem informação sobre mutirão naquele local. A ideia é que os pontos estejam todos azuis, pois azul representa existência de dados”, afirma Cynthia Gerling, Coordenadora de Educomunicação Ambiental e Sustentabilidade do Projeto Golfinho Rotador.

Priscila Izabel Medeiros, Coordenadora Geral do Projeto Golfinho Rotador, espera que a divulgação dessa iniciativa do Projeto Golfinho Rotador estimule outras instituições em Noronha e no Brasil a colaborarem com a plataforma de Combate ao Lixo no Mar do MMA. A adesão ao Cleanup Day, assim como as atividades de educomunicação ambiental, envolvimento comunitário, sustentabilidade e pesquisa realizados pelo Projeto Golfinho Rotador, têm patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental. 

Para saber mais sobre o Projeto Golfinho Rotador, acesse: www.golfinhorotador.org.br

Comentários

Galerias | Mais Galerias