Lima - Peru por Chris Kato

Ernesto Nunes guiado pelo surfe

O pernambucano Ernesto Nunes apaixonou-se pelo pela cultura e pelas ondas peruanas e decidiu fixar residência por lá. Neste vídeo produzido por Sidney Polansk, o dia a dia de Nunes no Peru é brevemente retratado. Solta o play!

O pernambucano Ernesto Nunes, acumula em seu currículo como surfista participações em diversas competições, vitórias e títulos, sendo que sua principal conquista foi o de campeão do Alas Latin Tour em 2007.

Como quase todo surfista brasileiro que deseja uma experiência em ondas internacionais de qualidade, Nunes apostou nas ondas Peruanas para evoluir seu surfe. Foram diversas viagens para o país sul-americano desde os tempos em que competia nas categorias amadoras, até chegar ao profissional.

Já ambientado com o local e com os locais, o atleta teve a oportunidade de disputar algumas etapas do circuito latino-americano, quando obteve bons resultados, o que o motivou a investir no Alas Tour. O próximo passo foi fixar residência no Peru, pois logisticamente era a melhor estratégia a ser tomada, visto que as etapas do circuito ocorriam em lugares como Costa Rica, México, Panamá, El Salvador, Argentina, Chile, etc...

De lá para cá, muita coisa mudou na carreira e na vida do atleta natural de Recife (PE).

Além da conquista do título, o que demonstrou que a decisão foi acertada, Ernesto apaixonou-se pela cultura local, pelo país e claro, pelas ondas perfeitas. Lá se vão mais de 17 anos desde sua mudança.

“A primeira vez que fui ao Peru eu fiquei encantado com essas ondas. Fiquei dois meses aqui. Depois comecei a vir para cá com mais frequência, com o objetivo de evoluir meu surfe”, contou-nos.

O recifense é considerado pelos amigos como uma pessoa muito amável, fácil de conviver e essas características foram essenciais para que ele criasse conexões e aproveitasse oportunidades.

Hoje, afastado do universo competitivo, Nunes continua a trabalhar com o esporte, mas de uma outra maneira. Ele possui uma pousada em Punta Hermosa, a @perusurfhouse, local onde recebe surfistas do mundo todo, inclusive os brasileiros.

“Hoje eu trabalho realizando sonhos. É muito gratificante receber pessoas aqui, tanto crianças quanto adultos, e poder mostrar-lhes toda a Costa Peruana, levando-os para essas ondas incríveis é uma grande alegria”, comentou o surfista. Aliás, os negócios foram expandidos e ele também possui uma pousada na Indonésia (@jepunsurfvilla), onde permanece por cerca de 7 meses ao ano.

Ernesto não compete mais, porém, hoje, ele pode surfar algumas das melhores ondas do mundo apenas pelo prazer de surfar.

Acompanhando um pouco desta trajetória, o fotógrafo, filmmaker e editor profissional Sidney Polansk registrou algumas imagens do dia a dia do empresário/surfista no Peru em sua breve passagem pelo país. É possível assistir também ao trabalho de Sidney em produções que são veiculadas no Canal Off e em edições para canais no YouTube.

Em tempo, vale citar que Polansk, em colaboração com a WG, lançou neste verão uma coleção de camisetas intitulada “The 5 Ones”, que consiste em estampas com cinco surf spots clássicos registrados por suas lentes. A

coleção pode ser encontrada nas melhores lojas/surf shops do Brasil.

Comentários

Notícias | Mais Notícias