#meio ambiente #comunidade #picos #negócios #cultura #surf #longboard #bodyboard #stand-up 
Palhoça - Santa Catarina - Brasil por Piu Pereira

Guarda do Embaú reconhecida como 9ª Reserva Mundial de Surf

A Guarda do Embaú, localizada na divisa dos municípios de Palhoça e Paulo Lopes, 55 km ao Sul da capital Florianópolis (SC), foi oficialmente reconhecida pela ONG Save The Waves Coalition (STW) como a 9ª Reserva Mundial de Surf (RMS) e a 1ª do Brasil.

Considerada uma das dez praias mais belas do Brasil, com ondas de excelente qualidade e com forte tradição da pesca artesanal, a Guarda do Embaú, localizada na divisa dos municípios de Palhoça e Paulo Lopes, 55 quilômetros ao Sul da capital Florianópolis (SC), foi oficialmente reconhecida pela ONG Save The Waves Coalition (STW) como a Nona Reserva Mundial de Surf (RMS) e a primeira do Brasil. A cerimônia de dedicação aconteceu na própria localidade durante a Celebração Oficial, nos dias 25, 26 e 27 do corrente mês e foi acompanhado por cerca de 200 pessoas.

Autoridades, personalidades do esporte e amantes da natureza e da Guarda prestigiaram o evento, como Nik Strong e Trent Hodges, diretor executivo e diretor do Programa das Reservas Mundiais da Save The Waves Coalition, respectivamente; o prefeito municipal de Palhoça Camilo Martins e o secretário municipal de Turismo Adriano Mattos; os vereadores professora Mariah e Joel Pakão (Palhoça/S), André Guesser (São José/SC) e Pedro de Assis (Florianópolis/SC);  a chefe de gabinete do prefeito de Paulo Lopes, Flávia Lapa; os surfistas Ricardo Bocão inventor da prancha quatro quilhas, do Rio de Janeiro e João Macedo, português convidado da STW, o ator nacional Mateus Solano, defensor dos mares (ONU); o surfista Adriano de Souza, campeão mundial em 2015 e embaixador da RMS Guarda, a surfista local Tainá Hinckel, campeã sul-americana Pró-Junior e representante brasileira no ISA Games, no Japão, além dos palestrantes convidados do Brasil, Estados Unidos e Portugal.

Na abertura do evento, dia 25, na parte da manhã, na “I Conferência Pan-Americana das Ondas”, o gerente da RMS Marcos “Kito” Gungel disse estar “muito contente em fazer parte deste momento que reúne pessoas para debater as questões que envolvem o meio ambiente, o surf e o surfista e a comunidade global”. O diretor executivo da STW, Nik Strong, agradeceu a presença de todos, enalteceu o Comitê Gestor Local pelo esforço nesta caminhada desde 2013, quando foi realizada a primeira aplicação para a candidatura, bem como, pela realização do evento, e acrescentou: “Todos vocês devem ter muito orgulho do que têm, do que realizaram e do que continuarão a fazer para proteger esse lugar maravilhoso e suas ondas, animais e comunidade”. O prefeito Camilo agredeceu o convite e disse que tem escutado a comunidade, dando como exemplo o término da obra de captação de água para a região e a continuidade do projeto para o saneamento básico para a Guarda.

Após a abertura foi feito o lançamento do livro da RMS que vai assinado por Marcos Aurélio Gungel, Geraldo Rosa e Marcos Bosquetti, com a edição de arte de Plinio Bordin e fotos dele próprio, de William Ziemmermann e Má Juttel, com colaboração de Patrícia Wolff, Trent Hodges e Nick Mucha.

O primeiro palestrante a falar foi Strong, trazendo informações sobre a própria entidade que dirige e as ações já realizadas nas onze Reservas Mundiais. Kito, gerente da RMS, mostrou o caminho percorrido até aquí para conseguir o título. Mauro Figueiredo, coordenador do grupo que busca implementar as Reservas Nacionais disse que “este é o momento de fazer crescer a ideia na zona costeira brasileira”.

No período da tarde, o biólogo e vice-presidente da RMS Guarda do Embaú, Geraldo Rosa, que coordenou o projeto da análise da água do Rio da Madre em 2018,  explicou o método usado ressaltando que “apesar de o rio apresentar boa balneabilidade existem pontos que precisam de cuidados especiais”. O professor da UFSC,  coordenador do Grupo de Pesquisa sobre Surf e Sustenbilidade que coordenou a pesquisa “Surfonomics” informou que o número estimado de visitantes surfistas por ano na Guarda é de 3.856  que deixam na localidade 60 dólares por dia, totalizando 13.5 milhões de reais ano.

Marcelo Silveira, analista do ICMBio, explicou como o órgão trabalha com as unidades de conservação e informou que a Nona Reserva Mundial de Surf está inserida na APA da Baleia Franca, o que dá uma camada de proteção ainda maior à Reserva. O chefe do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro (Pest), Carlos Cassini, enfatizou o relevante trabalho em prol do Parque, principalmente nas questões recentes de incêndios. O renomado surfista carioca Ricardo Bocão, inventor da prancha quatro quilhas e com várias iniciativas inovadoras na TV, traçou um paralelo desde sua inserção no canal Woohoo até as transmissões atuais ao vivo das competições de surf. Alexandre Fontes, director da Liga Mundial de Surf da América do Sul, explicou quais ações estão sendo realizadas para ter “plástico zero” nos eventos da WSL. O surfista catarinense bi-campeão mundial do QS, Teco Padaratz, fez uma palestra voltada ao emocional, conquistando a plateia. Por fim, João Macedo, de Portugal, primeiro competidor profissional das ondas grandes da Europa, contou sua história e sua inserção no mundo das Reservas Mundiais.

Ainda no dia 25, a noite, com apresentação do artista local Nathan Malagoli e banda, os participantes da Conferência participaram de um delicioso coquetel com várias homenagens.

No dia 26, na parte da manhã, durante o “workshop” das Reservas Nacionais, o evento recebeu a visita do ator Mateus Solano, defensor dos Mares, uma campanha da ONU. Mateus foi convidado pela organização e muito gentilmente, sem cobrar cachê, se fez presente, tanto no workshop quanto no descerramento da placa. O campeão mundial Adriano de Souza, embaixador da Reserva da Guarda, que também participou das atividades do dia, falou da qualidade da onda e enfatizou: “aqui é possível treinar em nível mundial”.

No período da tarde a emoção tomou conta de todos quando foi descerrada a placa com contagem regressiva. Nik Strong, que preferiu ler seu texto em portugués, falou que “é uma honra e prazer estar na Guarda do Embaú, dedicando a 9ª Reserva Mundial de Surf e a primeira no Brasil. Este lugar é realmente incrível e todos vocês têm muita sorte de morar aquí”. Já Solano finalizou com a frase muito contundente: “Sejamos o mundo que queremos ter”

No domingo, 27, os surfistas se reuniram no centrinho e foram em direção a praia para fazer o círculo no mar, célebre comemoração dos surfistas. No caminho ainda participaram das atividades da escola de surf e preservação do Professor Madeira. Fechando a celebração de Nona Reserva Mundial de Surf, aconteceram atrações circenses, musicais e carnavalesca, com os bonecos do artista local EdBoll e a bateria da Escola de Samba de Palhoça, Nação Guarani.

Completaram a celebração nestes três dias “stands” com produtos e ideias sustentáveis e o Programa Ecoeficiência “Lixo Zero” que vai certificar o evento. Os participantes ainda poderão obter na Internet (www.maypass.com.br) dentro de alguns dias o certificado fornecido pela Faculdade Municipal de Palhoça, cuja inscrição, arrecadou cerca de cem ítems de alimento não perecível.

Apresentação: Save The Waves Coalition (STW) e Comitê Gestor Local da RMS

Patrocínio: Prefeitura de Palhoça, Made In Guarda,  Pousada Rancho Alsaciano, Beach Supply Co. e Mini Kalzo

Apoio: Big Bamboo, Supermercado Tabuleiro, Embausurf Club, Radiadores Yahn, Editora Gaia, Unika, Imagine Viagens, CicloVil Bike, Jr. Abreu Engenharia, Trilha do Açai, Embaúsurf Eco Lodge, Casa do Suco, Madeireira Mattos, Pousada Doce Mar, Silva Materiais de Construção, Shopping Cópias, Moradas do Gabriel, Santos Supermercados, Restaurante Guardião, Morada Flor da Terra, Consesc Elevadores, Capeta´s Burguer, Restaurante Guarda Gosto e Pousada Stolz.

Institucional: Associação de Surf e Preservação da Guarda do Embaú (ASPG), Instituto Aprender Ecologia, Escola de Samba Nação Guarani, Destina Viagens, Interativa Naturologia Terapias Naturais, De Olho no Mar, OAB Subseção Palhoça, Ecoeficiência, Associação dos Pescadores da Guarda, Ecosurf, Faculdade Municipal de Palhoça (FMP), ICMBIO/Apa da Baleia Franca, Instituto do Meio Ambiente SC/Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, Associação Comercial e Empresarial da Guarda, Associação Comunitária da Guarda, Lagoa.Live Rádio Web, Associação dos Canoeiros da Guarda, SOS Rio da Madre, QMC Saneamento, Academia da Guarda, Poeta EdBoll, Grupo de Pesquisa Surf & Sustentabilidade da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Associação Pró-Crep de Reciclagem, Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e Rádio Comunitária Pinheira.

Marcos Aurélio Gungel (Kito)

Gerente da Reserva Mundial de Surfe (RMS) Guarda do Embaú

(48) 99972-1713

Colaborou: Jornalista Virgínia Duarte

Comentários

Galerias | Mais Galerias