#competição #comunidade #surf 
Ipojuca - Pernambuco - Brasil por Damangar

Federação Pernambucana premia melhores de 2018

Festa foi prestigiada por presidentes de federações dos estados, representantes do surf mundial, autoridades governamentais e imprensa.

Ontem foi um dia especial para o surf brasileiro. Na presença dos Presidentes das Federações de surf do país, autoridades e imprensa, foram premiados os campeões do circuito pernambucano de 2018.

A cerimônia foi realizada no Hotel Armação que teve de ceder seu maior auditório para comportar o público que veio prestigiar.

Thiago Silva (Campeão ProAM) se mostrou muito emocionado ao receber sua premiação, uma vez que mesmo estando em grande momento técnico na carreira, não conseguiu garantir sua inscrição para o Hang Loose Pro Contest que acontece ainda este mês em Fernando de Noronha, Pernambuco.

O fato causou comoção de empresários e autoridades que se comprometeram a ajudar o atleta com passagens, estadias e inscrições, para alguns eventos. Talvez não haja tempo hábil para a vaga no evento de Noronha, mas foram garantidas a sua presença na ilha ainda este ano para o circuito pernambucano e uma visita para surfar na Pororoca no estado no Maranhão.

Erick Braw (Sub 14), José Cláudio (Sub 16), Lucas Lisboa (Sub 18), Fernando Santos (Master), Edson Costa (Senior), Gabriele Cavalcante (Feminino), Luiz Duarte (Longboard) e Paulo Farfan (SUPWave) também receberam suas premiações de forma emocionada das mãos dos homenageados que deram nome aos troféus.

São eles: 

Troféu Alexandre Gordo – Sub 18  

Troféu Vanderlei Grego – Sub 16

Troféu Augusto Bruere – Sub 14

Troféu Jorge Kabaz – PRO/AM

Troféu  Maquiavel Costa – Master

Troféu  Maurício da Fonte – Sênior

Troféu  Aldemaro Filho – Feminino

Troféu Paulo Moura – Stand Up Wave

Troféu Walter Coelho – Longboard

Alexandre Gondin recebeu o prêmio por melhor cobertura jornalística das mãos de seu primo, Lauro Gondin que deu nome ao troféu.

Raquele, Cavalcante, ex-campeã pernambucana, recebeu o prêmio em nome de sua filha Gabriele.

A presença do atual presidente da Confederação Brasileira de Surf Guilherme Pollastri reafirmou que novos ventos se anunciam para o surf brasileiro sob diversos aspectos que o esporte profissional exige, principalmente mas não somente no que diz respeito a estrutura e organização. Guilherme assumiu o cargo a pouco mais de um mês mais já apresenta soluções e novidades sólidas para o futuro imediato do surf brasileiro.

A noite foi também de várias homenagens para Geraldo Cavalcanti. Conhecido como a “Locomotiva do Surf”, ele recebeu prêmios e homenagens por parte de atletas e empresários que ressaltaram sua atuação ao longo de toda a vida em prol do esporte em Pernambuco e no Brasil. Na ocasião, o Vereador Washington Antônio anunciou a indicação de Geraldo Cavalcanti para o título de Cidadão Ipojucano.

A volta do Hang Loose Pro Contest para Fernando de Noronha também foi motivo de comemoração.  A lenda Teco Padaratz, representando os surfistas profissionais, estava presente à festa e destacou a inclusão permanente da ilha no calendário dos grandes eventos do surf, uma vez que é o Hawaii do nosso país.

Teco lembrou ainda do protocolo que era usado nos eventos no WCT, que garante vaga ao campeão do País e do Estado onde está sendo realizada a etapa, em sinal de respeito ao território e a comunidade surf local. Um protocolo que traz honra a todos os envolvidos e deveria ser mantido.

Wellington Lima, Gestor de Esportes da Ilha de Fernando de Noronha, estava empolgado com a volta do surf mundial para a Ilha e renovou seu compromisso de criar estruturas que facilitem e fomentem a realização de eventos como este.

Márcio Botelho, Vice prefeito de Olinda, ao lado do Secretário de Turismo João Luiz da Silva, mencionaram a importância da presença do surf profissional para a sua cidade e como o impacto positivo da passagem de grandes eventos deste esporte podem ser sentidos imediatamente.

Comentários

Galerias | Mais Galerias