#tecnologia #negócios 
Ventura - Califórnia - Estados Unidos por Varial Foam

Varial Desenvolve Novo Processo de Laminação a Seco

Depois de trabalhar com alguns dos mais conhecidos shapers e atletas em todo o mundo nos últimos quatro anos, a Varial utilizou suas capacidades avançadas de engenharia para expandir além da Varial Foam, a empresa de alto desempenho, fabricante de blocos

O novo processo patenteado da Varial para laminação de pranchas é conhecido como Vidro Infundido. Neste processo, a fibra de vidro é aplicada a um bloco de prancha sem uso de resina.

A prancha laminada a seco é então ensacada a vácuo e injetada com poliéster ou resina de epoxi sob alta pressão. Esta tecnologia, adaptada de processos usados ​​para fazer lâminas de turbinas eólicas gigantes e cascos de barcos de corrida, produz um laminado uniforme altamente repetitivo com conteúdo de resina extremamente baixo.

"As pranchas fabricadas com vidro Infundido são mais fortes e mais leves do que as pranchas feitas com laminação manual tradicional, e permitem um controle mais preciso das características flexíveis de uma prancha", disse o CEO da Varial, Edison Conner.

Neste novo processo, a Varial também diz ter a habilidade de isolar e projetar características específicas no encapamento da prancha para qualquer atributo de desempenho desejado.

"Nosso negócio foi estabelecido com a intenção de trazer materiais da indústria aeroespacial para o mundo do surf", acrescentou Conner. "Usando tecnologia avançada para projetar um bloco que é superior a todos os outros blocos de prancha no mercado foi o primeiro passo - o vidro infundido agora nos permite focar no outro componente importante da construção de pranchas de surf em nossa busca para ajudar os shapers a criar o mais alto desempenho e pranchas mais "tunadas".

Fonte: Varial Foam

Comentários

Galerias | Mais Galerias