#competição #surf #bodysurf 
Ipojuca - Pernambuco - Brasil por Bruna Cruz

Pernambucanos vencem no Rota do Mar Surf and Music

Atletas locais do estado venceram na 1ª etapa do Circuito Nordestino de Surf Pro e na 2ª etapa do Circuito Kpaloa Brasileiro de Bodysurf.

Porto de Galinhas viu dois pernambucanos se destacarem durante o primeiro fim de semana da quarta edição do Rota do Mar Surf and Music. O surfista profissional Alan Donato (PE) e o especialista em bodysurf Nilton da Silva França, o Tainha, foram os vencedores da 1ª etapa do Circuito Nordestino de Surf Pro e da 2ª etapa do Circuito Kpaloa Brasileiro de Bodysurf, respectivamente. Na categoria Master do Nordestino, o carioca Raoni Monteiro, que voltou a surfar em Porto de Galinhas após 20 anos, levou a melhor. As competições aconteceram de 27 a 30 de junho, na praia do Cupe, em dias de boas ondas e ventos fortes, reunindo cerca de 200 participantes.

Transmissão Webcast do Domingo

Alan Donato abriu a bateria final da categoria Pro do Nordestino de Surf com um tubo, mostrando a força do seu surfe voltar as competições depois de passar um tempo praticando free surfe. A disputa com os pernambucanos Thiago Silva, que tinha a torcida local a seu favor, e Júnior Lagosta, além do alagoano Amando Tenório, foi praticamente onda a onda e decidida pelos juízes na revisão das médias das últimas manobras de cada competidor. Nas últimas ondas, Lagosta realizou alguns aéreos e conseguiu sair da quarta para segunda posição, ultrapassando Thiago, segundo colocado em toda a bateria e vencedor de todas que disputara até então na etapa. Thiago Silva terminou a disputa em terceiro e Amando em quarto.

Transmissão Webcast do Sábado

“O coração estava saindo pela boca. Nas últimas remadas eu já estava sem gás. Tinha me machucado esses dias. Vim para o campeonato fazendo fisioterapia, tentando me manter no nível dos melhores surfistas do Nordeste. Isso deixou essa vitória mais brilhante, afinal os meninos arrebentam, sem dúvida estão entre os melhores surfistas hoje do Brasil”, declarou um Alan emocionado por vencer colegas que “cresceram na sua casa” e com quem já viajou para surfar. A categoria contou com R$ 10 mil em premiações, além de kits de produtos Rotas do Mar e troféus. A competição valeu 1000 pontos para o ranking da Associação Nordestina de Surf e 750 para o circuito da Associação Brasileira de Surf Profissional (Abrasp).

MASTER – O Ceará foi o grande vencedor do fim de semana nas categorias dos surfistas mais experientes. Os cearenses desbancaram os donos da casa e venceram nas categorias Legends, com Lúcio Costa; a Kahuna, com Rogério Dantas, e a Grand Kahuna, com Cardoso Júnior.

“Foi muito legal para mim a vitória depois de rever o pessoal. Foi a minha primeira vez aqui como Master, antes era como iniciante ou mirim. É legal poder voltar dessa vez com a minha família e vencer”, comentou Raoni. Em segundo lugar ficou o pernambucano de Ipojuca, Manoel de Assis, em terceiro o cearense Rogério Dantas e em quarto o potiguar Júnior Rocha.

“Corremos o circuito nacional Master e tem condições que beneficiam mais uns surfistas do que outros. Eu prefiro esse tipo de onda, eu me sinto mais à vontade. Valeu a pena ter vindo pra cá, treinar e chegar bem no fim da competição”, comentou Lúcio Costa, vencedor da Legends. Em segundo e terceiro lugares da categoria ficaram os potiguares Edu Elias (RN) e Marco Leleu, e, em quarto, o pernambucano Marco Valério.

Na Kahuna, vencida por Rogério, as disputas mais acirradas ocorreram pela segunda colocação, com Fred Vilela (AL) levando a melhor sobre o pernambucano Michel Pontes. Em quarto, ficou o baiano Dalmo Meireles. “Hoje o mar amanheceu nervoso, mas baixou durante o dia e ficou tudo certinho. Graças a Deus correu tudo bem. Consegui achar a última onda para me manter na primeira colocação. Todos os atletas são de alto nível e estão de parabéns”, comentou Dantas.

A bateria final da Grand Kahuna foi bem disputada. “As ondas estavam curtas e rápidas, difíceis de encontrar uma conexão na parte final. Tive sorte de achar duas ondas boas e fiz o somatório necessário para vencer”, comentou Cardoso Júnior, que venceu ficando na frente do potiguar João Maria e dos pernambucanos Fábio Quencas e Cláudio Marroquim.

As próximas etapas do Circuito Nordestino de Surf Pro/Master devem acontecer de agosto a outubro em Baía Formosa (RN), Praia do Francês (AL) e um pico a se confirmar.

COM O CORPO – Pela primeira vez, Pernambuco recebeu uma etapa de um campeonato nacional de bodysurf. E nada como estrear com vitória dos donos da casa. O salva vidas Nilton da Silva França, o Tainha, levou a melhor tanto nas categorias bodysurf quanto handsurf, desbancando o jovem campeão mundial de bodysurf Leonardo Moura, que havia vencido a  primeira etapa da competição na Praia da Guarda do Embaú, em Santa Catarina, em abril.

Na bodysurf, os primeiros colocados foram Nilton, João Antônio dos Reis Bazzelatto, Leonardo Moura e Kleiton Carlos da Silva. No handsurf, Nilton ficou na frente de Lucas da Silva Nelli, Leonardo Moura e José Leônidas Pereira da Silva. “O campeonato foi muito bom, mas muito difícil porque todo mundo surfou bem. Foi minha primeira vez num brasileiro. O mar estava mexido, mas deu para pegar boas ondas e fazer boas notas. A disputa com os adversários foi muito boa. Sou grato a Deus e a todos que me apoiaram para participar”, declarou Tainha, que levou vantagem por já conhecer as ondas do Borete.

Com a sua primeira vitória em brasileiros, Nilton passa a figurar no ranking nacional em quinto lugar, no bodysurf, em quarto lugar, no handsurf. Mesmo com a colocação abaixo do que vinha conquistando, Leonardo Moura continua sendo o líder do brasileiro, seguido por João Antônio dos Reis Bazellatto tanto no bodysurf, quanto no handsurf.

No feminino, o bodysurf foi vencido pela pernambucana Juliana Cely Lima, seguida por Thais Mateus Rodrigues e pela também bodyboarder Fabrisia Silva Pordeus. Fabrisia se saiu melhor na categoria handsurf, ocupando o lugar mais alto do pódio e invertendo as posições com Juliana, que ficou em segundo lugar, e Thais, em terceiro.

Com a vitória no Borete-Cupe, as brasileiras entraram no ranking nacional. Juliana Cely Lima ocupa a liderança, na frente da catarinense Briguitte Lin, que não veio à Pernambuco. No handsurf, Fabrisia fica em segundo, atrás apenas de Briguitte Lin.

Os primeiros colocados da receberam troféus, medalhas e nadadeiras. A terceira etapa do Circuito Kpaloa Brasileiro de Bodysurf está prevista para acontecer de 11 a 14 de julho em Itacoatiara (RJ).

MAIS SURF – De 4 a 7 de julho, a Praia do Cupe-Borete continua recebendo o Rota do Mar Surf and Music com a realização da segunda etapa do Campeonato Pernambucano de Surf deste ano. Competidores das categorias Pro, Sub 14, Sub16, Sub18, Feminino Open, Long board, Sup Wave, Master, Sênior, Kahuna, Universitário formandos, formados e feminino caem na água durante os três dias. A categoria Pro disputa R$ 5 mil em prêmios. As inscrições para a Pro custam R$ 150,00. Os competidores disputarão R$ 5 mil, mais troféus e medalhas. Para as demais categorias a inscrição custa R$ 100,00. Os vencedores receberão pranchas, blocos, kits de produtos Rota do Mar, além de troféus e medalhas.

As inscrições devem ser feitas na conta da Federação Pernambucana de Surf, Banco: Bradesco, Agência: 6344, C/C: 7135-8, CNPJ: 05.288.516/0001-05. O comprovante deve ser enviado para o WhatsApp (81) 9.8271-5331 Geraldo Cavalcanti ou para o e-mail ansgeraldinho@hotmail.com. Outras informações podem ser obtidas pelos mesmos contatos.

MÚSICA - Além dos campeonatos de surfe e bodysurf, a programação conta com atrações musicais que prometem animar ainda mais o público que comparecer ao evento. Entre elas estão: Lucas Solaris, Moontal Band e STV, que se apresentam no sábado (6/7), a partir das 22h30, no Muru Muru, casa de shows localizada na beira-mar de Porto de Galinhas. Os ingressos para os shows podem ser adquiridos no local por R$ 20,00 e antecipadamente no Sympla (https://www.sympla.com.br/ rota-do-mar-surf--music__ 569097).

O Rota do Mar Surf and Music é uma realização da Federação Pernambucana de Surf, da Prefeitura de Ipojuca  por meio de sua Secretaria de Turismo e da Abrasp com o apoio da Real Magia, Blocos Teccel e Kpaloa. 

Confira os vencedores do primeiro fim de semana da Rota do Mar Surf and Music 2019:

1ª etapa do Circuito Nordestino de Surf Pro/Master

Categoria PRO

1° - Alan Donato (PE)

2° - Júnior Lagosta (PE)

3° - Thiago Silva (PE)

4° - Amando Tenório (AL)

Categoria Master

1° - Raoni Monteiro (RJ)

2° - Manoel de Assis (PE)

3° - Rogério Dantas (CE)

4° - Junior Rocha (RN)

Categoria Legends

1° - Lúcio Costa (CE)

2° - Edu Elias (RN) 

3° - Marco Leleu (RN)

4° - Marco Valério (PE)

Categoria Kahuna

1° - Rogério Dantas (CE)

2° - Fred Vilela (AL) 

3° - Michel Pontes (PE) 

4° - Dalmo Meireles (BA)

Categoria Gran Kahuna

1° - Cardoso Júnior (CE)

2° - João Maria (RN)

3° - Fábio Quencas (PE) 

4° - Cláudio Marroquim (PE)

2ª etapa do Circuito Kpaloa Brasileiro de Bodysurf

Bodysurf masculino

1°- Nilton Luís da Silva França (PE)

2° - João Antônio dos Reis Bazellatto (ES)

3° - Leonardo Moura (RJ)

4° - Kleiton Carlos da Silva (PE)

Handsurf masculino

1°- Nilton Luís da Silva França (PE)

2° - Lucas da Silva Nelli (BA)

3° - Leonardo Moura (RJ)

4° - José Leônidas Pereira da Silva (AL)

Bodysurf feminino

1° - Juliana Cely Silva (PE)

2° - Thais Mateus Rodrigues (PE)

3° - Fabrisia Silva Pordeus (PE) 

Handsurf feminino

1° - Fabrisia Silva Pordeus (PE)

2° - Juliana Cely Silva (PE)

3° - Thais Mateus Rodrigues (PE)

Comentários

Galerias | Mais Galerias