#tecnologia 
Huanchaco - La Libertad - Peru por Fábio Maradei / FMA Notícias

Rip Curl The Search com lojistas em Chicama é sucesso

Clientes selecionados surfaram no famoso pico do Perú e também fizeram o test drive da nova roupa de borracha E6, novo Neoprene que a Rip Curl lançará no mercado.

O sonho de quase todo surfista é poder alinhar o esporte que ama com o trabalho. Alguns “felizardos” foram selecionados pela Rip Curl para poder viver o mais profundo espírito do The Search e testar produtos feitos sob medida. Embalados com ondas perfeitas de Chicama, no Peru, um dos melhores picos de surf do Mundo, muita interação e troca de experiências, oito lojistas foram convidados por sua identidade com a marca, por serem surfistas de alma e por valorizarem os clientes que pegam ondas.

Um projeto inovador, inédito, levando lojistas do mercado core, para surfar. Acompanhados pelo próprio CEO da Rip Curl, o ex-surfista profissional Felipe Silveira, pelo gerente de produtos técnicos, Márcio Ramos, e pelo gerente de marketing, Fernando Gonzalez, os oito empresários surfaram no point break de longas esquerdas e conheceram mais da cultura local, como os famosos e milenares Caballitos de Totora. Mais do que isso, foram os escolhidos para o “test drive” com a roupa de borracha E6, novo Neoprene que a Rip Curl lançará ao mercado.

Todos foram para o mar com roupas personalizadas e a “diversão” foi registrada pelo filmmaker Marcelo Bomfim e pelo fotógrafo Eduardo Fleck, mostrando o clima de descontração e camaradagem durante a viagem entre os profissionais de varejo segmentado em surf, vindos de várias partes do litoral brasileiro, do Rio Grande do Sul a Pernambuco. Eles ficaram hospedados no Chicama Resort, em frente ao pico e especializado em receber surfistas, tudo muito bem organizado pela Welcome SurfTrips.

Para Felipe, a viagem superou as expectativas. “O entrosamento dos lojistas foi excelente com troca de experiências e as boas ondas colaboraram para criar um ambiente favorável ao debate, troca de ideias e novos produtos”, falou o CEO. “Conseguimos atingir o nosso objetivo e também superar a expectativa dos nossos parceiros, convidados criteriosamente. Todos são lojistas que tem a filosofia igual da Rip Curl, e todos são surfistas. Foi bem legal. Pegamos ondas boas e estamos muito satisfeitos com o projeto e com o resultado”, acrescentou Fernando Gonzalez.

Além de toda a movimentação em prol do surf, do mercado, a Rip Curl recebeu um feedback positivo dos próprios lojistas, que experimentaram as novas roupas. Márcio Ramos, responsável por apresentar a novidade aos convidados, ressaltou a exclusividade das roupas e a qualidade. “A gente fez roupa personalizada para cada participante. Foram feitos só 12 exemplares no mundo inteiro, com o logo do The Search. Foi uma produção específica, na Tailândia, para os convidados da viagem”, explicou. “Em relação à performance em si, o teste foi 100%. A água lá é gelada mesmo e todos acharam a roupa super confortável e ninguém reclamou do frio”, complementou.

Os lojistas também voltaram para casa satisfeitos, com o reconhecimento, com a atitude da marca e com todo o clima envolvido no projeto. “A viagem foi uma excelente atitude da Rip Curl, reunindo parceiros comerciais de regiões distintas, em uma surf trip. Na real, houve uma boa troca de experiências, de forma saudável e amigável, uma boa aproximação da marca com os lojistas. Não tivemos altas ondas, mas surfar dias fracos de ondas é sempre melhor que estar no escritório”, comentou José Adolfo Rocha Júnior, proprietário da rede Bali, com nove lojas em Pernambuco.

“A roupa de borracha E Bomb geração 6 que testamos, me pareceu bem flexível e leve, apesar de não estar habituado ao uso delas, pois aqui em PE, a média anual da temperatura do mar é de 28 graus. Fiquei honrado e grato pelo convite”, acrescentou Adolfo.

O catarinense Marcelo Bruxel, da Marivan Surf e Skate Shop, com lojas em Porto Alegre, Capão da Canoa e Garopaba, também agradeceu o convite e deu parabéns pelo projeto. “Foi uma iniciativa sem precedentes no nosso mercado. O que nos possibilitou maior aproximação com a marca e uma grande troca de informações e experiências com outros lojistas. E a trip foi animal, estrutura, logística, altas ondas e o principal, a roupa nova está alucinante”, falou.

Quem também curtiu muito a viagem foi Peter Alexander Berndt, da Kanaha, no Paraná. “Quando recebi o convite da Rip Curl para testar as roupas em Chicama, fiquei muito feliz. Foi muito bom ser convidado para uma surftrip pela principal marca que trabalhamos na loja. A Rip Curl só me surpreende, primeiro a cada coleção vem com um produto inovador e agora este convite para conhecer melhor a equipe, outros lojistas, testar um novo produto, que ficou fantástico, muito leve, confortável e flexível”, destacou.

“A viagem foi alucinante, o visual de Chicama não tem igual. Tirei muito proveito conversando com outros lojistas, trocando informações sobre o mercado e conheci pessoalmente o Felipe, Marcio e Gonzalez, para saber mais de como a marca atua no mercado e o que pretende fazer”, comentou. “Minha loja é totalmente core, voltada para o praticante do surf, windsurf, kite, Sup e outros esportes aquáticos, por isso a Rip Curl é a principal marca que trabalho. Voltei com um novo ânimo, já falei até com o representante para montarmos um corner exclusivo da marca na loja”, finalizou.

Comentários

Galerias | Mais Galerias