#surf 

Maya Gabeira bate próprio recorde mundial

ESPN

Maya Gabeira se torna a primeira mulher a surfar a maior onda do ano e entra para o Guinness de novo.

A WSL anunciou nesta quinta-feira (10) que a brasileira Maya Gabeira se tornou a primeira mulher da história a surfar a maior onda do ano – superando todos os homens. A atleta que surfou uma onda de 22,4 metros (73,5 pés) em competição da WSL, em 11 de fevereiro, em Nazaré, superou o recorde que ela já tinha e ainda vai para o Guinness World Records pela segunda vez.

A surfista estava disputando a primeira colocação com a francesa Justine Dupont, que também havia surfado uma onda gigante na mesma competição e no mesmo dia que a Maya.

O mais curioso é que para computar o novo feito, a própria Maya demandou a medição da onda através de cientistas do Scripps Institution of Oceanography, em San Diego, na Califórnia (EUA), e também aos criadores da piscina de ondas artificiais do Kelly Slater.

“Pela primeira vez a onda foi medida fora da Liga. Eu consegui que eles levassem essas ondas para serem medidas com uma nova técnica elaborada pelos cientistas que criaram a onda do Kelly Slater e os cientistas do Scripps, o Instituto de Oceanografia de San Diego”, explicou a surfista.

De quebra, Maya ganhou o XXL Awards na categoria feminina de Maior Onda. O fato ocorreu no último 11 de fevereiro, em Portugal.

Para voltar ao Guiness com a maior onde surfada por uma mulher, Maya bateu a própria marca conquistada em 2018, também em Nazaré, com uma onda de 20,72 metros (68 pés).

Mesmo com as duas marcas, Maya não se considera a maior surfista de ondas grandes de todos os tempos.

“Isso é só para eu provar para mim mesma que eu ainda amo muito esse esporte, apesar de muitos momentos difíceis, de muitas lesões e muitos traumas”, respondeu a brasileira em entrevista à WSL.

Maya é a única surfista mulher que possui dois recordes de maior onda surfada no mundo registrada no Guinness World Records.

matéria no site da ESPN

Comentários

Galerias | Mais Galerias