#ondas grandes #ciclone #vento 
Brasil

#Surfguruavisou Swell de Tiradentes com grande ondulação

Equipe Surfguru

Alerta de ondas grandes no Sudeste e Sul do Brasil nesta semana, provocadas pela tempestade subtropical Potira, atuando próximo à costa.

A tempestade subtropical "Potira" provoca grandes ondulações a partir de terça-feira em praticamente todos os estados. Esta condição deverá se manter até o final da semana.

De acordo com o modelo meteorológico GFS, do NOAA, o ciclone (B), associado a uma frente fria que passa pela região, deverá se intensificar rapidamente ao longo da semana, interagindo com uma área de alta pressão (A) no Atlântico sul, na altura do litoral da Argentina, criando uma pista de vento muito intensa, e que dura vários dias:


Mapa meteorológico e de vento, mostrando como os sistemas meteorológicos atuam para criar as pistas de vento sobre o oceano

O mais interessante é o posicionamento deste ciclone, que varia ao longo dos dias, mas percorre uma espécie de órbita circular perto dos litorais dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina, antes de perder pressão no final de semana, e se dirigir para o sul.

Durante estes dias que permanece próximo à costa brasileira, ele primeiro se desloca para o norte, se aproximando bastante do litoral carioca na quarta, depois disso se afasta para o leste e despois para o sul, voltando a se aproximar do litoral brasileiro, agora em frente ao estado de Santa Catarina.

Nesta segunda-feira o ciclone, ainda com pouca intensidade, primeiramente cria uma pista apontando para o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, criando vagas que fazem o mar subir rapidamente ao longo do dia:


Mapa meteorológico mostrando o ciclone se formando sobre o oceano, bem como a pista de vento apontando para o litoral de SP e RJ

A pista de vento, criada por este ciclone, deverá se intensificar à medida que a pressão em seu núcleo abaixa ao longo dos dias, provocando com isso a intensificação do vento que sopra sobre a pista. A sua forma de redemoinho fica bem evidente e seu posicionamento faz com que a pista tenha forma de uma espécie de "leque", gerando ondas em direção a todos os estados do Sul e do Sudeste do Brasil:


O ciclone se intensifica e se aproxima do litoral do RJ na terça-feira, intensificando também a pista de vento próximo à costa

Enquanto a pista de vento estiver próxima ao litoral, as ondas serão compostas apenas por vagas, mas a partir da quarta-feira, o ciclone se afasta o suficiente para que a pista de vento deixe de tocar o litoral, fazendo com que as ondas que chegam nas praias comecem a ser uma mistura de vagas e swell:


 

Na sexta-feira o ciclone, apesar de ainda se posicionar próximo ao litoral, estará longe o suficiente para que o vento no litoral perca intensidade, e apenas swell esteja chegando em quase todos os estados:

O ciclone estará mais próximo do litoral de Santa Catarina, e o swell nestes estados deverá alcançar o maior dia, principalmente no litoral centro-sul de Santa Catarina, sendo que no litoral do Rio Grande do Sul deverá estar sob a influência de um vento nordeste, que deverá deixar o mar mexido:

Rio de Janeiro

Dessa vez, começaremos falando sobre o Rio pelo simples motivo de que as ondulações serão formadas bem na costa do estado. O dia hoje já está com nuvens e um tempo encoberto e a tendência é que isso se mantenha pelos próximos dias.

Assim, a ondulação já sobe bastante a partir de hoje (19/04): vagas de sudoeste (222 graus) com até 1,5m e 6 segundos de período vão deixar o mar bem balançado junto com uma outra ondulação de sudeste. Amanhã, terça-feira (20/04), o mar segue ganhando força e chega a 3,4m com 10 segundos de período vindo de sul-sudoeste (198 - 202 graus). Vai ficar bem grande! O vento deve ser o maior problema, devido a proximidade da pista de vento com a costa: temos a previsão de ventos acima dos 20 nós tanto hoje quanto amanhã vindos da direção sudoeste. 

E a partir de quarta-feira (21/04) a tendência é que o mar se estabilize: as vagas vão se tornar swell rodando para sul-sudeste, mas ainda de Sul (170-180 graus), o período sobe para 11 segundos e a ondulação segue acima dos 3m. Na quinta-feira (22/04) o pulso vai seguir se intensificando, chegando aos 12 segundos de período com mais de 3,5m vindos de sul-sudeste (150 - 160 graus). O vento deve dar uma aliviada, baixando para a casa dos 15 nós na quarta-feira e para a casa dos 10 nós na quinta-feira. Mesmo assim, os melhores picos ainda devem ser os picos mais protegidos do vento oeste-sudoeste ou as praias que recebem esse vento de terral.

Na sexta-feira (23/04), o mar começa a descer, saindo dos 3,5m para 2,5m no fim do dia, ainda com os 12 segundos de período vindos de sul-sudeste (148 - 154 graus). O vento pode melhorar ainda mais a partir de sexta-feira e para o fim de semana, vindo com menos força ainda e do quadrante Norte.

Como o mar vai ficar bem grande, tem que buscar os picos que aguentam essa massa d'água. Itacoatiara, Shock, Canto direito de Grumari, Canto do Recreio e Arpoador (com o swell de sul-sudeste) devem ser picos com boas ondas. Fora isso, ainda temos a Região dos Lagos e seus recortes que podem receber altas ondas em Saquarema e Arraial do Cabo, principalmente.

grafico de altura das ondas para Rio de janeiro RJ

Gráfico de altura das ondas no Rio de Janeiro 

grafico de vento para rio de janeiro rj

Gráfico de vento no Rio de Janeiro

São Paulo

Assim como no Rio, em São Paulo o mar vai crescer ao longo do dia de hoje (19/04), ganhando bastante força. No final do dia já devemos ter vagas de 2,2m com 8 segundos de período vindos de Sul (170 - 180 graus). Na terça-feira (20/04), o mar vai dar uma estabilizada na casa dos 2,5m, com 10 segundos de período de sul-sudeste (160 graus). O vento também vai soprar do quadrante Oeste, só que com uma intensidade bem mais fraca do que no estado vizinho.

Na quarta-feira (21/04), o mar sobe ainda mais, chegando com 11 segundos de período de sul-sudeste (150-160 graus) com 3,1m de altura. Na quinta-feira (22/04), as vagas já terão se tornado swell, com 12 segundos de período e 3,2m vindos de sudeste (140 graus). Na sexta-feira (23/04), mesmo com o mar perdendo força, ainda será um dia com um pulso bem intenso: 2,5m - 3m com 12 segundos de período da mesma direção sudeste (140 graus). A expectativa durante esse dias é ainda melhor que segunda e terça-feira devido ao vento mais ameno e soprando de Norte na parte da manhã.

Os picos do litoral Norte devem funcionar assim como semana passada, em especial os que sustentam grandes ondulações. Paúba e Itamambuca podem proporcionar imagens alucinantes e um surf muito bom.

mapa de período e espectral para maresias 23/04/21

Mapa de período e espectral para Maresias-SP dia 22/04

Paraná

No Paraná, as ondas irão subir mais lentamente que nos outros estados anteriores. Então o mar agitado e os ventos de hoje (19/04) devem seguir amanhã (20/04), quando a ondulação chega a 2m com 10 segundos de período vindo de leste-sudeste (122 graus). Mas na quarta-feira (21/04), as vagas seguem ganhando força, chegando a 2,5m de sudeste (130 graus), com 11 segundos de período. Porém, ainda devem ter fortes ventos de Sul/sul-sudoeste acima dos 10 nós e rajadas acima dos 15 nós, atrapalhando a formação.

A partir de quinta-feira (22/04), o swell estabiliza de sudeste (120 - 130 graus), com 2,5m e 11 segundos de período. O vento segue forte de Sul/sul-sudoeste e influenciando muito nas condições. Sexta-feira (23/04) o mar ainda se mantém, descendo um pouco para 2,2m no fim do dia com 12 segundos de período vindos de sudeste (120 graus). O vento deve dar uma amenizada e ainda virar de sudoeste de manhã, entrando de terral em alguns picos. 

Sábado (24/04) ainda teremos boas ondas com o pulso enfraquecido e diminuindo rapidamente: de manhã terá 2,2m e no fim da tarde 1,5m com 10 segundos de sudeste. O vento bem mais fraco e vindo de nordeste pode favorecer a maioria dos picos do estado, ajudando na formação das ondas.

grafico de altura das ondas para matinhos-pr

Gráfico de altura das ondas para Matinhos-PR

grafico de vento para matinhos-pr

Gráfico de vento para Matinhos-PR

Santa Catarina

Em Santa Catarina, o pulso ficará subindo por um bom tempo. As vagas de leste-sudeste estão chegando hoje (19/04) ao litoral com 1,5m e 7 segundos de período, chegando até 2m no fim do dia. Já amanhã (20/04), o pico da ondulação será de 2,5m com 11 segundos de período vindos do leste-sudeste (106 graus). Os ventos vindos do quadrante sul são intensos, com velocidade acima dos 10 nós. 

Na quarta-feira (21/04) o pulso fica ainda mais intenso, chegando a 3,5m com 12 segundos de período vindos de leste-sudeste (120 graus). Na quinta-feira (22/04), o pulso permanece muito forte, se mantendo acima dos 3m com 11 segundos vindos de leste-sudeste (110 graus), assim como na sexta-feira (23/04). No última dia da semana, o mar ainda terá mais de 3m e o período sobe para 13 segundos vindos da direção leste-sudeste de (110 graus). Quarta-feira o vento ainda estará bem forte, acima dos 10 nós. Mas a partir de quinta-feira, ele ameniza bastante e começa a soprar do quadrante Oeste, pegando algumas praias de frente. Silveira deve quebrar muito bom até sexta. Na sexta, o Campeche também deve ser um pico com altas ao longo do dia e com o vento ajudando na formação.

Para o sábado (24/04), a previsão indica uma rápida perda de força, saindo dos 3m para 2m com 10 segundos de período ao longo do dia. Isso não quer dizer que não teremos ondas, visto que o tamanho e o período do swell junto com os ventos fracos e de Oeste prometem formar altas ondas na costa catarinense. Nesse dia, nossa dica são as esquerdas da Joaquina que pode render um dia clássico.

mapa de período e espectral para floripa 23/04/21

Mapa de período e espectral para Floripa-SC dia 23/04

Rio Grande do Sul

O último estado do Sul a receber a ondulação, o RS só vai ver o mar começar a reagir mesmo a partir de amanhã (20/04), quando ele sai de 1,5m com 7 segundos de período para 2,5m com com 9 segundos de leste-sudeste (112-120 graus). Já na quarta (21/04), o mar ganha ainda mais força e vai para 3,3m com 12 segundos de leste-sudeste (110 graus). Nos dois dias, o vento se manterá fraco, abaixo dos 5 nós ao longo de todo o dia. Nem mesmo à tarde, quando ele virá do quadrante Leste deve atrapalhar muito. De manhã, tanto na terça quanto na quarta devem prevalecer os ventos do quadrante Oeste (terral).

As vagas viram swell e se estabiliza na quinta (22/04) na direção, período e altura: 3,1m, 11 segundos de leste-sudeste (106 graus) ao longo de todo o dia. Na sexta (23/04), as condições devem ser parecidas com 3,1m e 12 segundos de período vindos de leste-sudeste (104 graus). Os ventos seguirão bem fracos e ainda estarão com uma direção melhor (noroeste/ oeste-noroeste) durante a manhã dos dois dias, podendo propiciar altas ondas vindo de terral. À tarde, apesar dos ventos virem do quadrante Leste, a pouca força não deve atrapalhar,

No sábado, assim como nos outros estados, mesmo com o mar baixando, a expectativa ainda é de boas ondas com 2,5m com 11 segundos de período vindos de leste-sudeste e com vento com intensidade bem baixa.

Deve dar altas ondas ao longo de toda a semana: Moles, boca do Mampituba, Cal, … As condições com pouco vento e swell forte favorecem os picos que aguentam grandes ondulações, por isso, se prepara e confira bem as condições para escolher seu pico da queda.

grafico de altura das ondas para torres - rs

Gráfico de altura das ondas para Torres-RS

grafico de vento para torres-rs

Gráfico de vento para Torres-RS

Uma grande ondulação chega na quinta-feira(22/04) no ES, teremos 2,3m com 12 segundos de período vindos de sul (178 graus). O mar deve subir e alinhar ainda mais na parte da tarde chegando a 2,9m com 13 segundos de período. Pode ser que fique realmente grande no final de tarde e seja, provavelmente, o maior swell do ano. Como a direção é boa, deve entrar com tamanho e muita força, vento sudoeste fraco cedo se intensificando e ficando moderado de sul-sudeste na parte da tarde. Cedo, na maré seca, devem rolar altas ondas nos corais do sul, talvez alguns corais do norte, alguns slabs, Setiba e Praia de Carapebus na parte da manhã. Na parte da tarde pode rolar alguns secrets de beira e umas ondas bem grandes nos corais mais protegidos do vento sul. 

Na sexta-feira (23/04), teremos 2,5 m com 13 segundos de período de período de sul-sudeste (178 graus) e a direção só vai melhorando, girando para 162 graus ao longo do dia. O vento será moderado de sudoeste cedo e vai ficando mais fraco e acertando ainda no período da manhã. Deve ser o melhor dia, com condições clássicas nos corais de norte a sul, alguns slabs e secrets, Setiba e talvez até as Dunas e Ulé na maré enchendo (porém é mais provável estar fechando e muito grande e com correnteza nos picos do Ulé). 

No sábado (24/04), teremos 1,9 m com 10 segundos de período de período e direção de sudeste (160 graus) - uma ótima direção. O vento será terral de norte moderado a fraco cedo e se intensificando e virando para nordeste durante o dia, o que configura condições clássicas para o norte do estado, podendo rolar altas ondas em todos os picos do norte cedo. No sul, ainda teremos altas ondas nos corais cedo e talvez bons tubos nas Dunas bem no início da manhã e Ulé com a maré começando a encher, se o vento não atrapalhar. 

No domingo, teremos 1,6m com 9 segundos de período e direção de sul-sudeste (154 graus). Mesmo baixando um pouco o período e a ondulação, ainda teremos boas ondas com vento terral norte-noroeste podendo rolar ainda boas ondas em todos os picos, inclusive altos tubos em Regência cedo para fechar o swell com chave de ouro.

mapa espectral e de periodo para guarapari-es dia 23/04

Mapa de período e espectral paa Guarapari-ES dia 23/04 

Sempre é bom lembrar que a previsão sofre alterações diariamente, então permaneça ligado no nosso site para checar qualquer mudança.

Para seguir acompanhando a evolução das ondulações, acesse surfguru.com.br e assine o SurfguruPRO para ter acesso à previsão de 15 dias e outros benefícios exclusivos.

Boa semana para todos e que você pegue altas ondas com a gente! 

Mahalo!

Comentários

Galerias | Mais Galerias