Jeffreys Bay - Cabo Oriental - África do Sul por WSL

J-Bay Open 2015

O encontro de Fanning com um tubarão na bateria final contra o companheiro australiano Julian Wilson em J-Bay é absolutamente o pior pesadelo de um surfista. Felizmente para Fanning, ele afastou-se da situação incólume.

Wilson tinha acabado de dropar a primeira onda da bateria e estava remando de volta até o pico enquanto Mick Fanning estava sentado o concentrado no horizonte, esperando para a próxima série. Então, faltando 36 minutos de bateria, Fanning foi se reposicionar no pico. No webcast ao vivo, todos os telespectadores viram uma barbatana dorsal cinza romper à superfície da água atrás dele. Percebendo imediatamente que sua vida estava em perigo grave, Fanning deu chutes e socos no tubarão que estava na frente dele.

"Eu estava sentado lá e eu senti algo ficar enganchado em minha cordinha, e eu comecei a chutar e tentar espantá-lo", disse Fanning ao Fox Sports. "Eu só vi barbatanas, mas estava esperando os dentes." , falou Fanning, três vezes campeão mundial, dizendo ainda que foi capaz de "dar um soco no dorso do tubarão" e assustá-lo.

A equipe de segurança da água no barco e nos jetskis correram imediatamente para salvá-lo. Quando eles puxaram Fanning para o barco, sua cordinha tinha sido torada no meio deixando sua prancha flutuando na água. Ele saiu ileso. Julian Wilson encontrou abrigo atrás de um jetski com Peter Mel.

Eles foram trazidos até um ponto onde todos podiam sair na praia sem entrar na água, o drone de filmagem avistou o tubarão, bem como um outro ainda à espreita em torno do pico de surf.

A WSL emitiu uma declaração oficial na sequência do incidente:

"Estamos incrivelmente gratos que ninguém ficou ferido gravemente hoje, o comportamento e a rápida resposta de Mick em face de uma situação aterrorizante foi nada menos do que heróico e uma resposta rápida do nosso pessoal de Segurança da Água foi louvável - Eles são verdadeiramente de classe mundial em que eles fazem.

"A segurança de nossos atletas é uma prioridade para o WSL e, após discussões com ambos os finalistas, decidimos cancelar o restante da competição para o J-Bay Open. Agradecemos o apoio que temos tido na África do Sul e, mais uma vez quero para expressar a nossa gratidão à Equipa de Segurança da Água ".

Em 2013 um mergulhador foi morto por um tubarão em Jeffreys Bay, bem próximo ao local do campeonato.

Comentários

Notícias | Mais Notícias