#competição #comunidade #surf 
Garopaba - Santa Catarina - Brasil

Rip Curl Grom Search 2020 com etapas em SC e RJ

Fábio Maradei

Rip Curl Grom Search chega aos 21 anos de história em 2020, com etapas em Garopaba e Rio de Janeiro.

Referência mundial na revelação de novos talentos do surf, o Rip Curl Grom Search chega aos 21 anos de história no Brasil em 2020 e terá duas etapas durante o verão. O Circuito tem como um de seus atrativos a definição de dois representantes para a final internacional do evento mundial, que já revelou grandes nomes como Gabriel Medina, Tyler e Owen Wright e, mais recentemente, Caroline Marks, que acaba de sagrar-se vice-campeã do Championship Tour, aos 17 anos.

A nova edição brasileira repetirá os mesmos locais de 2019, que foram sucesso e apresentam excelentes condições de onda e público nessa época do ano. A abertura está confirmada para a Praia da Ferrugem, em Garopaba/SC, nos dias 25 e 26 de janeiro, e a final, novamente na emblemática Praia da Barra, no Rio de Janeiro/RJ, dias 15 e 16 de fevereiro.

Em ação as categorias mirim e feminina, ambas com limite de 16 anos, com os campeões gerais garantindo vagas para a final internacional, em algum lugar do Mundo em 2022; a iniciante, para surfistas com até 14 anos, e a grommet, reunindo os caçulas, com no máximo 12 anos. A expectativa é a participação de surfistas de todo o litoral brasileiro, atraídos pela tradição do campeonato e a excelente organização, sempre voltada para a qualidade e bem-estar dos competidores.

Como nas edições anteriores, o slogan adotado será o “Muito mais do que um campeonato de surf”, com diversas atrações, fora do mar. Entre elas, a festa de confraternização para atletas, pais e técnicos, brincadeiras e ações socioambientais, também envolvendo o público.

“Vamos repetir os locais que fizemos esse ano. Foram eventos bem legais, conseguimos colocar duas etapas uma no Sul e outra no Sudeste, onde historicamente temos mais atletas participantes do Circuito. São lugares também que a garotada gosta de competir e que durante o verão, quando realizamos o circuito, se mostram com boas condições de surf”, diz o gerente de marketing da Rip Curl Brasil, Fernando Gonzalez. “Ano que vem o Rip Curl Grom Search completa 21 anos no Brasil e vamos preparar, mais uma vez, um circuito com várias atrações para que continue evidenciando que esse é muito mais do que um campeonato de surf”, anuncia.

Neste ano, os paulistas fizeram dobradinha entre os mais velhos, com Sophia Medina sendo bicampeã, e Caio Costa (que em 2018 já havia faturado a sub14). Na iniciante, o potiguar Samuel Joquinha, filho do ex-top da elite mundial, Joca Júnior, foi o campeão, enquanto que entre os mais novos, o paranaense Lukas Camargo levou a melhor. Vale lembrar que na etapa inicial, o ídolo Gabriel Medina prestigiou a nova geração, ao acompanhar as disputas e participar da premiação dos vencedores.

RANKING FINAL 2019

CATEGORIA MIRIM (SUB16)

1 Caio Costa -SP – 1.556

2 Heitor Mueller - SC – 1.531

2 Diego Aguiar - SP – 1.531

4 Kainan Meira - PR – 1.260

CATEGORIA FEMININA (SUB16)

1 Sophia Medina - SP – 1.900

2 Pamella Mel - SC – 1.810

3 Isabela Saldanha - SP – 1.710

4 Sophia Gonçalves – SP – 1.385

CATEGORIA INICIANTE (SUB14)

1 Samuel Joquinha – RN – 1.800

2 Lucas Cainan – PR – 1.466

3 Sunny Pires – RJ (SP) – 1.430

4 Murillo Coura – SP – 1.385

CATEGORIA GROMMET (SUB12)

1 Lukas Camargo - PR – 1.900

2 Murillo Coura – SP – 1.729

3 Guilherme Lemos – RJ – 1.466

3 Gabriel Ogasahara – SC – 1.466

Comentários

Galerias | Mais Galerias