#competição #surf 
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil por Guilherme Aguiar

Arpoador define 2ª etapa do ASC

No último final de semana (02 e 03 de novembro) o Arpoador Surf Club deu sinal verde para a segunda etapa do Circuito ASC 2019, com nove categorias em disputas.

Apresentado pela OsklenSurfing pelo décimo quarto ano consecutivo, o circuito nesta etapa contou com o apoio da Silverbay, Boards Co, Cerveja Praya, Eklo Water, Juçaí Orgânico, Artesanal Alimentos, Sons of a Beach, e Kilhas.

Transmissão webcast do Sábado

Sempre pensando em privilegiar os atletas, a direção da associação mais uma vez chamou a competição para dois dias com ótimas condições de surf, sol, vento leste, e ondas de sudeste na faixa de 1 metro+ quebrando atrás da pedra do Arpoador.

Transmissão webcast do Domingo

Grommets e Legends

No sábado, o grande destaque do dia foi o atleta da nova geração do Recreio (zona oeste do Rio), Nathan Hereda, campeão nas categorias sub-12 e sub-14, e vice na sub-16, vencida de forma convincente pelo atleta Igor Shibata, da Barra da Tijuca.

Fora as categorias individuais, rolou uma competição por equipes formadas com alunos e instrutores de escolinhas de surf do Arpoador. A escolinha do instrutor Pablo Becker ficou em primeiro, seguida pela escolinha do projeto Favela Surf Clube, nesta etapa comandada pelo instrutor Anderson Carvalho. No fim, todos os alunos se divertiram e puderam sentir o gostinho de vestir uma lycra de competição.

Além das categorias de base, neste primeiro dia de disputas também foram realizadas as semifinais femininas e a final Legends Longboard (55 anos+) em homenagem ao atual campeão da categoria, Roni Veloso, que faleceu no mês passado após cinco anos de luta contra um câncer. O vencedor desta etapa foi Roberto Coelho, o maior campeão do circuito rumo a mais um título, seguido por Gian Cacciola (2º), Mauro Levy (3º) e Mingau (4º).

O mar subiu

No domingo o swell ganhou força e a direção de prova mandou para a água os atletas das categorias Open, Grand-Master (40+) e Grand-Kahuna (50+), além da final feminina.

Na categoria principal (Open), que neste ano irá premiar o seu campeão com uma surf-trip em Mentawaii no barco Maki Boat ( @makiboat ), o nível de surf foi lá pra cima com a galera local sendo confrontada por excelentes surfistas de outros picos do Rio, com destaque para outro local do Recreio - Hugo Bittencourt. Com sobrenome tradicional no Arpoador, Hugo parece ter a leitura das esquerdas do Arpex no seu DNA, e terminou a primeira fase em primeiro na classificação geral, com média 8,17 nas suas duas melhores ondas (notas 8,83 e 7,50). Não muito atrás ficaram os locais Bruno Coutinho (8,08) e Anderson Picachú (7,38).

No formato de competição do ASC os atletas carregam as suas médias de uma fase para a outra. Dessa maneira, os oito primeiros colocados na classificação geral da primeira fase se classificaram para as semifinais, onde somaram mais duas ondas à média da primeira fase. E nas semifinais o destaque absoluto foi o Bruno Coutinho, que conseguiu aumentar a sua média de 8,08 para 8,19 com mais duas ondas excelentes (8,67 e 7,83). Todos os outros finalistas levaram médias na casa dos seis pontos para a final, o que deu ao Bruninho uma vantagem de pouco mais de dois pontos sobre os demais.

E logo no início da bateria final Open o veterano regular footer tornou a tarefa dos seus adversários ainda mais complicada, quebrando outra esquerda do Jacaré para tirar um 8,67 (que acabou sendo a maior nota da bateria). Mesmo sendo mais regular na final, Anderson Picachú terminou em segundo, com os goofies Bernardo Bordovsky em terceiro e Rafael Cury em quarto.

Agora a disputa pela surf trip em Mentawaii está bem polarizada entre os dois primeiros do ranking, Picachú (2.100 pts) e Bruninho (1.972 pts), com o terceiro colocado, Marcelo Bispo, bem mais distante (1.217 pts).

Na Grand-Master está tudo mais embolado, como foi esta etapa, sem nenhum grande destaque individual. A maior nota do dia (8,67) só foi obtida na bateria final, por aquele que acabou se tornando o campeão da etapa, o local Fernando Xará. Completaram o pódio dois excelentes surfistas do Leme, Fernando Esteves (2º) e Marcelo Lacerda (3º), e o atual campeão da categoria, Guilherme Penteado (4º). Todos goofy-footers.

O ranking de 2019 está sendo liderado por Léo Leite (1.364 pts), seguido por Cézar Rodrigues (1.217 pts) e Nando Madalena (1.200 pts), vencedor do Arpoador Clássico. Com mil pontos em disputa na última etapa, tudo pode acontecer.

Na Grand-Kahuna, a disputa foi acirrada entre dois surfistas do Leblon, o regular Marcelo Boscoli e o goofie Claudio Chocolate. Ambos surfaram muito bem, sendo o surf mais vertical do Marcelo melhor recompensado pelos juízes. Completaram a final um representante de tradicional família de surfistas do Arpoador, Gugu Buchaúl (3º), e o viajante Fernando Cake (4º).

Na categoria Feminino, a campeã do Arpoador Clássico, Ariane Mateik, confirmou o seu domínio na temporada e repetiu a dose, vencendo novamente pegando as melhores ondas da bateria no Jacaré. Também repetiram a colocação do Clássico as atletas Letícia Moraes (2ª) e Mariana Taboada (3ª). Completaram a final as atletas Luz Stecca (4ª), Carolina Nunes (5ª), e Priscilla Allegretti (6ª).

Assim como na Open, disputa do título Feminino de 2019 parece estar bem polarizada entre as duas primeiras colocadas do ranking, Ariane (2.200 pts) e Letícia (1.980 pts).

Próxima etapa

O período de espera para a etapa final do circuito vai de 16 de novembro a 16 de dezembro, e a competição poderá ser realizada na praia vizinha ao Arpoador, a Praia do Diabo, onde o fundo de areia costuma ser melhor nessa época do ano.

Fiquem ligados na chamada do ASC!

Agradecimentos

O Arpoador Surf Club agradece a todos que ajudaram a viabilizar este evento, aos atletas e à nossa equipe de trabalho (staff): Guilherme Aguiar (organizador/diretor de prova); Renata Mattos (assistente); Magno Mexicano (produção); Paulo Dolabella (árbitro-chefe); Felipe Baltazar (árbitro); Denílson Thyola (árbitro); Jefferson Cardoso (árbitro); Pablo Souza (árbitro); Ewerton Marques (spotter); Henrique Prates (locutor); Roberto Montilho Mé (beach-marshall); Alexandre Silva Rascunho (técnico de som); Jean Carlos (segurança de água); Ítalo Scooby (segurança de água); Henrique Carvalho Bimbo (apoio); Rodrigo Carvalho Tico (apoio); Claudio Franco (webcast/videomaker); Ana Paula Vasconcelos (fotógrafa); Bárbara Becker (fotógrafa), e a toda a galera local que apoiou e prestigiou. Muito obrigado!

RESULTADOS DO SURF-TREINO

OPEN

1        Bruno Coutinho        1000

2        Anderson Picachú      900

3        Bernardo Bordovsky  810

4        Rafael Cury             729

GRAND-MASTER

1        Fernando Xará         1000

2        Fernandinho Leme    900

3        Marcelo Lacerda       810

4        Guilherme Penteado  729

GRAND-KAHUNA

1        Marcelo Boscoli        1000

2        Claudio Chocolate     900

3        Gugu Buchaúl          810

4        Fernando Cake         729

LEGENDS LONGBOARD

1        Roberto Coelho        1000

2        Gian Cacciola           900

3        Mauro Levy             810

4        Mingau                   729

FEMININO

1        Ariane Mateik          1000

2        Letícia Moraes         900

3        Mari Taboada          810

4        Luz Stecca              729

SUB-16

1        Igor Shibata            1000

2        Nathan Hereda         900

3        Deriky Silva             810

4        Hugo Silva              729

SUB-14

1        Nathan Hereda         1000

2        Igor Shibata            900

3        Hugo Silva              810

4        Bernardo Haddock    729

SUB-12

1        Nathan Hereda         1000

2        João Victor Coutinho 900

3        João Pedro Doria      810

4        Ramon Kurpan         729

ESCOLINHA

1        Pablo Becker           1000

2        Favela Surf Clube      900

3        Surf Glória              810

4        Montilho Surf           729

Link para os resultados completos e as notas das baterias:

http://www.arpoadorsurfclub.com/wp-content/uploads/2019/11/NOTAS-DIA1_Surf-Treino_ASC19.pdf

http://www.arpoadorsurfclub.com/wp-content/uploads/2019/11/NOTAS-DIA2_Surf-Treino_ASC19.pdf

http://www.arpoadorsurfclub.com/wp-content/uploads/2019/11/RESULTADO_Surf-Treino_ASC19.pdf

Rankings atualizados: http://www.arpoadorsurfclub.com/ranking/

Fotos de Bárbara Becker:

https://www.facebook.com/pg/Barbara-Beckers-art-230955540336257/photos/?tab=album&album_id=2461485927283196&ref=page_internal

https://www.facebook.com/pg/Barbara-Beckers-art-230955540336257/photos/?tab=album&album_id=2461989703899485&ref=page_internal

Fotos de Ana Paula Vasconcelos:

https://www.facebook.com/pg/anapaulavasconcelosimagens/photos/?tab=album&album_id=2450061885208793&ref=page_internal

 https://www.facebook.com/pg/anapaulavasconcelosimagens/photos/?tab=album&album_id=2451897308358584&ref=page_internal

O replay (webcast) de todo o campeonato pode ser visto na página da associação no YouTube: https://bit.ly/2MWTlqp

Visite: www.arpoadorsurfclub.com

O Circuito OsklenSurfing ARPOADOR SURF CLUB 19 é uma realização da associação dos surfistas do Arpoador – Arpoador Surf Club – A.S.C. em parceria com a OsklenSurfing e apoio de: MAKI BOAT (vai premiar o campeão Open 2019 c/ uma boat-trip em Mentawaii); SILVERBAY; BOARDS CO; EKLO WATER; CERVEJA PRAYA; ARTESANAL PRODUTOS NATURAIS; JUÇAÍ ORGÂNICO; KILHAS; SONS OF A BEACH

Apoio institucional: FESERJ e Prefeitura do Rio.

Agradecimentos: 3º SGMAR, 19ª Delegacia De Polícia Civil, 23º Batalhão De Polícia Militar, e Favela Surf Clube.

Saiba mais sobre o ASC em: www.arpoadorsurfclub.com

Comentários

Galerias | Mais Galerias