#competição #caiaque 
Santos - São Paulo - Brasil por Fábio Maradei

Celso Filetti garante nova vitória no surfski, no Paulista de Canoagem Oceânica

O santista Celso Filetti continua soberano nas remadas entre os atletas da categoria master. No último domingo (21), ele venceu mais uma importante prova, no surfski, pela segunda etapa do Paulista de Canoagem Oceânica, em Caraguatatuba

Um dos pioneiros da modalidade no País, fez uma prova estratégica, para completar os 15 km de percurso na Praia do Jacaré.

“Fui o primeiro da minha categoria, o quinto colocado geral dos surfskis. Remei muito e ganhei do Marcelo Patuska, que é um dos melhores do Brasil na super master. Foi muito bom. Minha média foi de 12 km/hora e estou contente com o resultado. Fiz uma ótima estratégia de remar colado nos barcos mais velozes e atacar na hora certa”, destacou Filetti, que é médico veterinário, mas faz questão de treinar, pelo menos, seis vezes por semana.

Na prova, ele fez uma prova de recuperação, buscando outros competidores que largaram na sua frente. “Aos poucos fui ultrapassando e no meio da prova estava no vácuo de um barco duplo. E tive de decidir se ficava nessa cômoda posição ou tentava dar um tiro e buscar o barco da frente. É um momento crítico, pois pode fadigar e até perder essa posição. Mas como estava bem, fui para o ataque e assim fui até o final. Foi superação e vontade, pois sair da zona de conforto para arriscar tem de estar com apetite”, contou.

Para ele, seu maior mérito na competição foi ter levado dois surfskis duplos, para iniciar a nova modalidade. Um ‘Epic’ V10 Double para Guto Campos e Michel de Carli e um ‘Nelo’ Duplo SS2 para Jeferson Libório e Rafael João Amorim. “Quatro amigos. Essa foi a minha maior vitória. Mostra que os duplos vão chegar para valer. Fui pioneiro no surfski individual e agora ajudo a fomentar os duplos”, afirmou.

Com várias embarcações, entre canoas havaianas, caiaques e surfskis, Filetti comprou os dois novos equipamentos. “O Nelo é fabricado em Portugal, o melhor barco de velocidade da Europa. O Epic é produzido no Havaí, sendo o melhor barco oceânico. Todos os recordes da mais tradicional prova do Mundo, a famosa Molokai, são quebrados com ele”, explicou.

Agora, Celso se prepara para a segunda etapa do Aloha Spirit, um dos maiores eventos de esportes aquáticos do Brasil e um dos principais “Paddle Festival” no mundo. A competição será em junho, no Rio de Janeiro, com o atleta competindo no surfski e na canoa havaiana individual. Na etapa inicial, em Ilhabela, ele faturou as duas na master e ainda fez bonito no geral, sendo o vice na canoa havaiana e quarto no surfski.

Comentários

Galerias | Mais Galerias