Ubatuba - São Paulo - Brasil

Disputa entre cidades também é atração no Hang Loose Surf Attack em Ubatuba

Fábio Maradei

A disputa entre cidades é outra atração no Hang Loose Surf Attack, que terá a 4ª e decisiva etapa no Hang Loose Surf Attack no sábado e domingo (9 e 10), na Praia de Itamambuca, em Ubatuba.

O time de São Sebastião, vitorioso nas três etapas deste ano, é o virtual campeão, somando 3 mil pontos. Em segundo aparece Guarujá, com 2.610 pontos, seguido de Ubatuba, com 2.520.

“Vamos brigar para garantir o segundo lugar. A briga será boa”, afirma o presidente da Associação de Surf de Guarujá (ASG), Paulo Sérgio Gonçalves, o Paulinho Tomboys. Ele explica que a equipe viaja com todas as despesas pagas pela Prefeitura. “Temos todos os custos de transporte, alimentação, hospedagem e inscrições. Em média, viajamos com 25 atletas, mais comissão técnica e o apoio da Prefeitura é fundamental”, relata Paulinho.

O presidente da ASG lembra que a parceria com o Poder Público também é forte no Circuito Municipal. “Damos uma moto ao supercampeão, oferecida pela Secretaria Municipal de Esportes. O surf é um esporte de destaque na Cidade e a prefeita entende isso e colabora para revelar novos valores”, afirma.

“O apoio das prefeituras demonstra como o surf é um esporte importante para o desenvolvimento da nova geração. Temos inúmeras escolas de iniciação e equipes competindo completas no Circuito. Guarujá é um grande exemplo, assim como Ubatuba, São Sebastião, Praia Grande. E esse apoio reflete diretamente na criação de grandes atletas. Todos os atletas que hoje disputam o Circuito Mundial Profissional foram revelados ou passaram pelo Hang Loose em sua formação”, comenta o diretor técnico do Circuito, Marcos Bukão.

A competição começa sábado, às 8 horas e terá transmissão ao vivo pela internet, para quem não puder ir até a praia. Basta acessar o link www.hangloose.com.br/surfattack2013. Nas disputas individuais, a etapa promete grandes disputas pelos títulos da mirim (até 16 anos) e da estreante (limite de 12 anos).

Nas outras três categorias do Circuito, os campeões foram definidos por antecipação. Na júnior (até 18 anos), Marcos Corrêa, defendendo Praia Grande, ficou com o bicampeonato; na iniciante (no máximo 14 anos), o fenômeno Samuel Pupo, de São Sebastião, também se sagrou bicampeão (levando o seu sexto título no Hang Loose Surf Attack); e na petit (sub10), Diego Aguiar, de Ubatuba, entrou para a galeria de campeões.

O Hang Loose Surf Attack tem os patrocínios de Overboard, Bleat, Hot Water, Central Surf, Super Tubes, Sthill e Surftrip. Copatrocínios de GoPro, Rhyno Foam, Reef, Amazoo Açaí e CT. Divulgação: Revista Fluir. Apoios das prefeituras de Santos, Guarujá, São Sebastião e Ubatuba, Associação Santista de Surf, Associação de Surf de Guarujá, Associação de Surf de São Sebastião, Associação Ubatuba de Surf, Governo do Estado de São Paulo, com organização da Federação Paulista de Surf.

Galerias | Mais Galerias