#picos 
por Connor Christopher

Um Guia Rápido das Zonas de Surf da Europa

A Europa é o lar de alguns dos melhores picos de surf do mundo, tanto para iniciantes quanto para os profissionais.

Hoje, existem mais de 2,5 milhões de surfistas em toda a Europa, desde a antiga arte polinésia desembarcou no Velho Continente em 1950.


Algarve

O Algarve é conhecido pelo seu clima mediterrâneo ensolarado e praias, e atrai milhões de turistas europeus todos os anos. Também tem alguns dos melhores picos de surf e ser rico em ondas no continente. Ele tem duas costas ao longo dos lados oeste e sul que significa que você não tem que brigar com os moradores e turistas para pegar as melhores ondas.


Surf em Algarve

O oeste é um pouco mais exposto do que o sul e é frequentemente atingido por ondas grandes, então se você é um surfista avançado experiente, a costa oeste do Algarve é um dos locais de surf mais radicais na Europa. No entanto, se você é um iniciante, a costa sul oferece ondas menores para que você possa começar a adquirir experiência em um mar mais tranquilo.


Portugal

Algumas das melhores praias de surf em Portugal incluem a Praia de Arrifana, que é considerada uma das mais belas praias do país, e é boa para o surf durante todo o ano.

Peniche é uma outra grande parte de Portugal e é conhecida como a "Capital das Ondas" por causa de suas grandes condições de surf durante todo o ano. Uma praia em Peniche, a Praia de Supertubos, é famosa por suas ondas tubulares e perfeitas, e é conhecida como a Pipeline na Europa.


Supertubos durante o WCT

Estes tipos de ondas atraem surfistas profissionais de todo o mundo e em 2010 foi palco de uma das etapas do circuito mundial de surf (WCT). A melhor época para ir a esta praia é em outubro.

Espanha

A Espanha tem um clima excelente, boa comida e uma história interessante, bem como muito surf de classe mundial. Os 4.000 km de costa faz da Espanha um local de sonho de qualquer surfista, e significa que haverá sempre um local sem crowd se você estiver preparado para procurar.


Mundaka quebrando clássica

O sul é constantemente quente e sêco, oferecendo excelentes condições de surf particularmente nos meses de inverno europeu, quando ondas de 2 metros e vento terrão são muito comuns. A Espanha tem sido um local popular entre os surfistas do Reino Unido durante anos, mas com ondas como Mundaka aparecendo regularmente nas revistas internacionais de surfe está se tornando cada vez mais popular entre os surfista de todo o mundo.


Costa Oeste da França

Quando se trata de França, a maioria das pessoas pensa em croissants e a Torre Eiffel. Mas embora o país seja conhecido pela sua gloriosa comida, toda a costa ocidental oferece belas praias com variadas qualidades de surf. Quanto mais para o sul na costa você for, melhor as ondas ficam.


Wiggolly Dantas em Hossegor

Os picos de surf ao redor de Hossegor, tais como La Nord são melhores para os profissionais ou surfistas kamikaze, devido às ondas incrivelmente poderosas. Outros picos de surf de topo na França incluem Les Bourdaines, Le Penon e Les Montagnes Mortes. Estes fundos de areia são especiais porque as ondas do Atlântico sazonais são canalizadas através de um desfiladeiro em águas profundas ao largo da costa de Hossegor. As ondas então batem nos bancos de areia com força oceânica.

Lanzarote e Fuerteventura, nas Ilhas Canárias

Ambas as ilhas estão situadas no Oceano Atlântico, perto da costa da África, e oferecem alguns dos picos de surf mais radicais na Europa. Com temperaturas amenas constantes, é o lugar perfeito para o surf durante todo o ano. Lanzarote é conhecido como o Havaí da Europa e as costas norte, leste e oeste recebem boas ondas durante todo o ano.

As ondas grandes e poderosas chegam durante outubro e março. Surfistas experientes podem se testar nas ondas em La Santa ou Punta de las Mujeres.

A praia de San Juan nas ilhas Canárias

Tanto para os iniciantes, quanto os surfistas mais avançados, Famara é uma boa localização com um enorme arco de areia capturando as ondas para você surfar. Fuerteventura oferece ondas muito semelhantes a Lanzarote e é considerado um dos melhores locais da Europa para ondas pesadas, sem crowd.

Os melhores horários para surfar em Fuerteventura é durante a manhã ou final da tarde, quando as condições de terral e as brisas do Atlântico fresco geram um surf de classe mundial. A Praia Sotavento em Fuerteventura é aquela em que o vento não pára de soprar. Outros grandes picos de surf em Fuerteventura incluem Rocky Point, La Pared, El Muelle e Spew Pits.


Ilha da Madeira

Madeira oferece um desafio, mesmo para os surfistas mais avançados e experientes do mundo. A ilha pitoresca senta-se sozinha no Atlântico desafiadoramente no caminho de qualquer swell vindo do Atlântico Norte. A experiência de surf na Madeira é para ser valorizada com poderosas ondas, desertas, oferecendo uma chance de realmente testar as habilidades dos surfistas com toda a força do Atlântico.


Paúl do Mar

Os melhores meses para surfar aqui são entre outubro e abril. Um dos locais mais radicais na Madeira para o surf é Paúl Do Mar, uma onda rápida e oca para a direita.


Cornwall - Inglaterra

Cornwall é conhecido por um monte de coisas, mas para os britânicos e para um monte de visitantes vindos da Europa para a Inglaterra, Cornwall é o lugar para ir surfar e tem sido assim por mais de 40 anos. Newquay, em particular, tem sido um terreno fértil para os campeões nacionais e internacionais e possui um número impressionante de estrelas.

Towan Head, Newquay é o lar da famosa onda Cornish Cribbar, um fenômeno raro que acontece apenas algumas vezes por ano, o que cria ondas maciças em acima dos vinte pés de altura. Com um bom número de picos tanto para iniciantes como para surfistas experientes, Cornwall realmente atende a todos quando se trata de surf.


Praia de Fristal, em Cornwall

Alguns locais perfeitos para iniciantes incluem Harlyn Bay e Towan Beach, em Newquay que evitar correntes perigosas e reduzir as chances de grandes vacas. Alguns picos de surf para os mais experientes aqui incluem Praa Sands (muitas vezes vista como a jóia da costa sul), St Agnes e Chapel Porth onde as correntes são extremamente fortes e as ondas geralmente cuspem os iniciantes logo que eles entram no mar.

Com um grande número de picos de radicais de surf em toda a Europa, é difícil encontrar um local que não seja o lar de ondas impressionantes que são perfeitas tanto para iniciantes como para os surfistas experientes. Com locais que são perfeitos durante todo o ano, há sempre um lugar para ir para pegar a onda perfeita.

Comentários

Galerias | Mais Galerias