#competição #surf #longboard 
Queensland - Austrália por João Carvalho

Brasil nas oitavas do Noosa Longboard Open

Phil Rajzman, Rodrigo Sphaier, Chloé Calmon e Atalanta Batista são os sul-americanos que seguem na luta pelos títulos da etapa de abertura do Circuito Mundial de Longboard na Austrália.

Previsão para Queensland - AUS

Os brasileiros Phil Rajzman, Rodrigo Sphaier, Chloé Calmon e Atalanta Batista, foram os únicos sul-americanos que passaram para as oitavas de final do Noosa Longboard Open na sexta-feira de ondas pequenas e mar difícil para competir na Austrália. As baterias foram até transferidas do palco principal em First Point para Noosa Main Beach, onde as condições estavam melhores para a estreia dos principais cabeças de chave da etapa de abertura do novo Circuito Mundial de Longboard da World Surf League. A batalha pela liderança dos rankings prossegue neste sábado a partir das 6h00 na Austrália, 17h00 da sexta-feira no fuso horário de Brasília.

A sexta-feira foi iniciada com as duas baterias restantes da terceira fase masculina e dois brasileiros se classificando, Wenderson Biludo em segundo lugar na penúltima e Rodrigo Sphaier vencendo a última. A competição prosseguiu com a segunda fase feminina e duas brasileiras estrearam com vitórias, a pernambucana tricampeã sul-americana da WSL South America, Atalanta Batista, e a carioca duas vezes vice-campeã mundial, Chloé Calmon. Ambas passaram para enfrentar as cabeças de chave, mas o Brasil sofreu a primeira baixa na última bateria, com Monique Pontes sendo eliminada em 33.o lugar.

Depois, as duas perderam suas baterias para surfistas que já tem um título mundial no currículo, mas avançaram em segundo lugar para as oitavas de final na difícil condição do mar, com ondas muito pequenas em Noosa. A primeira foi Atalanta Batista, que somou duas notas na casa dos 4 pontos para superar a havaiana Haley Otto por 8,44 a 5,60 pontos. A vencedora foi a norte-americana Tory Gilkerson campeã mundial de 2016, no ano que Phil Rajzman conquistou o bicampeonato. Ela totalizou 11,17 pontos com notas 6,17 e 5,00.

OITAVAS DE FINAL – A carioca Chloé Calmon entrou no mar três baterias depois e confirmou sua classificação com a maior nota da bateria, 6,50, na onda que surfou nos minutos finais. Com ela, atingiu 11,07 pontos, quase ultrapassando os 11,10 que a norte-americana e atual campeã mundial Soleil Errico somou com notas 5,50 e 5,60. Em último ficou a australiana Rosie Locke com 7,03 pontos. As duas brasileiras agora terão um confronto direto contra a Austrália nas oitavas de final. Atalanta Batista enfrenta Emily Lethbridge na segunda bateria e Chloé Calmon entra na terceira com Tully White.

Na categoria masculina, cinco sul-americanos disputaram classificação para as oitavas de final na sexta-feira, mas apenas os brasileiros Phil Rajzman e Rodrigo Sphaier conseguiram. Dois competiram juntos na terceira bateria da quarta fase e o peruano Lucas Garrido Lecca, que se destacou passando três baterias na quinta-feira, foi barrado pelos dois campeões mundiais que enfrentou. O australiano Josh Constable passou em primeiro com 11,40 pontos e Phil Rajzman ganhou a briga pela segunda vaga por 7,50 a 6,37 pontos do peruano.

RECORDES DO DIA – O também bicampeão mundial Piccolo Clemente entrou três baterias depois com dois locais de Noosa e acabou eliminado em 17.o lugar pelos australianos. O peruano não conseguiu achar boas ondas para mostrar seu potencial, enquanto Harrison Roach fez os recordes do dia com as melhores combinações das manobras tradicionais dos pranchões, como “hang ten” e “hang five”, com batidas e rasgadas nas ondas. Ele atingiu 15,50 pontos com notas 8,17 e 7,33 e Clinton Guest passou em segundo com 10,96 pontos.

Quem chegou mais perto dos recordes de Harrison Roach foi o norte-americano Cole Robbins, na bateria contra dois brasileiros que definiu os últimos classificados para as oitavas de final. O saquaremense Rodrigo Sphaier surfou bem também uma onda que valeu 7,10 para avançar com 12,80 pontos, contra 14,60 das notas 7,83 e 6,77 do americano. Já Wenderson Biludo só conseguiu 9,30 em suas duas melhores ondas e terminou empatado em 17.o lugar no Noosa Longboard Open com os peruanos Piccolo Clemente e Lucas Garrido Lecca.

CONFRONTO DE CAMPEÕES – Nas oitavas de final, Phil Rajzman terá um confronto de campeões mundiais na quarta bateria com o defensor do título, Steven Sawyer, da África do Sul. E Rodrigo Sphaier vai disputar a penúltima vaga para as quartas de final com o norte-americano Tony Silvagni. Os surfistas que perderam na quarta fase na sexta-feira, receberam 750 dólares e marcaram 1.050 pontos no ranking pelo 17.o lugar. E os que passaram para as oitavas de final, já garantiram um mínimo de 1.000 dólares e 1.550 pontos. Este é o primeiro evento da World Surf League em 2019 com premiações iguais para homens e mulheres.

O Noosa Longboard Open está sendo transmitido ao vivo da Austrália pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo da WSL. A primeira chamada do terceiro dia foi marcada para as 5h30 do sábado em Queensland, 16h30 da sexta-feira em Brasília.

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE - A World Surf League (WSL) tem como objetivo celebrar o melhor surfe do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão. A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, realizando mais de 180 eventos globais que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial. Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Kai Lenny, Taylor Jensesn, Honolua Blomfield, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com.

-----------------------------------------------------------

João Carvalho – WSL South America Media Manager

(48) 999-882-986 – jcarvalho@worldsurfleague.com

-----------------------------------------------------------

OITAVAS DE FINAL DO NOOSA LONGBOARD OPEN – 9.o lugar com 1.550 pts e US$ 1.000:

1.a: Kaimana Takayama (EUA) x Nic Jones (AUS)

2.a: Taylor Jensen (EUA) x Edouard Delpero (FRA)

3.a: Josh Constable (AUS) x Nicholas Brewer (AUS)

4.a: Steven Sawyer (AFR) x Phil Rajzman (BRA)

5.a: Kaniela Stewart (HAV) x Clinton Guest (AUS)

6.a: Kai Sallas (HAV) x Harrison Roach (AUS)

7.a: Tony Silvagni (EUA) x Rodrigo Sphaier (BRA)

8.a: Cole Robbins (EUA) x Justin Quintal (EUA)

OITAVAS DE FINAL FEMININAS – 9.o lugar com 1.550 pts e US$ 1.000:

1.a: Tory Gilkerson (EUA) x Lindsay Steinriede (EUA)

2.a: Emily Lethbridge (AUS) x Atalanta Batista (BRA)

3.a: Chloe Calmon (BRA) x Tully White (AUS)

4.a: Soleil Errico (EUA) x Kirra Seale (HAV)

5.a: Rachael Tilly (EUA) x Kaitlin Mikkelsen (EUA)

6.a: Mason Schremmer (EUA) x Minami Koyama (JPN)

7.a: 1.a da 7.a bateria da 3.a fase x 2.a da 8.a bateria

8.a: 1.a da 8.a bateria x 2.a da 7.a bateria da 3.a fase

RESULTADOS DA SEXTA-FEIRA NA AUSTRÁLIA:

TERCEIRA FASE FEMININA – 1.a e 2.a=Oitavas e 3.a=17.o lugar com 1.050 pts e US$ 750:

1.a: 1-Tory Gilkerson (EUA)=11.17, 2-Atalanta Batista (BRA)=8.44, 3-Haley Otto (HAV)=5.60

2.a: 1-Emily Lethbridge (AUS)=13.04, 2-Lindsay Steinriede (EUA)=9.90, 3-Lola Mignot (EUA)=6.46

3.a: 1-Tully White (AUS)=12.70, 2-Kirra Seale (HAV)=11.76, 3-Brooke Carlson (EUA)=8.17

4.a: 1-Soleil Errico (EUA)=11.10, 2-Chloe Calmon (BRA)=11.07, 3-Rosie Locke (AUS)=7.03

5.a: 1-Rachael Tilly (EUA)=11.03, 2-Minami Koyama (JPN)=10.77, 3-Kelis Kaleopaa (HAV)=9.30

6.a: 1-Mason Schremmer (EUA)=13.00, 2-Kaitlin Mikkelsen (EUA)=9.37, 3-Ashley Ahina (HAV)=7.00

---------ficaram para abrir o sábado:

7.a: Alice Lemoigne (FRA), Megan Godinez (HAV), Mahina Akaka (EUA)

8.a: Honolua Blomfield (HAV), Kathryn Hughes (AUS), Kelia Moniz (HAV)

SEGUNDA FASE – 3.a=25.o lugar com 700 pts e 4.a=33.o lugar com 667 pts:

1.a: 1-Atalanta Batista (BRA), 2-Lola Mignot (EUA), 3-Kirra Molnar (AUS), 4-Lucy Small (AUS)

2.a: 1-Emilly Lethbridge (AUS), 2-Haley Otto (HAV), 3-Natsumi Taoka (JPN), 4-Roisin Carolan (AUS)

3.a: 1-Tully White (AUS), 2-Rosie Locke (AUS), 3-Jevy Mae Agudo (PHL), 4-Kristy Quirk (AUS)

4.a: 1-Chloe Calmon (BRA), 2-Brooke Carlson (EUA), 3-Sally Cohen (HAV), 4-Poeti Norac (FRA)

5.a: 1-Kelis Kaleopaa (HAV), 2-Ashley Ahina (HAV), 3-Hiroka Yoshikawa (JPN), 4-Bianca Dootson (ALE)

6.a: 1-Mason Schremmer (EUA), 2-Minami Koyama (JPN), 3-Karina Rozunko (EUA), 4-Aping Agudo (PHL)

7.a: 1-Megan Godinez (HAV), 2-Kathryn Hughes (AUS), 3-Candra Jordan (EUA), 4-Miki Niwa (JPN)

8.a: 1-Keila Moniz (HAV), 2-Mahina Akaka (HAV), 3-Avalon Gall (EUA), 4-Monique Pontes (BRA)

QUARTA FASE MASCULINA – 1.o e 2.o=Oitavas e 3.o=17.o lugar com 1.050 pts e US$ 750:

1.a: 1-Kaimana Takayama (EUA)=12.00, 2-Taylor Jensen (EUA)=10.17, 3-Troy Mothershead (EUA)=10.03

2.a: 1-Edouard Delpero (FRA)=11.67, 2-Nic Jones (AUS)=8.53, 3-Saxon Wilson (EUA)=7.63

3.a: 1-Josh Constable (AUS)=11.40, 2-Phil Rajzman (BRA)=7.50, 3-Lucas Garrido Lecca (PER)=6.37

4.a: 1-Steven Sawyer (AFR)=11.53, 2-Nicholas Brewer (AUS)=11.06, 3-Max Weston (AUS)=10.87

5.a: 1-Kaniela Stewart (HAV)=13.03, 2-Kai Sallas (HAV)=12.00, 3-Jack Entwistle (AUS)=8.63

6.a: 1-Harrison Roach (AUS)=15.50, 2-Clinton Guest (AUS)=10.96, 3-Piccolo Clemente (PER)=8.74

7.a: 1-Tony Silvagni (EUA)=10.53, 2-Justin Quintal (EUA)=8.73, 3-Nelson III Ahina (HAV)=7.87

8.a: 1-Cole Robbins (EUA)=14.60, 2-Rodrigo Sphaier (BRA)=12.80, 3-Wenderson Biludo (BRA)=9.30

TERCEIRA FASE – 3.o=25.o lugar com 700 pontos e 4.o=33.o lugar com 667 pts:

---------baterias que abriram a sexta-feira:

7.a: 1-Justin Quintal (EUA), 2-Wenderson Biludo (BRA), 3-Matt Mulder (AUS), 4-Sam Christianson (AFR)

8.a: 1-Rodrigo Sphaier (BRA), 2-Nelson III Ahina (HAV), 3-Frank Murphy (AUS), 4-Pan Hai Hsin (TWN)

---------baterias que fecharam a quinta-feira:

1.a: 1-Troy Mothershead (EUA), 2-Saxon Wilson (EUA), 3-Eduardo Bagé (BRA), 4-Dean Bevan (AUS)

2.a: 1-Nic Jones (AUS), 2-Kaimana Takayama (EUA), 3-Dane Wilson (AUS), 4-Kevin Skvarna (EUA)

3.a: 1-Josh Constable (AUS), 2-Max Weston (AUS), 3-Jared Neal (AUS), 4-Anthony Spencer (AUS)

4.a: 1-Nicholas Brewer (AUS), 2-Lucas Garrido Lecca (PER), 3-Ben Considine (AUS), 4-Jefson Silva (BRA)

5.a: 1-Kaniela Stewart (HAV), 2-Harrison Roach (AUS), 3-Dane Pioli (AUS), 4-Julian Schweizer (URU)

6.a: 1-Clinton Guest (AUS), 2-Jack Entwistle (AUS), 3-Masaya Tsukamoto (JPN), 4-Taka Inoue (JPN)

Comentários

Galerias | Mais Galerias