#comunidade #educação #cultura #windsurf 
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil

Último domingo de julho tem Dia no Mar em Camboinhas

JANE DUARTE AWN

A próxima edição do projeto Dia no Mar acontece no dia 28 de julho, a partir das 9h, no canto esquerdo da Praia de Camboinhas, Região Oceânica de Niterói.

o Evento será realizado na Região Oceânica de Niterói, na área do Núcleo Náutico do Parque Estadual da Serra da Tiririca – PESET. O objetivo é despertar o interesse de crianças de comunidades carentes de Niterói e do município de Maricá pelos ecossistemas costeiros e esportes náuticos.Resultado de imagem para VISTA AÉREA CAMBOINHAS NITERÓI

Organizado mensalmente pela Associação de Windsurf de Niterói (AWN), em parceria com o PESET, além de enfocar aspectos da conservação ambiental do Parque, o evento visa apresentá-las aos esportes náuticos não motorizados, com ênfase da vela (windsurf) e remo (stand up paddle - SUP - e caiaque). 

Esta edição do Dia no Mar é parte do Projeto Velas de Itaipu, proposto pela AWN para fomentar a atividade de vela –especialmente o windsurf – na enseada de Itaipu, e que conta, em 2019, com o patrocínio da empresa Veloe, cujo incentivo permitiu maior capacidade de apoio aos esportes náuticos no PESET e o aumento do número de crianças e jovens atendidos, chegando a 50 neste evento, quando o número usual é de 10 a 20.

O ponto alto da programação é apresentação e manuseio pelas participantes dos equipamentos esportivos, especialmente o windsurf e o stand-up paddle (SUP), que contam com pranchas e velas novos, obtidos com o apoio da Veloe, para esta finalidade. Todas as atividades serão conduzidas e supervisionadas por voluntários, monitores e coordenadores das entidades envolvidas na organização. 

A programação inclui palestras e trilhas guiadas pelo Setor Lagunar do PESET, com foco na educação ambiental e patrimonial (sítios arqueológicos e históricos locais), e apresentação de diferentes modalidades de esportes náuticos que podem ser praticados no local. Em todas as atividades serão passadas noções de cuidados com o meio ambiente e segurança no mar.Imagem relacionada

 PESET

O Núcleo Náutico do PESET é uma área destinada pelo Plano de Manejo do Parque Estadual à prática de esporte náuticos não motorizados em harmonia com a conservação ambiental. É atualmente operado pela Associação de Windsurf de Niterói em parceria com o INEA, através de Acordo de Cooperação assinado em 2017.

Situado no chamado Setor Lagunar, abrange o entorno da Laguna de Itaipu e inclui um importante patrimônio histórico-cultural e ambiental de Niterói.

CHRIS DA WINDNIT FOTO: JAMES THISTED

este Setor, além de praia, restinga, dunas, mangues e brejos (ecossistemas costeiros), estão incluídos os sítios arqueológicos da Duna Grande e terreno arqueológico que abrigou as escavações do Sítio Duna Pequena e do Sambaqui

Camboinhas (um dos mais antigos registros arqueológicos do Brasil, com mais de 7.000 anos de datação).

O local do evento tem uma posição geográfica privilegiada, entre a Laguna de Itaipu e a Praia de Camboinhas, onde é possível praticar esportes como vela, remo e natação em condições diversas de mar e vento.Imagem relacionada

Realizadores

Além da equipe do Projeto Velas de Itaipu e da AWN, participam da organização do encontro os promotores do Projeto Marola, de Maricá, e de dois projetos de Itaipu: o Projeto SUP e o projeto de capoeira para crianças e jovens “Vem Jogar Mais Eu”, coordenado por Leandro Silva.

A AWN é dirigida atualmente pela atleta e economista Christina Mattoso Maia (ex-atleta olímpica, medalhista panamericana e atual campeã brasileira de windsurf slalom), que dissemina a prática do windsurf através da Chris Mattoso Escola e Cultura Windsurf, com o apoio do biólogo Carlos Jamel.

O Projeto Marola atende cerca de 150 crianças e jovens, que praticam atividades de “life saving” (jogos baseados nas disciplinas para segurança e salvamento no mar). O Projeto SUP dissemina os fundamentos do stand up paddle para crianças e jovens da rede pública de ensino da Região Oceânica de Niterói. Em 2019 a Veloe está patrocinando as atividades da AWN para melhoria da estrutura e da capacidade de recepção de visitantes do Núcleo Náutico do PESET. O Marola terá a coordenação do guarda-vidas Santiago Prata e de Fernando Ferreira.

O Projeto SUP é coordenado por Luciano Jamas. Leandro – conhecido na comunidade e na capoeira como Tetel Senzala – é contramestre de capoeira e professor de educação física, atuante na vila dos pescadores no Canto de Itaipu.

Acordo

O Acordo de Cooperação celebrado entre a AWN e o INEA prevê a implantação e utilização do espaço do Núcleo Náutico do PESET para promoção da cultura da conservação ambiental integrada com o lazer e o esporte ao ar livre, como previsto no Plano de Manejo do Parque. A utilização desse espaço público prevê também a melhoria da acessibilidade de portadores de necessidades

especiais ao Parque e a estas atividades.

O encontro do dia 28, entre vários projetos que trabalham com crianças e jovens do entorno do Parque Estadual (que fica na divisa entre os municípios de Niterói e Maricá), é um marco na utilização do Núcleo Náutico do PESET, no sentido de proporcionar à população local um uso educativo e recreacional da área. O PESET, com o apoio organizacional da AWN, apresenta assim mais

uma opção de local de integração e recepção de visitantes para a prática da educação ambiental e esportiva. 

O Dia no Mar é uma atividade desenvolvida mensalmente pela AWN como parte do Projeto Velas de Itaipu, mas no dia 28 será especial por contar com maior número de crianças e jovens atendidos e por permitir a integração de quatro diferentes projetos sociais locais, com troca de experiências e conhecimento entre organizadores, crianças e jovens participantes.

Com o apoio da Veloe, a AWN está atualmente ampliando a área de suporte à prática de esportes náuticos, que além da guarda de equipamento de windsurf, agora conta com um container para guarda de equipamento das escolas de surf e canoa polinésia, além do SUP. As melhorias incluem ainda a instalação de um banheiro com adequação para portadores de necessidades especiais. A parceria com a Veloe está permitindo também a ampliação do atendimento às crianças e jovens da região. 

FOTO: JAMES THISTED

Mito

A ideia do Dia no Mar é também desmistificar a ideia de que esportes náuticos são elitizados. Apesar dos equipamentos náuticos novos serem caros em grande parte dos esportes, existe um forte comércio de equipamentos usados e mesmo doações que permitem que pessoas de baixa renda dependam mais da vontade de praticar do que do recurso financeiro em si.

Clubes e projetos, como o Velas de Itaipu, também dão oportunidade a crianças e jovens interessados de continuarem a prática do esporte, sem necessidade de equipamento próprio. 

As atividades do Dia no Mar com as crianças incluirão café e lanche no local.

Os visitantes serão trazidos ao local pelas coordenações dos seus respectivos projetos de origem e serão divididos em três grupos, que se alternarão entre as trilhas, palestras e apresentação aos equipamentos e noções sobre a prática de esportes náuticos não motorizados.

Comentários

Galerias | Mais Galerias