#comunidade #saúde #cultura #surf 
Saquarema - Rio de Janeiro - Brasil por Redação Surfguru

Descanse em Paz, Leo Neves

Bicampeão brasileiro sofreu um mal súbito durante uma competição em Saquarema; velório aconteceu nesta segunda-feira, na Associação De Surf do município. Corpo do surfista Leo Neves foi enterrado de frente para os tradicionais tubos da Barrinha.

O bicampeão brasileiro de surfe, Leo Neves, de 40 anos, morreu na tarde deste domingo em Saquarema depois de passar mal durante uma prova na praia de Itaúna. Neves competia na Região dos Lagos quando teve um mal-estar e se afogou. Ele foi resgatado, mas a tentativas de reanimá-lo não tiveram sucesso.

De acordo com relatos, o mar da praia de Itaúna estava agitado e com algumas séries pesadas, mas nada incomum para alguém tão experiente como o surfista carioca.

A morte foi confirmada por outros surfistas que estavam no local, entre eles Ronaldo Monteiro, locutor dos eventos da WSL e pai de Raoni Monteiro. Carioca radicado em Saquarema, Leo conquistou o SuperSurf, principal torneio nacional da modalidade, duas vezes, em 2002 e 2003.

Bicampeão brasileiro de surfe, Leo Neves se sentiu mal horas antes de morrer durante prova em Saquarema, no RJ, diz amigo.

"Ele simplesmente passou mal", disse Márcio Monteiro, amigo de Leo Neves há três décadas. Surfista, de 40 anos, morreu durante prova em Saquarema, no litoral do Rio de Janeiro.

"A esposa dele disse que ele, pela manhã, falou que estava como uma tosse, meio enjoado. Mesmo assim, veio para a disputa. Ele estava dentro da água, na semifinal, tinha acabado de pegar uma onda. Quando ele voltou do outside ele, simplesmente, passou mal.

A gente olhou e só tinha uma prancha boiando, e era a prancha dele. Quando a gente se tocou, ele estava debaixo d'água. O jet-ski trouxe o Leo pra praia, mas ele não respondeu aos primeiros socorros. Ele foi levado pro hospital de Bacaxá, mas não resistiu.", revelou Márcio, que acompanhou toda a disputa, e o socorro, e revelou a última conversa com o amigo.

"Eu conversei com ele, e ele disse que estava bem. Não me relatou nada. Ele era atleta, todo campeonato ele quer ganhar. Tava sempre atrás da vitória", ressaltou.

O corpo do surfista descansará próximo a um local onde ele conhecia bem, onde já fez história, inclusive. De frente para os tradicionais tubos da Barrinha, local lendário de surfe de Saquarema e um dos palcos de disputas da etapa brasileira do Mundial nos últimos anos.

Nas redes sociais, surfistas de diferentes nacionalidades prestaram homenagens a Leo Neves. Carioca radicado em Saquarema, Leo conquistou o SuperSurf, principal torneio nacional da modalidade, duas vezes, em 2002 e 2003. Ele disputou o QS por 15 anos e por duas temporadas surfou entre a elite do esporte, no Championship Tour.

Nos últimos anos, se dedicava ao trabalho de treinador em Saquarema, seja para jovens, amadores ou profissionais. Ele começou a surfar com 6 anos e a competir, como amador, aos 10.

O Surfguru lamenta o triste fato e manda sentimentos a todos os amigos e familiares.

Relembremos alguns bons momentos de Leo

Fonte: GE

Comentários

Galerias | Mais Galerias