#feminino #wlt #longboard #competições 
China

Havaiana Kelia Moniz fatura título mundial de Longboard da ASP na China

João Carvalho

A havaiana Kelia Moniz é a nova campeã mundial de Longboard da ASP

Ela faturou o título na reedição da mesma final do Swatch Girls Pro do ano passado na China, desta vez derrotando a australiana Chelsea Williams por uma larga vantagem de 16,05 a 9,50 pontos. As únicas brasileiras que competiram nas ondas pequenas do domingo em Riyuewan Bay, na ilha Hainan, não conseguiram classificação para as quartas de final. A carioca Chloe Calmon e a pernambucana Atalanta Batista terminaram em nono lugar no ranking feminino de Longboard da ASP em 2012.

As dezoito primeiras colocadas já tem seus nomes confirmados para a disputa do título mundial do ano que vem, então além delas a experiente catarinense Karina Abras, que ficou em 13.o lugar na China, também está garantida para defender o Brasil mais uma vez. As brasileiras não conseguiram vencer as duas baterias que disputaram no domingo em Riyuewan Bay.

Tanto Chloe como Atalanta ficaram em último na primeira rodada classificatória para as quartas de final, que abriu o último dia do Swatch Girls Pro. Na repescagem, a carioca Chloe Calmon até surfou bem, mas acabou eliminada pela australiana Georgia Young por 15,60 a 12,25 pontos. Já a tricampeã brasileira Atalanta Batista não teve qualquer chance contra a norte-americana Jennifer Smith, que registrou os recordes do campeonato, nota 9,65 e 18,90 pontos, contra apenas 8,90 das duas ondas computadas pela pernambucana.

Nas quartas de final quem começou a brilhar com grandes apresentações foi a defensora do título do Swatch Girls Pro, Chelsea Williams. A australiana despachou a japonesa Hiroka Yoshikawa por 16,30 a 8,25 pontos, depois também passou fácil pela americana Karina Rozunko por 17,20 a 9,65 para confirmar seu nome na final pelo segundo ano consecutivo na China.

Já a havaiana Kelia Moniz teve mais trabalho para reeditar a decisão do ano passado com a australiana. Ganhou por pouco da recordista absoluta nas ondas de Riyuewan Bay, Jennifer Smith, no placar encerrado em 15,75 a 14,90 pontos. E na semifinal contra outra norte-americana, Summer Romero, a diferença foi menor ainda, 12,80 a 12,50 pontos.

Mas, dominou a decisão do título, sagrando-se campeã mundial com grande vantagem, somando notas 8,70 e 7,35 das duas melhores ondas que surfou na bateria. Chelsea Williams não conseguiu repetir as suas atuações anteriores e o máximo que conseguiu foi a nota 6 da sua primeira apresentação na final. O placar ficou em 16,05 a 9,50 pontos e Kelia Moniz faturou o prêmio de 10 mil dólares oferecido para a campeã mundial.

LONGBOARD MASCULINO – Despois do Swatch Girls Pro decidir o título feminino, agora será a vez da China sediar o Citic Pacific Shenzhou Peninsula Pro, que vai definir o campeão mundial masculino de Longboard da ASP nas mesmas ondas de Riyuewan, em Wanning, na ilha Hainan. O Brasil é o país com maior número de participantes entre os 36 concorrentes ao título, com seis atletas, contra cinco dos Estados Unidos, do Havaí e da França, que comparecem com o segundo maior pelotão entre os dez países representados.

FINAL DO SWATCH GIRLS PRO CHINA:

Campeã mundial: Kelia Moniz (HAV) com 16,05 pontos – US$ 10.000 e 10.000 pontos

Vice-campeã: Chelsea Williams (AUS) com 9,50 pontos – US$ 4.000 e 8.000 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar – US$ 2.000 e 6.500 pontos:

1.a: Chelsea Williams (AUS) 17.20 x 9.65 Karina Rozunko (EUA)

2.a: Kelia Moniz (HAV) 12.80 x 12.50 Summer Romero (EUA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar – US$ 1.500 e 5.250 pontos:

1.a: Chelsea Williams (AUS) 16.30 x 8.25 Hiroka Yoshikawa (JAP)

2.a: Karina Rozunko (EUA) 12.85 x 8.65 Justine Dupont (FRA)

3.a: Summer Romero (EUA) 12.25 x 9.55 Georgia Young (AUS)

4.a: Kelia Moniz (HAV) 15.75 x 14.90 Jennifer Smith (EUA)

QUINTA FASE – REPESCAGEM – Vitória=Quartas de Final / Derrota=9.o lugar – US$ 1.100 e 3.750 pontos:

1.a: Hiroka Yoshikawa (JAP) 12.50 x 8.55 Yuko Shimajiri (JAP)

2.a: Karina Rozunko (EUA) 12.00 x 10.75 Tory Gilkerson (EUA)

3.a: Georgia Young (AUS) 15.60 x 12.25 Chloe Calmon (BRA)

4.a: Jennifer Smith (EUA) 18.90 x 8.50 Atalanta Batista (BRA)

QUARTA FASE – 1.a=Quartas de Final / 2.a e 3.a=Repescagem:

1.a: 9.75=Chelsea Williams (AUS), 8.85=Hiroka Yoshikawa (JAP), 6.20=Tory Gilkerson (EUA)

2.a: 14.65=Justine Dupont (FRA), 11.15=Karina Rozunko (EUA), 9.30=Yuko Shimajiri (JAP)

3.a: 14.35=Summer Romero (EUA), 9.15=Georgia Young (AUS), 8.60=Atalanta Batista (BRA)

4.a: 15.40=Kelia Moniz (HAV), 15.35=Jennifer Smith (EUA), 5.65=Chloe Calmon (BRA)

RELAÇÃO DOS 36 PARTICIPANTES DIVIDIDOS POR PAÍSES (nomes em ordem alfabética):

BRASIL – 6 – Amaro Matos (SP), Eduardo Bage (RJ), Jefson Silva (SP), Phil Rajzman (RJ) e Rodrigo Sphaier (RJ) pelo ranking mundial e Danilo Rodrigo (SP) pela ASP South America

ESTADOS UNIDOS – 5 – Cole Robbins, Taylor Jensen e Tony Silvagni pelo ranking mundial e Steven Newton e Tommy Witt pela ASP North America

HAVAÍ – 5 – Duane Desoto, Kai Sallas e Ned Snow pelo ranking mundial e Keegan Edwards e Nelson III Ahina pela ASP Hawaii

FRANÇA – 5 – Antoine Delpero, Damien Castera, Edouard Delpero e Timothee Creignou pelo ranking mundial e Remi Arauzo pela ASP Europe

AUSTRÁLIA – 4 – Harley Ingleby e Jared Neal pelo ranking mundial e Justin Redman e Dane Pioli pela ASP Australasia

ÁFRICA DO SUL – 3 – Justin Bing pelo ranking mundial e Bradley Weare e Dylan Macleod pela ASP Africa

INGLATERRA – 3 – Ben Skinner pelo ranking mundial, Adam Griffiths pela ASP Europe e Sam Bleakley com wildcard do evento

CHINA – 2 – Chen Dongming pelo ranking mundial e Tie Zhuang com wildcard do evento

JAPÃO – 2 – Shohei Akimoto e Yuji Hata pela ASP Japan

PERU – 1 – Piccolo Clemente pela ASP South America

Comentários

Galerias | Mais Galerias