#comunidade #surf 
Fortaleza - Ceará - Brasil

O Pequeno Surfista que Manobrou o Câncer

Paula Fiuza - Agência A+

Uma história de superação do cearense Juan Yure, que aos 11 anos precisou passar por uma amputação e encontrou no surf a esperança para um recomeço.

Depois de uma inocente brincadeira entre amigos, que resultou em uma lesão no osso da coxa, Juan precisou fazer uma série de exames para descobrir o motivo de um inchaço que não diminuía. A partir dos exames, o pequeno foi diagnóstico com Osteosarcoma, câncer ósseo que começa nas células formadoras dos ossos.

Juan, de Fortaleza, Ceará, hoje assistido pelo Instituto Ronald McDonald, começou o tratamento especializado no Centro Pediátrico do Câncer, também conhecido como Hospital Peter Pan. Como parte do tratamento do câncer, o pequeno precisou passar por uma amputação com objetivo de que o tumor não se espalhesse para outras regiões do corpo. Com a perda da perna, Juan precisou procurar outras atividades que o mantivesse na ativa e exercitasse os membros superiores. Foi no surfe que ele viu a chance de um recomeço.

Curado do câncer desde 2016, o menino pratica surf adaptado através da PF Surf School e do projeto A Maré Vida.

Comentários

Galerias | Mais Galerias