#saúde 
Estados Unidos

Coma como um profissional: Dicas de Saúde de Kelly Slater

Kelly Slater

Não foi até os meus 20 anos que me tornei consciente do que eu estava comendo. Eu sempre acho que a minha adolescência teria sido melhor se eu tivesse uma dieta melhor.

Eu nunca tinha feito uma correlação entre a minha dieta e a minha saúde, mas quando fiquei mais velho e comecei a viajar e competir, fiquei realmente ligado na minha alimentação. Eu ainda me certifico de que ler sobre diferentes dietas, alimentos e os efeitos que têm sobre o corpo. Como um atleta profissional, você está sempre à procura de uma vantagem. Não quero nunca mais ter que questionar. Você quer fazer o trabalho mais cedo e saber que ele está lá.

A primeira vez que aprendi a sério sobre nutrição foi quando eu comprei uma fita por US$ 1.00 em uma loja de alimentação saudável chamada "Os médicos mortos não mentem." Ela tinha todas essas coisas nela sobre os efeitos dos alimentos, doenças degenerativas e falta de nutrientes. Foi a primeira vez que eu realmente percebi que se você não tem a dieta correta, pode causar tantos problemas. Em cima disso, em 2003, meu pai morreu de câncer e eu tive um monte de amigos que estiveram doentes ou morreram de uma série de doenças. Todas essas situações me fizeram me tornar apaixonado pela minha saúde e longevidade, e ser cuidadoso com o que eu coloco no meu corpo. Eu leio o rótulo dos ingredientes de tudo o que compro. Eu acho que é extremamente importante. Eu não consigo entender por que alguém não gosta de lê-los.

Comer limpo para mim, significa não comer muitos tipos diferentes de alimentos de uma só vez. Eu também tento comer uma grande variedade do mesmo nutriente. Por exemplo, se você estiver comendo proteína, eu não acho que você quer comer sempre a mesma proteína. Você quer variar os tipos de aminoácidos que você está comendo. Eu já estava comendo chia por vários anos, mas no ano passado eu estava trabalhando com um amigo, no Havaí, que disse que você pode mergulhar a chia em água de coco durante a noite e comer no café da manhã. Ele disse que tem todas as gorduras essenciais (ômega 3) que você precisa e os aminoácidos. Então eu comecei a fazer isso, e depois acrescento frutas e algumas nozes. Tornou-se um marco para mim.

Eu acho que quando você ouve a palavra de gordura, as pessoas pensam que vai torná-los gordos. Os americanos têm as mais baixas dietas ricas em gordura em todo o mundo e tem as pessoas mais obesas. Existe uma correlação entre os dois. As pessoas não percebem os efeitos positivos das gorduras saudáveis ​​em seu cérebro, na digestão e nas articulações. Temos boas gorduras também. As pessoas falam sobre os côcos e os abacates terem gordura. Abacates, côcos e sementes de chia são alimentos naturais. Eles crescem na terra, como eles são. Eles não são transformados e são alguns dos alimentos mais saudáveis ​​do mundo para você.

Alimentos, para mim, eu tenho que ser capaz de saber de onde vêm. Quando visitei as fazendas da Chia Company, eu, obviamente, aprendi muito sobre a área local, os sistemas de irrigação, a água, as estações sêca e chuvosa, mas para mim são os agricultores e a paixão que os agricultores têm pelo produto. Eu realmente não gosto de trabalhar com coisas que eu não sou apaixonado e que não têm um lugar na minha vida. Eu não quero apenas carimbar o meu nome nas coisas. Eu gosto de trabalhar com pessoas que têm visões semelhantes a mim.

Traduzido do artigo para o site The Inertia

Comentários

Galerias | Mais Galerias