#wqs #wsl #profissional #atletas #viagens #surf #competições #treinamento 
Guarujá - São Paulo - Brasil

Com perna do Equador do QS na mira, Wesley Leite vence Surf-treino no Guarujá

Luciane de Castro

Aguardando as etapas de Montañita e Salinas que estão com status de upcoming, Xapa participa de mais um surf treino e leva a boa

Na terça-feira, 19 de maio, a praia da Enseada no Guarujá recebeu o Surf Treino Pro Guarujá, iniciativa dos atletas locais para manter o nível competitivo. O evento contou com a participação de 16 atletas, entre eles Wesley Leite.

Completamos pouco mais de um ano de pandemia e a morosidade na reorganização das atividades afeta fundamentalmente os atletas de alto rendimento. Neste aspecto, o surf treino é uma oportunidade ímpar de colocar a energia das competições em dia. 

Mental elevado, foco no processo e bons resultados.

Vencer o surf treino e começar a preparação para competir a perna equatoriana, recoloca o mental no nível adequado e desejado por qualquer atleta. Para Wesley, foi uma semana incrível onde tudo deu certo: “Focamos nos detalhes mínimos como horário dos treinos e, consequentemente, o horário para acordar, para se alimentar, para pensar a tática e tudo o que é muito importante e faz toda diferença numa competição. Saber que as etapas de Montañita e Salinas estão confirmadas dá mais combustível para buscar o objetivo maior, que é não só vencer como somar pontos para tentar o Prime.”.

Alto nível no Guarú.

Para vencer o Surf Treino foi muito importante chegar com uns dias de antecedência ao Guarujá para conhecer a dinâmica das ondas da Enseada: “Foi fundamental ter este período pré Surf Treino para criar alguma intimidade com a praia já que o nível dos competidores locais é altíssimo. Bateria é bateria e só termina quando acaba, além do mais, a natureza ninguém controla. Pode vir uma onda boa pra você como pode vir para seu adversário, por isso, estratégia é fator decisivo nessas situações. Nem sempre vence quem tem mais técnica.”.

#GoXapa - Partiu Equador.

Com o foco ajustado para mais vitórias, Xapa segue treinando forte, apostando na melhor vibe e na oportunidade de apresentar seu surf: “Todo este tempo foi muito ruim, porque a gente vai se desacostumando com a adrenalina que a atmosfera das competições proporciona. Voltando agora tudo parece novo, a perna treme, mas com todo treinamento físico e mental que estamos desenvolvendo, acredito que posso me dar bem com essa oportunidade de buscar o Prime. Esse novo formato ajudou bastante, já que conseguimos nos planejar para as competições mais “caseiras”, digamos. Estou confiante porque estamos fazendo tudo certo. Estamos no caminho certo.”

Comentários

Galerias | Mais Galerias