Guarujá - São Paulo - Brasil por Fábio Maradei

Rat Boy Surf Challenge 2019 no Guarujá

O Rat Boy Surf Challenge 2019 foi realizado dia 9 de novembro na Praia de Pitangueiras, em Guarujá, reunindo surfistas da nova geração. A iniciativa foi de Raphael Rocha, o Rato, com a Associação de Surf de Guarujá, para fomentar o desenvolvimento de novos valores da modalidade na região.

Vídeo - Rota dos Tubos.

Foi uma festa, com muito surf. A nova geração fez bonito na edição de estreia do Rat Boy Surf Challenge, no último sábado (9), na Praia de Pitangueiras, em Guarujá, evento criado pelo ex-competidor Raphael Rocha, o Rato, para fomentar o desenvolvimento de novos valores. Nem mesmo o tempo chuvoso atrapalhou a alegria da garotada com até 18 anos, que surfou boas ondas de até um metro.

Eles foram divididos em duas categorias, com vitórias do baiano de Itacaré, Rayan Fadul, na sub14, e Sérgio Luan, que é de Ilhabela e atualmente mora em Maresias, São Sebastião, na sub18. Os dois deram shows nas ondas, com grandes performances. Entre os mais novos, o baiano agora radicado em SP, superou na final os talentos locais John Muller, hoje um dos principais representantes da novíssima geração da Cidade, e Kauê Daniel, e Davi Jihad, de Itanhaém.

“Muito feliz por vencer aqui em Guarujá. Um campeonato muito legal com a melhor premiação da história, graças ao Rato e as empresas envolvidas. Estou amarradão com os meus prêmios”, vibrou Rayan. Ainda nessa faixa etária, promessas como Carol Bastides, de apenas oito anos, que se aventurou entre os meninos.

Na disputa dos mais velhos, o local da Praia do Bonete superou o guarujaense Luan Hanada, de Pitangueiras e que já foi supercampeão do Rip Curl Guarujá Open, Derek Rodrigues, de Bertioga e Luiz Juquinha, local do Tombo. Para o vitorioso, a participação foi um treino para a etapa final do Sul-Americano Pro-Júnior, no Peru. “Sempre bom manter o ritmo, treinar”, falou.

Os juízes que acompanharam o evento na Praia de Pitangueiras também merecem destaque como os irmãos Júnior e Caio Faria, Icaro Rodrigues e Wellington Santana, o Kelinho. Tudo sob coordenação de Carmelo Seabra, diretor técnico da Associação de Surf de Guarujá (ASG), que deu total apoio e também foi representada por seu presidente, Ademir Silva.

Rato comemorou o sucesso da edição inicial e já projeta novos eventos, mas mantendo as mesmas características, sem grandes estruturas, mas priorizando um ambiente de confraternização. “A ideia é ser um evento de surf treino, de porte pequeno, mais para a galera local, para se divertirem, num ambiente competitivo. Queremos repetir todos os anos”, afirmou, explicando como surgiu a iniciativa.

“É uma forma de contribuir por tudo o que o surf já fez por mim. Estudei em escola particular de graça, em faculdade com bolsa de estudo, viajei para vários lugares do Mundo. Trabalho no meio, vivo do surf. É um gesto de retribuição. Sinto esse dever pelo que o surf fez por mim”, ressaltou Rato, agradecendo todos os envolvidos. “Todos colaboraram, a galera local, as empresas que acreditaram e ajudaram”.

O Rat Boy Surf Challenge foi apresentado pela Associação de Surf de Guarujá (ASG), com o apoio da Prefeitura de Guarujá, através da Secretaria de Educação e Esporte. Colaboração da Rip Curl, Volcom, Quiksilver, Okdok, Gosport, FMA Notícias, Bullys, Tick Deck, Fuwax, Surf Alive e Monduba. 

Categoria Sub-18

1 Sérgio Luan – Ilhabela (São Sebastião)

2 Luan Hanada - Guarujá

3 Derek Rodrigues - Bertioga

4 Luiz Juquinha - Guarujá

Categoria Sub-14

1 Rayan Fadul – Itacaré/BA

2 John Muller - Guarujá

3 Kauê Daniel - Guarujá

4 Davi Jihad - Itanhaém

Comentários

Notícias | Mais Notícias