#comunidade #educação #saúde #cultura #surf 
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil

SC libera surf e atividades físicas a partir de amanhã

Eduardo Rosa

Covid-19: Governo de Santa Catarina começa nesta terça-feira (21) a afrouxar as medidas de isolamento, com série de regras. Parques e praias, para atividades físicas e esportivas a partir de quarta (22).

Em transmissão ao vivo, nesta segunda feira (20), o Governador do Estado de Santa Catarina, Carlos Moisés, atualizou informações sobre a evolução da doença em território catarinense. O número de casos confirmados de coronavírus em Santa Catarina subiu para 1.063 nesta segunda-feira (20). Se comparado ao dia anterior, são 38 pacientes a mais. O número de mortes, no entanto, não teve alteração e SC segue com 35 óbitos.

A partir de quarta-feira, centros comerciais, shoppings e academias voltam a funcionar com normas específicas que ainda serão divulgadas, conforme Moisés. Atividades físicas em praias e parques também estarão regulamentados para uso após o feriado:

“Sabemos da importância das atividades físicas, para nos mantermos saudáveis e afastar as pessoas da faixa de risco, como sedentarismo. Somos sensíveis a estas demandas. O governo (do Estado) tem feito ações de forma responsável por meio de ferramentas para monitorar cada movimento que fazemos e para que possamos, em ato contínuo, a cada duas semanas, calibrar os movimento“, disse o Governador em transmissão via internet.

Possibilidade de retorno de eventos esportivos mas, governador faz alerta

Até o Campeonato Catarinense de Futebol pode voltar a acontecer a partir de 16 de maio, com portões fechados, e segundo Carlos Moisés o pedido está em análise. Com isso, a possibilidade que eventos de surf e esportes de ação possam voltar a ocorrer nos próximos meses, também devem entrar em questão.

O Governador ainda fez um alerta sobre o afrouxamento das medidas, “Se as medidas não forem acatadas, serão revertidas. Só funciona em SC se as pessoas ajudarem, se cooperarem frequentando apenas locais que acatam as normas. E aqueles que podem, devem ficar em casa. Pessoas que estão no grupo de risco, idosos, devem ficar em casa. Estas liberações não são espaço para quem tem comorbidade ou idoso”, alertou o governador.

Comentários

Galerias | Mais Galerias