Hang Loose Pro Contest define campeão no sábado

João Carvalho

Três brasileiros e um surfista de Porto Rico vão decidir o título do Hang Loose Pro Contest e a liderança no ranking mundial unificado da ASP neste sábado em Fernando de Noronha (PE)

Os semifinalistas foram definidos na tarde da sexta-feira nos tubos da Cacimba do Padre. A primeira disputa por vaga na grande final da primeira etapa do ASP World Prime no ano será entre o paulista Miguel Pupo e o catarinense Ricardo dos Santos. Outro surfista de Santa Catarina, Jean da Silva, está na segunda semifinal com o porto-riquenho Brian Toth.

O campeão fatura 40 mil dólares e 6.500 pontos para o ASP World Ranking 2012, que classifica dez surfistas para a elite dos top-34 do Dream Tour do ano que vem. O catarinense Jean da Silva foi o grande destaque da sexta-feira na Cacimba do Padre. Ele fez o recorde de pontos do campeonato – 19,47 pontos de 20 possíveis – nas oitavas de final e na última bateria do dia derrotou o cabeça de chave número 1, Gabriel Medina, para continuar na busca por um inédito bicampeonato nas etapas do Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha.

“Foi um dia abençoado para mim, certamente”, disse Jean da Silva. “Só que eu acabei fazendo a mesma rotina, acordei, descansei bem, analisei o mar, acompanhei a movimentação das ondas, vendo sempre a maré na enchente e na secante, consegui pegar boas ondas para fazer boas notas e estou muito contente por tudo que aconteceu hoje para mim aqui”.

Jean foi campeão em Fernando de Noronha em 2006 e disputou três baterias na sexta-feira de ondas que variaram entre 3 e 5 pés. As maiores séries entraram durante a tarde, na enchente da maré na Cacimba do Padre. O primeiro show nos tubos foi do francês Joan Duru, que aumentou o recorde de pontos do Hang Loose Pro Contest 2012 de 19,30 para 19,47 na terceira oitava de final. Ele surfou uma das melhores ondas do dia – 9,90 – e Jean da Silva conseguiu igualar este placar somando notas 9,87 e 9,60 em dois tubos igualmente fantásticos na vitória sobre o australiano Mitchel Coleborn.

“Ter surfado boas ondas nas baterias tem me dado cada vez mais motivação para competir aqui”, falou Jean. “Estou surfando com confiança, fiquei no lugar certo no mar, escolhi as ondas certas, enfim, só procurei fazer o meu trabalho e deu tudo certo para mim. Agora é rumo ao bicampeonato. Já estou na semifinal, faltam mais duas baterias e se Deus quiser este feito será concretizado amanhã (sábado)”.

No confronto com um dos favoritos ao título, Gabriel Medina, Jean venceu com a nota 8,0 do tubo que pegou em uma esquerda no início da bateria e o 9,0 que ganhou num tubo arriscado na direita que passou pelo seu adversário. O porto-riquenho Brian Toth também passeou por dentro dos cilindros da Cacimba do Padre para ganhar a repescagem contra o vice-campeão do ano passado, o australiano Dion Atkinson, bem como para derrotar o carioca Raoni Monteiro nas oitavas de final e o recordista Joan Duru nas quartas de final.

“Esse lugar é espetacular. Lá em Porto Rico temos uma onda parecida, tubular também, mas é um reef break (fundo de pedra) e não beach break (fundo de areia) como aqui. Para mim, não existe nenhum lugar como a Cacimba do Padre”, destacou Brian Toth. “Fazem uns 4 ou 5 anos que venho pra cá e este já é o melhor resultado que eu consigo. Eu adoro esse lugar, é uma das melhores ondas do circuito mundial e um grande evento para competir. Vou pra casa hoje feliz porque consegui surfar tubos incríveis em todas as baterias que disputei”.

Os outros dois semifinalistas não participaram da repescagem que abriu a sexta-feira de muito calor em Fernando de Noronha, como o porto-riquenho Brian Toth. Miguel Pupo passou pelo catarinense Willian Cardoso na primeira bateria das oitavas de final, depois pelo paulista Wiggolly Dantas na disputa pela primeira vaga no sábado decisivo do Hang Loose Pro Contest 2012.

“Eu fiquei muito nervoso nesta bateria (contra Wiggolly Dantas)”, confessou Miguel Pupo. “Eu precisava de nota, o tempo foi passando, eu não conseguia pegar onda, mas no final deu tudo certo. Fiquei muito tempo esperando, sentado, foi difícil, fiquei nervoso, então acho que preciso melhorar isso para conseguir chegar à final”.

Já o catarinense Ricardo dos Santos continuou sua performance avassaladora em Fernando de Noronha. Mostrando uma sintonia impressionante com as ondas na Cacimba do Padre, derrotou dois norte-americanos sempre surfando um tubo sensacional nas esquerdas que vinham do Morro Dois Irmãos.

A nota 9,33 da sua melhor onda nas oitavas de final garantiu a vitória apertada contra Chris Ward por 17,16 x 16,70 pontos. E contra o atual top da elite mundial, Damien Hobgood, o tubo foi bem mais longo e valeu nota 9,70 que confirmou a classificação para o seu melhor resultado da carreira em etapas do Circuito Mundial da ASP.

“Aparentemente está dando tudo certo para o meu lado”, acredita Ricardo dos Santos. “A conexão com o mar é fundamental, ainda mais nessas condições quando o mar está divino para quem acha as ondas. Então, vou pra semifinal como entrei em todas as baterias, sem muita estratégia, mas bem sintonizado com as ondas. Tentar ganhar surfando é a melhor coisa, mas se precisar marcar alguém eu sei usar um pouco da regra também a meu favor”.

O resultado do Hang Loose Pro Contest praticamente dá a largada na disputa pelas dez vagas do ASP World Ranking para o Dream Tour de 2013. Os dezesseis surfistas que chegaram nas oitavas de final do primeiro ASP World Prime de 6.500 pontos do ano, já ultrapassaram o ex-líder John John Florence. O havaiano tinha assumido a ponta com sua vitória na etapa nível 5 estrelas de 2.000 pontos em Banzai Pipeline, no Havaí.

Os que pararam nas oitavas de final em Fernando de Noronha receberam 2.400 pontos, enquanto os quintos colocados pelas derrotas nas quartas de final marcaram 3.320 pontos. Os semifinalistas já garantem 4.225 pontos pelo terceiro lugar e na decisão do título o campeão passa a liderar o ranking com 6.500 pontos. O vice recebe 5.200 pontos, além de 20 mil dólares, metade do prêmio oferecido ao vencedor da edição comemorativa do 26.o aniversário do campeonato mais tradicional de toda a América Latina.

Transmissão ao vivo

SEMIFINAIS DO HANG LOOSE PRO CONTEST 2012:

1.a: Miguel Pupo (BRA) x Ricardo dos Santos (BRA)

2.a: Brian Toth (PRI) x Jean da Silva (BRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar – US$ 6.500 e 3.320 pontos:

1.a: Miguel Pupo (BRA) 13.37 x 12.00 Wiggolly Dantas (BRA)

2.a: Ricardo dos Santos (BRA) 18.33 x 8.34 Damien Hobgood (EUA)

3.a: Brian Toth (PRI) 16.24 x 10.83 Joan Duru (FRA)

4.a: Jean da Silva (BRA) 17.00 x Gabriel Medina (BRA)

OITAVAS DE FINAL – 9.o lugar – US$ 5.000 e 2.400 pontos:

1.a: Miguel Pupo (BRA) 12.47 x 11.66 Willian Cardoso (BRA)

2.a: Ricardo dos Santos (BRA) 17.16 x 16.70 Chris Ward (EUA)

3.a: Joan Duru (FRA) 19.47 x 12.77 Nic Von Rupp (ALE)

4.a: Gabriel Medina (BRA) 13.37 x 6.60 Yuri Sodré (BRA)

5.a: Wiggolly Dantas (BRA) 15.60 x 14.40 Bernardo Pigmeu (BRA)

6.a: Damien Hobgood (EUA) 13.83 x 8.90 Mason Ho (HAV)

7.a: Brian Toth (PRI) 17.33 x 10.87 Raoni Monteiro (BRA)

8.a: Jean da Silva (BRA) 19.47 x 17.56 Mitchel Coleborn (AUS)