#competição #cultura #surf #longboard 
Fortaleza - Ceará - Brasil

Alan Jhones vence no Cearense de Surf PRO 2019

George Noronha

Potiguar Alan Jhones vence última etapa e fatura o título da Profissional no aniversário de 30 anos do Circuito Cearense de Surfe.

Bem que os cearenses tentaram, mas quem comemorou a conquista do cobiçado título de Campeão Cearense de Surfe 2019 na Categoria Profissional foi o talentoso potiguar, Alan Jhones, na Ponte Metálica, Praia de Iracema, no último domingo (01).

Natural de Baía Formosa, praia que entrou recentemente para o mapa do surfe mundial após Ítalo Ferreira ter se consolidado no Circuito Mundial como um dos melhores surfistas da atualidade, Jhones construiu a vitória com a mesma calma e tranquilidade que demonstra fora d’água. E na grande final ele mostrou por que sempre foi apontado como um dos grandes mentores de Ítalo, dominando a bateria para superar três cearenses, dois dos quais na disputa direta pelo título, Edvan Silva, que terminou na quarta colocação e Janninfer Sousa, que finalizou na terceira colocação. Edvan precisava terminar pelo menos na segunda colocação e Janninfer, que havia vencido a primeira etapa do circuito, precisaria de outra vitória para superar os potiguares que terminaram o evento na ponta do circuito.

Apesar da acirrada briga pelo título, a disputa ficou mesmo entre Alan e Artur Silva (que não tinha condições matemáticas de conquistar o circuito). E no ano em que completou seu 30º aniversário, o Circuito Cearense de Surfe teve como campeão e vice dois potiguares, Alan Jhones e Israel Júnior, respectivamente, primeiro e segundo colocados no Ranking final 2019 na principal categoria da competição, a Profissional.

“Graças a Deus consegui ser campeão da etapa... A onda, na maré cheia, ficou muito parecida com Baía Formosa, com isso eu sabia que tinha grandes chances de vencer o evento, só não sabia que teria condições de ser Campeão Cearense, mas acabou dando tudo certo no final. Estou muito feliz em voltar pra Fortaleza, uma terra que eu sempre sou muito bem recebido, onde tenho grandes amigos e onde me sinto muito bem e isso faz com que eu consiga colocar o melhor do meu surfe em prática... Gostaria de agradecer a todos da organização, principalmente ao Amélio, que trabalhou muito durante esse ano aqui em Fortaleza na organização de vários eventos. Nós que somos do Rio Grande do Norte e não temos um circuito, aplaudimos seu trabalho e agradecemos a chance de participar de um circuito tão importante e presenciar momentos como este”, declarou Alan.

Na sequência foi a vez da categoria Master entrar na água para consagrar Alexandre Gonçalves como o grande campeão da etapa e do Circuito. Em segundo ficou Alexandre Rodrigues, em terceiro Gleison Sardinha e em quarto, Fran.

Na Sênior, Phelipe Maia também faturou a etapa e o Circuito, com Lucas Alex terminando em segundo, Jeová Rodrigues em terceiro e Rogério Dantas em quarto.

Na categoria Kahuna tivemos mais uma reunião de grandes nomes do surfe cearense e nordestino com Fábio Silva ficando em primeiro, conquistando a etapa e o Circuito, Cardoso Júnior terminando em segundo, Rogério Dantas em terceiro e o bom baiano Dalmo Meireles completando o pódio na quarta colocação.

Na categoria mais clássica, a Longboard, o grande campeão foi Antônio Victor, de Jericoacoara, sendo mais um a faturar a última etapa do Circuito Cearense e conquistar o título do certame na categoria. Vitinho venceu as três etapas às quais participou e cada vez mais se consagra como o grande nome da nova geração do longboard cearense. Em segundo ficou João Pedro, em terceiro Jonhy Quest e em quarto Morgan Mohamed, também de Jericoacoara.

FESTIVAL DE LONGBOARD

E por falar em pranchões, o Festival Ondas de Iracema agitou a cena local e promoveu um dos maiores eventos de longboard já realizados na Capital cearense com nada menos que quatro categorias em disputa, fora a Masculino, que já faz parte do Circuito Cearense e ainda as categorias Grand-Kahuna, Legends e Local Masculino, Feminino e Infantil, entre as pranchinhas.

Comandando as ações da Longboard Master o grande campeão foi o atleta Natinho Rodrigues, que esbanjou estilo e radicalidade para sagra-se campeão em uma final repleta de grandes nomes. O anfitrião Marcelo Bibita terminou em segundo, com Paulo Pacheco em terceiro e Pedrinho Moicano em quarto.

Na categoria Longboard Legend Marcelo Bibita tratou de dar as cartas e garantir mais uma vitória para seu extenso currículo. Ele, que recentemente chegou do Rio de Janeiro onde conquistou o título de Campeão Brasileiro na categoria para atletas acima de 50 anos, não deu mole e faturou mais um troféu de campeão. Na segunda colocação ficou Júnior Guerreiro, com César Peixoto e Henrique Steindorfer completando o pódio na terceira e quarta colocações, respectivamente.

Na Longboard Feminino o destaque foi a maciça participação de atletas de Jericoacoara. A grande campeã foi Linda, com Flora Arruda em segundo, Esmeralda em terceiro e Carolina em quanto lugar.

Na Longboard Iniciante a grande campeã foi Esmeralda, que não se intimidou ao competir com os homens e acabou faturando o troféu de campeã. Em segundo ficou Matheus Rodrigues, em terceiro Júnior Soares e em quarto João Castanho.

Na categoria Grand-Kahuna destaque para a atuação do veterano Cardoso Júnior, que superou seus adversários com larga vantagem. Na segunda colocação ficou o local da Ponte Metálica, Hermano Frota, com Marcelo Bibita e Lúcio Costa completando o pódio na terceira e quarta colocações respectivamente.

Entre os Legends, Hermano foi o grande campeão com Raimundo Bernardo Pena ficando em segundo, Jaime Farinha em terceiro e Lúcio Costa na quarta colocação.

Na categoria Local Masculino vitória para Bico, com Cenoura, João Erick e George Fernandes completando o pódio na segunda, terceira e quarta colocações, respectivamente.

Na Local Feminino a grande campeã foi Carol, com Sara na segunda colocação, Carolzinha em terceiro e Alessandra na quarta colocação.

Na Local Infantil o campeão foi Mailon Silva, com Luan Lima em segundo, Kaike Silva em terceiro e Anderson Silva em quarto.

Para Marcelo Bibita o Festival de Longboard foi o início da realização de um sonho e mais do que ver o campeonato na água, o grande sucesso foi ver os atletas unidos em prol de um mesmo objetivo:

“Há muito tempo que eu sonho com esse evento e pra mim ainda podemos fazer muito melhor. Tivemos vários percalços nessa caminhada, mas a nossa força de vontade aliada ao empenho de pessoas como o Amélio Júnior, Presidente da Federação de Surfe do Estado do Ceará, foram fundamentais para que driblássemos as dificuldades e pudéssemos levar a cabo esse projeto. Contudo, eu estaria sendo injusto se não exaltasse o engajamento dos atletas na realização desse Festival. Nos dias de preparação vi as pessoas se unindo, pensando junto, dando ideias e sugestões e trabalhando em prol de um objetivo comum e isso não se vê todo dia, principalmente em competições. Mas, aqui foi diferente e definitivamente, estou orgulhoso de ter feito parte de tudo isso. Agora, é tocar o barco e já começar a planejar o II Festival Ondas de Iracema”, declarou Bibita.

Demais campeões do Circuito Cearense de Surfe 2019

Na principal categoria entre os amadores, a Open, o grande campeão do Circuito Cearense de Surfe 2019 foi Lucas Bezerra. Entre as mulheres a campeão foi Vitória Carneiro.

Sub 18 Masculino: Thiago Eduardo;

Sub 18 Feminino: Ariane Gomes;

Sub 16 e Sub 14: Ytalo Oliveira;

Sub 12: Guilherme Lemos;

Sub 8: Arthur Villar.

Para Amélio Júnior o 30º aniversário do Circuito Cearense de Surfe se encerra em uma grande festa. Inclusive pelo fato de ter sido vencido por um potiguar. Para o dirigente, isso é mais uma prova que nosso certame após 30 anos de vida continua atraente e igualmente importante dentro do cenário regional e nacional:

“Olhar para trás e ver que um projeto comemora 30 anos é motivo de muito orgulho pra qualquer pessoa. Nessas três décadas não só vimos, como também contribuímos para o crescimento do surfe e para a transformação de muitas vidas dentro do esporte. O Circuito Cearense de Surfe, ao longo desses anos, construiu sua história pautada na credibilidade, na honestidade e na confiança de todos que nele estão inseridos. Ver um atleta vindo de outro estado, conquistando nosso circuito e sendo carregado nos braços, não por seus adversários simplesmente, mas por seus amigos cearenses, mostra a grandeza desse esporte aqui no Ceará. Assim como há 30 anos, o surfe continua sendo tudo pra mim, pois, dediquei a esse esporte os melhores anos de minha vida e enquanto vida tiver espero poder continuar pegando minhas ondas e contribuindo para o crescimento desse esporte que só nos dá alegrias”, declarou o dirigente emocionado!

Sobre o Circuito Cearense de Surf

Há 30 anos, mais precisamente em 1989, nascia o Circuito Cearense de Surfe, certame que ao longo de três décadas revelou talentos e serviu de base para grandes eventos que trouxeram para o Ceará alguns dos maiores astros do surf brasileiro e mundial.

Muitos atletas, hoje Top WCT, tiveram importante passagem pelo circuito cearense como Michael Rodrigues (local da Praia do Futuro) e Silvana Lima (local da Praia do Ronco do Mar, em Paracuru), competidores vorazes, forjados na base do Circuito Cearense, que conquistaram praticamente todos os títulos das categorias amadoras e na Profissional e hoje são astros do Circuito Mundial de Surf da World Surf League.

Outros, como os potiguares Jadson André e Italo Ferreira, também tiveram no Circuito Cearense um importante degrau na conquista do sucesso profissional. Filipe Toledo e Gabriel Medina também já visitaram o Ceará em eventos nacionais criados a partir da credibilidade construída ao longo dos anos pelo Cearense de Surf, tido como um dos mais competitivos do Brasil. E foi essa reconhecida competitividade que possibilitou o surgimento de grandes nomes do surf como Fábio Silva (Campeão Mundial ISA), Tita Tavares (Campeã Mundial WQS), Pablo Paulino (Bicampeão Mundial Pro Junior), dentre muitos outros grandes nomes que contribuíram para colocar o Ceará em um dos lugares de maior destaque no cenário esportivo nacional.

Segundo o Presidente da Federação de Surf do Estado do Ceará, Amélio Júnior, o Circuito Cearense de Surf é o mais antigo certame estadual da modalidade, em todo o território nacional, e que nunca foi interrompido, sendo esta a 31ª edição da competição.

Assim, atletas e simpatizantes têm motivos de sobra para comemorar essa data tão importante e celebrar juntos o encerramento de mais Circuito Cearense.

A quarta e última etapa do Circuito Cearense de Surfe, válido como Nordestino e Brasileiro Profissional, Nordestino Master e ainda Surf Adaptado e Festival de Longboard, o Festival Ondas de Iracema, contou com o Patrocínio do Instituto Iracema e Prefeitura de Fortaleza. Apoio: Greenish, Pena, Tchele, Casa Surf Ce85, D’Cofibras, ANS e ABRASP. Realização: Federação de Surf do Estado do Ceará e Auêra-Auára Produções.

Por George Noronha

RESULTADOS

PROFISSIONAL

1º Alan Jhones (Campeão do Circuito)

2º Artur Silva

3º Janninfer Sousa

4º Edvan Silva

MASTER

1º Alexandre Gonçalves (campeão da etapa Circuito)

2º Alexandre Rodrigues

3º Gleison Sardinha

4º Fran

SÊNIOR

1º Phelipe Maia (Campeão do Circuito)

2º Lucas Alex

3º Jeová Rodrigues

4º Rogério Dantas

KAHUNA

1º Fábio Silva (Campeão do Circuito)

2º Cardoso Júnior

3º Rogério Dantas

4º Dalmo Meireles-BA

LONGBOARD MASCULINO

1º Antônio Victor (Campeão do Circuito)

2º João Pedro

3º Jonhy Quest

4º Morgan Mohamed

FESTIVAL DE LONGBOARD

LONGBOARD MASTER

1º Natinho Rodrigues

2º Marcelo Bibita

3º Paulo Pacheco

4º Pedrinho Moicano

LONGBOARD LEGEND

1º Marcelo Bibita

2º Júnior Guerreiro

3º César Peixoto

4º Henrique Steindorfer

LONGBOARD FEMININO

1º Linda

2º Flora Arruda

3º Esmeralda

4º Carolina

LONGBOARD INICIANTE

1º Esmeralda

2º Matheus Rodrigues

3º Júnior Soares

4º João Castanho

GRAND-KAHUNA

1º Cardoso Júnior

2º Hermano Frota

3º Marcelo Bibita

4º Lúcio Costa

LEGENDS

1º Hermano Frota

2º Raimundo Bernardo Pena

3º Jaime Farinha

4º Lúcio Costa

LOCAL MASCULINO

1º Bico

2º Cenoura

3º João Erick

4º George Fernandes

LOCAL FEMININO

1º Carol

2º Sara

3º Carolzinha

4º Alessandra

LOCAL INFANTIL

1º Mailon Silva

2º Luan Lima

3º Kaike Silva

4º Anderson Silva

Comentários

Galerias | Mais Galerias