#ciência #meio ambiente #comunidade #educação 
Ubatuba - São Paulo - Brasil

Instituto Argonauta realiza cerimônia de entrega de Museu

Instituto Argonauta

Entrega da estrutura física do Museu da Vida Marinha ocorreu em uma cerimônia simples com medidas sanitárias que garantiram a segurança dos presentes na solenidade

As obras civis da mais nova atração turística de Ubatuba, o Museu da Vida Marinha, chegaram ao fim. Nesta terça-feira, dia 29, o Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha juntamente com o Aquário de Ubatuba, realizaram uma solenidade para entrega oficial das obras, que contou com a presença do prefeito municipal de Ubatuba Délcio José Sato e de outras autoridades. A inauguração e abertura ao público deve ocorrer no mês de janeiro, ainda durante a temporada de verão.

O evento aconteceu com todos os cuidados e protocolos de segurança sanitária, para marcar a finalização das obras e a entrega desta para a cidade de Ubatuba.

O Museu passará ainda por uma finalização da montagem do acervo, montagem da lanchonete e ainda adequação seguindo o Protocolo Visita Segura do Ministério do Turismo nos mesmos moldes do que ocorre no Aquário de Ubatuba e no Centro de Visitantes do Projeto Tamar, cumprindo todas as normas sanitárias que são estipuladas pelos Decretos Estadual e Municipal, além das já praticados pela instituição, como o uso obrigatório de máscara, álcool em gel para desinfecção constante das mãos, distanciamento social e outras medidas para garantir uma abertura ao público segura aos visitantes e colaboradores do espaço.

O Museu da Vida Marinha de Ubatuba terá um acervo que conta a história da vida marinha desde o período Jurássico. Uma das atrações é a remontagem da exposição Gigantes Marinhos – uma experiência imperdível e única para os visitantes com réplicas em tamanho real dos grandes animais que habitaram os mares da América do Sul desde a época dos dinossauros.

 

abertura do Museu da Vida Marinha com cinco pessoa segurando a faixa

Entrega da estrutura física do Museu ocorreu em uma cerimônia simples com medidas sanitárias que garantiram a segurança dos presentes na solenidade (Créditos: Divulgação/Instituto Argonauta)

 

Realização de um Sonho

Segundo o Oceanógrafo Hugo Gallo, Diretor do Aquário de Ubatuba e Presidente do Instituo Argonauta, “este é um antigo sonho que se torna realidade”. O Oceanógrafo ainda detalha: “Quando inauguramos o Aquário de Ubatuba em 1996, há 25 anos atrás, tínhamos a intenção de não só montar uma atração turística, mas também de contribuir para a educação e a pesquisa visando a conservação dos mares. Em pouco tempo percebemos que ficaríamos limitados nestas ações só com a bilheteria e estrutura física do Aquário e, assim, criamos em 1998 o Argonauta. Hoje o Argonauta é maior que o Aquário e faz junto com o Aquário de Ubatuba e o Projeto Tamar, importante contribuição em prol da conservação da biodiversidade marinha em todo litoral norte, através de sua equipe e seus projetos nas áreas de educação, conservação e pesquisa. Tenho uma sensação de missão quase cumprida. “Quase” porque a questão ambiental é uma missão “comprida” e da qual não podemos desanimar ou desistir. Ela é, assim como a saúde, a educação e as questões sociais, uma luta eterna, e assim fico feliz por deixar um legado que é o Instituto para nossa cidade e região”, comemora Hugo Gallo.

 

Estrutura

O Museu da Vida Marinha dispõe de um auditório multiuso e outras duas alas com este acervo que conta a história da vida no mar e no planeta terra desde o início. Também há uma biblioteca temática na área de meio ambiente que será aberta ao público, loja de souvenires, lanchonete, bilheteria, sanitários e espaços que contemplam inteira acessibilidade, além de salas administrativas, departamento financeiro e salas de Educação Ambiental. O espaço contará ainda com uma exposição com as ações e história do Instituto Argonauta, e uma área dedicada para a Sustentabilidade, a Casa da Sustentabilidade, com aplicações na prática mostrando ao visitante como cada um de nós pode reduzir sua “pegada ecológica”.

 

vista externa do museu da vida marinha com um lago decorativo e dois prediosPerspectiva do Museu a partir do Lago Argonauta (Créditos: Felipe Domingos/Instituto Argonauta)

O projeto

O Museu da Vida Marinha é um projeto criado pelo Aquário de Ubatuba para dar suporte financeiro ao Instituto Argonauta. Até então ele estava instalado dentro do Aquário, mas foi ampliado e transferido para a base do Instituto Argonauta em terreno cedido pela Prefeitura Municipal de Ubatuba, no bairro Perequê-Açu em Ubatuba/SP.

O novo Museu propiciará uma maior abordagem a respeito da origem da vida da Terra, sua evolução e as ameaças que a natureza enfrenta atualmente, levando a uma reflexão do visitante sobre o papel individual e coletivo do ser humano na preservação da natureza.

A sede do Museu foi projetada pelos arquitetos Luiz Adolfo Bernardino da Silva e Elza Alves Gallo da empresa Terramare, no conceito sustentável em estruturas reaproveitadas de contêineres doados pela empresa Log-In Logística Intermodal e uso de madeira reflorestada e telhados verdes.

 

Ingresso

O Museu terá entrada gratuita para os moradores de Ubatuba, uma vez que está localizado em área pública cedida pelo município – assim como faz o projeto Tamar na cidade. Maiores de 60 anos e crianças menores de 5 anos acompanhadas de um adulto pagante também terão acesso livre.

O valor do ingresso será R$ 21,00, com meia entrada (R$ 10,50) para estudantes até 17 anos com carteirinha, estudantes universitários com documento, professores com carteirinha e menores de 12 anos.

 

Confira o álbum completo de imagens do Museu acessando o link: https://flic.kr/s/aHsmThpXyC

 

Sobre o Instituto Argonauta

O @institutoargonauta foi fundado em 1998 pela Diretoria do Aquário de Ubatuba e reconhecido em 2007 como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público). O Instituto tem como objetivo a conservação do Meio Ambiente, em especial a conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos. Para isso, apoia e desenvolve projetos de pesquisa, resgate e reabilitação da fauna marinha, educação ambiental e resíduos sólidos no ambiente marinho, dentre outras atividades.

A base do Instituto está situada na Tv. Baitacas, nº 20, bairro Perequê-Açu, Ubatuba/SP – CEP 11680-000.

Conheça mais sobre o nosso trabalho em: www.institutoargonauta.orgwww.facebook.com/InstitutoArgonauta/ e Instagram: @institutoargonauta


Sobre o Aquário de Ubatuba

É o primeiro privado do Brasil aberto à visitação do público e pioneiro no conceito de educação ambiental por meio do contato direto com animais. Destaca-se no país pelos projetos e realizações ao longo de 24 anos, completados em fevereiro deste ano e foi o primeiro Aquário a ter elasmobrânquios sob cuidados humanos, um tanque de águas vivas e um tanque de contato no Brasil. A instituição, ainda, possui certificado de bem-estar animal emitido pela Associação dos Zoológicos e Aquários do Brasil (AZAB) em parceria com a Wild Welfare Worldwide e é premiada e reconhecida por iniciativas práticas de conservação e por ter sido a primeira em colocar em exercício iniciativas sustentáveis. Atende, gratuitamente, estudantes de escolas públicas da cidade mediante capacitação de professores. O Aquário de Ubatuba está funcionando mediante um rigoroso protocolo de higiene, ainda mais restritivo do que as recomendações dos órgãos de saúde, todos os dias das 10h às 22h.

O endereço é Rua Guarani, 859, Itaguá, Ubatuba/SP e telefone para contato (12) 3834-1382.

Conheça mais sobre o Aquário em: aquariodeubatuba.com.br, Aquário de Ubatuba e Instagram: @aquariodeubatubaoficial


Confira vídeos da inauguração e dos espaços do Museu da Vida Marinha de Ubatuba logo abaixo:

 

 

 

 

 

 

Comentários

Galerias | Mais Galerias