#natação #feminino 
Brasil

Cristiana: nadadora do mar desbravando o oceano

Cristiana Schultz

A Cris encontrou sua conexão com o mar através da natação. Nesse mês das mulheres aqui no Surfguru ela conta pra gente como isso aconteceu e porque isso faz tão bem pra ela. Vem conferir!

Nesse mês das mulheres, vamos compartilhar com a nossa comunidade um pouquinho sobre a história de algumas mulheres que inspiram outras a se jogar no mar. Vem conferir o depoimento da Cris!

"Sou a Cris. Professora, mãe do Mathias, mulher do mar. Nascida no interior do estado do ES, cercada por um litoral extenso e crescida num tempo de bastante liberdade. E ser tão livre me deu espaço para percepções que mal sabia eu, se tornariam memória e parte do meu DNA para sempre. As brincadeiras, caminhadas e vivências ao ar livre treinaram meu olhar e minha sensibilidade para as belezas do lado de fora, para a imensidão do mundo em que vivemos.


Vamos para a parte do mar... passar verão no litoral, pegar "jacaré", fazer piquenique na areia ou longas caminhadas ao longo da praia eram nossa rotina desde a infância até a vida adulta, pela proximidade e facilidade de onde eu morava para chegar nas praias. Tenho "fraco" por água. Não me basta molhar o corpo, é preciso submergir, sentir-se abraçada pela imensidão de água, e o mar é convite irrecusável nesse sentido né!? Juntando a isso, sempre pratiquei natação como esporte e lazer, mas apenas na piscina.

E aí a minha história ganha um novo capítulo quando me mudo para a cidade de Vila Velha, com uma orla e um mar lindo e maravilhoso! Foi o início de uma relação que me transformou. Comecei a natação em águas abertas com um grupo sensacional chamado Nadadores do Mar, e desde então desbravo o oceano em pequenas e longas distâncias (fiz travessia de 15 km no mar), conheci ilhas, aprender sobre cultura oceânica virou uma paixão e levo o mar em tudo o que vivo e faço. Virou minha identidade, me deu forças, liberdade e alegria de viver. Vivi experiências tão sensacionais! Viajei para mares tão lindos. Conheci essa gente do mar tão maravilhosa.

Passei perrengue também em dias de ressaca, mas não nego que hoje são os dias que mais gosto... mar grande, entrar na adrenalina do estouro na areia, depois você lá dentro só no movimento da onda, subindo e descendo. Ver o dia a dia da sua cidade sob outro olhar. Reconhecer na brisa da manhã, no brilho do sol e nas cores do céu as estações e suas diferenças. Encontrar com animais marinhos e perceber-se parte também daquele ambiente. E parar de nadar por um instante, bem no meio do mar, para bater um papo descontraído com quem te faz companhia. Para mim a melhor parte de tudo!


Nadar é minha rotina diária. Acordo pelas 5 da manhã, faço meu treino, tomo banho no chuveiro da praia mesmo e vou trabalhar. Isso já acontece há cerca de 6 anos e é meu respiro do dia. O que me faz bem em todos os sentidos. Mesmo que às vezes a rotina fique cansativa, não abro mão dessa prática que faz bem para meu corpo e mente. Me fortalece.


E nessa história acabamos levando nossas experiências para outros campos, dando palestras em semanas de esportes para crianças em escolas.

Virei a Cris Sereia, a que numa nadada com amigos, encontrou uma pedra mágica no fundo do mar e ganhou o poder de se transformar em sereia quando está nadando no mar. Que fez do oceano sua morada, seu aconchego. E a história é sucesso absoluto entre as crianças, entre meus alunos.

Tenho ainda o sonho e a vontade de aprender a surfar. Acho linda a relação do surfista com o mar. Ficam ali "conversando" com as ondas, olhando o horizonte... fiz algumas aulas sem muito sucesso, e é meta aprender e tornar rotina um dia. Ter minha própria prancha! Ficar um dia inteirinho dentro da água!!!!

Ah... o mar é sensacional Onde aprendemos que mesmo pequenos, somos também imensidão. Curtição é infinita. Meu lugar preferido no mundo."

.

Comentários

Galerias | Mais Galerias