#meio ambiente 
Massachusetts - Estados Unidos

A Acidificação dos Oceanos Pode Ajudar os Corais?

Brian Stallard - Nature World News

Lembra-se de como a acidificação dos oceanos é muito ruim para os corais? Surpreendentemente este pode não ser sempre o caso.

Um novo estudo de corais tropicais mostrou que a taxa de construção de recifes realmente aumenta com aumentos moderados na acidificação. É só a acidificação intensa que pode prejudicar os corais.

Essa é, pelo menos, de acordo com um estudo recentemente publicado na revista Proceedings of the Royal Society B, que detalha exatamente como a estrutura do coral pode se beneficiar dessa mudança global geralmente prejudicial.

Deve-se salientar que os pesquisadores por trás deste trabalho estão, de modo algum, negando o que está ocorrendo com os corais tropicais em todo o mundo. Extensos registros mostraram que o aumento da acidificação dos oceanos está gradualmente diminuindo um dos recifes de coral mais icônicos do mundo: a Grande Barreira de Corais. Pior ainda, os especialistas descobriram que o dano continuado, que a intensa acidificação dos oceanos tem provocado em nossos recifes, tem realmente custando ao mundo trilhões de dólares em declínio dos ecossistemas e da infra-estrutura costeira.

No entanto, como diz o ditado, "há uma fresta de esperança em cada nuvem de tempestade" É aí que os pesquisadores da Universidade Northeastern Marine Science Center e da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill têm baseado o seu trabalho.

"O estudo mostrou que esta espécie de coral (Siderastrea siderea) exibiu uma resposta de pico ou parabólica para ambos o aquecimento e a acidificação, isto é, a acidificação e o aquecimento moderado realmente reforçaram a calcificação do coral, apenas o aquecimento e a acidificação extrema impactam negativamente os corais", explicou o co-author da pesquisa, Justin Ries, em um comunicado. "Isto foi surpreendente, já que a maioria dos estudos têm mostrado que os corais exibem uma resposta negativa até para a acidificação moderada."

O pesquisador e seus colegas descobriram que, enquanto a intensa acidificação dos oceanos está afetando negativamente algumas comunidades de corais, nem todos estão sendo afetados tão fortemente, graças ao fluxo natural do oceano.

A acidificação do oceano é causada pelo aumento da absorção contínua de dióxido de carbono vindo da atmosfera da Terra. Algumas comunidades de corais, expostas apenas a uma acidificação menor, estão crescendo mais rapidamente do que antes, porque os níveis de carbono elevados estão ajudando às algas simbiontes do coral a acelerar o processo de calcificação que constrói um recife.

Isto pode explicar porque algumas espécies de coral parecem estar "vencendo" a corrida para sobreviver às mudanças climáticas.

No entanto, Ries observa que a taxa em que as águas da Terra continuam a acidificar é alarmante, em comparação com a história geológica da acidificação dos oceanos.

"A quantidade de mudança que normalmente ocorreria em cerca de 10 milhões anos está sendo condensado em um período 300 anos", disse Ries. "Não é a apenas a magnitude da mudança que importa para os organismos, mas a rapidez com que está ocorrendo."

E o aumento desta taxa pode inclinar a balança para o pior, apesar do breve benefício que os corais estão recebendo das algas simbiontes.

Traduzido da Nature World News

Comentários

Galerias | Mais Galerias