Brasil por WSL

3º dia do São Sebastião Pro 2018 em Maresias

O 3º dia de ações do Red Nose São Sebastião Pro começou com a décima bateria da terceira fase começando as 8h00 na Praia de Maresias que amanheceu com céu nublado, mas com boas ondas ainda para competir.

Previsão de águas rasas para Maresias - SP

Site do evento

O ubatubense Wesley Leite acertou os aéreos para quase bater o recorde de 15,26 pontos do Red Nose São Sebastião Pro com os 15,17 que atingiu com as notas 7,67 e 7,50 recebidas contra o defensor do título desta etapa, Deivid Silva, na segunda bateria da sexta-feira em Maresias.

O paulista Renan Pulga estava se classificando até os últimos minutos da sua bateria, mas foi penalizado com uma interferência e acabou eliminado, saindo da briga pelo título sul-americano da WSL South America, pois precisava vencer o Red Nose São Sebastião Pro.

O paulista Wesley Santos segue na busca pelo título sul-americano da WSL South America em Maresias, conseguindo sua classificação para a quarta fase do Red Nose São Sebastião Pro nos últimos minutos da bateria vencida pelo baiano Bino Lopes.

O paulista Marcos Corrêa bateu todos os recordes do Red Nose São Sebastião Pro com uma nota 10 unânime de um aéreo full rotation muito alto e depois tirou um 8 para totalizar incríveis 18,00 de 20 possíveis em sua estreia na Praia de Maresias.

Encerrada a terceira fase do Red Nose São Sebastião Pro e agora começa a rodada dos 32 melhores surfistas nas boas ondas da sexta-feira na Praia de Maresias.

O pernambucano Douglas Silva teve seu recorde de pontos batido pelo paulista Marcos Corrêa, mas segue invicto sem perder nenhuma bateria em Maresias desde a que abriu o Red Nose São Sebastião Pro na quarta-feira, conquistando a primeira vaga para a quinta fase na sexta-feira.

O Red Nose São Sebastião Pro foi paralisado após a segunda bateria da quarta fase devido a maré cheia, para aguardar que o as ondas voltem a melhorar para rolar as outras seis baterias ainda na sexta-feira em Maresias.

Já recomeçou a quarta fase do Red Nose São Sebastião Pro com mais seis baterias fechando a sexta-feira nas boas ondas da Praia de Maresias.

O baiano Yagê Araújo arriscou tudo em sua última para pular do quarto para o primeiro lugar com a nota 7,10 recebida na onda iniciada com um aéreo que eliminou o cabeça de chave número 1 do Red Nose São Sebastião Pro, Italo Ferreira. O catarinense Mateus Herdy ficou com a outra vaga para a rodada classificatória para as quartas de final.

Comentários

Notícias | Mais Notícias