#meio ambiente #comunidade #educação #picos #cultura 
Rio de Janeiro - Brasil por Vanessa Rodrigues

AquaRio premia catarinenses que resgataram filhote de baleia Franca

A primeira edição do “Prêmio Conservação Marinha” reconhece as iniciativas individuais para a conservação dos oceanos. A cerimônia de entrega foi feita no dia 28 de novembro, no AquaRio.

Em outubro deste ano, os surfistas João Alberto Schimitz Filho e Philipe Oliveira Peixoto (conhecidos como João Baiuka e Philipe Marreco) ficaram famosos em todo o país por resgatarem um filhote de baleia Franca (Eubalaena) preso em uma rede de pesca, no litoral de Santa Catarina.

A iniciativa foi reconhecida pelo AquaRio e os surfistas foram os primeiros cidadãos a receber o “Prêmio Conservação Marinha AquaRio”, promovido pela atração. A premiação, que está em sua primeira edição, tem como objetivo identificar e reconhecer as iniciativas individuais para a conservação dos oceanos. A entrega foi feita nesta quarta-feira, 28 de novembro, às 10h, no AquaRio.

“O AquaRio está prestando esta justa homenagem aos heróis anônimos que arriscam suas vidas para salvar animais marinhos em dificuldade ou perigo de morte”, exalta Marcelo Szpilman, biólogo marinho e diretor-presidente do AquaRio.

Além de receberem o prêmio, os catarinenses poderão ver de perto os quase cinco mil animais de 350 espécies que habitam os 28 tanques do AquaRio em uma visita VIP, conduzida por Marcelo Szpilman. 

Neste mesmo dia, João Baiuka e Philipe Marreco também foram homenageados pela Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), com a medalha “Honra da Preservação da Vida”, e pelo Museu do Surf (Rico de Souza), com diplomas de bravura.  

“O ato heroico dos surfistas catarinenses, envolto em alto risco às próprias vidas, demostrou coragem, determinação e amor pela vida marinha”, diz David Szpilman, diretor-médico da SOBRASA.

Comentários

Galerias | Mais Galerias