#competição #surf 
Fortaleza - Ceará - Brasil por Redação Surfguru

Show de surf no encerramento da Liga Cearense de Surf

Ondas perfeitas, gente bonita, muito reggae e um verdadeiro show com todas as gerações do surf cearense. Esses foram os ingredientes da receita de sucesso do Reggae Club Surf Festival.

A última etapa do certame da recém criada Liga Cearense de Surf, rolou no último fim de semana nas ondas da Ponte Metálica, Praia de Iracema, na Capital Cearense.

E quem se deu melhor nas disputas das principais categorias da competição, respectivamente, Open Maculino e Feminino, foram os atletas Jannifer de Sousa e Letícia Cavalcante.

Jannifer precisou usar todas as suas armas para superar os adversários, protagonizando uma virada espetacular nos últimos segundos da final, tirando das mãos de Zé Milton o título da etapa, que parecia certo, levando o público que lotava o local ao delírio:

“Foi uma batalha muito disputada. Graças a Deus consegui acertar um aéreo na última onda que me garantiu a virada... Estou muito feliz”, declarou o local do município de Paracuru.

Já Letícia Cavalcante, que chegou embalada pela conquista do título de Campeã Brasileira da categoria, não teve grandes dificuldades para superar as adversárias Ariane Gomes, segunda, Juliana Santos, terceira, e Raissa Sousa, quarta colocada.

Entre os locais quem comandou o show foi Alexandre Rodrigues, que além de vencer a categoria exclusiva para os surfistas habituais da Ponte Metálica, faturou também a Grand-Master e ainda beliscou um quarto lugar na categoria Master.

Outro destaque foi o multitalentos Marcelo Bibita, que também arrastou duas categorias, a Longboard e a Grand-Kahuna, superando nomes de peso como o fluido Cardoso Júnior, atual campeão Brasileiro da categoria Grand-Kahuna.

Entre os Kahunas melhor para Wagner Menezes, o Coruja, que surfou muito para deixar Cardoso Júnior com mais um troféu de vice na etapa.

Entre os Masters o grande campeão foi o atleta da Praia da Leste-Oeste, Gleison Sardinha, com André Caboim na segunda colocação. Ainda entre os veteranos o potiguar Emanoel de Sousa levou para o RN o título da categoria Senior, com Isaías Silva em segundo.

Nas categorias de base os destaques ficaram por conta de Lucas Bezerra, que levou para o Icaraí o título da Mirim, Raone Ribeiro, que faturou a Júnior, Thiago Eduardo que levou a Iniciante e Raoni Rocha abocanhou o título entre os Gromets.

“Estou muito feliz com o resultado e com meu ano como um todo. Conquistamos várias vitórias, como o título brasileiro da categoria Mirim além de outros bons resultados. Agora é focar na evolução buscando participar de mais eventos no eixo Sul-Sudeste do país”, declarou Lucas.

No apagar das luzes a última categoria a entrar na água foi a SUP Waves, com mais um show do atleta multisposts Ygon Maia, que faturou mais um troféu de 1º colocado para a sua extensa coleção, com Carlos Leite terminando em segundo, Paulo Emílio em terceiro e Paulo Marcelo em quarto.

Apesar dos atletas do SUP terem saído da água bem depois do entardecer, ainda havia tempo para o fechamento do primeiro circuito da Liga cearense de Surf com uma superfesta comandada pelo DJ Coka Vibration onde o público pôde vibrar com a disputa da Garota Reggae Club, que encerrou as atividades de praia do evento.

Para Romero Jucah, Presidente da Liga Cearense de Surf, o circuito inaugural da LCS foi um sucesso e já prevê um incremento no certame para o ano de 2017:

“Estou muito satisfeito como evento como um todo. A união das tribos do surf e do reggae foi uma combinação perfeita entre o alto astral do ritmo jamaicano e a adrenalina do surf. As ondas “compareceram” nos dois dias do evento, os atletas deram show de surf e adesão, e até nossa comissão julgadora foi de nível internacional com a presença do árbitro da WSL Sérgio Gadelha, além dos medalhões locais Netão e Pracinha. Agora é aprontar a festa da entrega da premiação já pensando no ano que vem”, declarou Romero, fazendo alusão à festa de entrega da premiação que rola na próxima quinta (23) no Reggae Club.

O Reggae Club Surf Festival contou com o Patrocínio de Reggae Club. Apoio: Aquax, Cilindro, Maresia, Outburst, Pena, Sem Serebro, Pardal, Cerveja Itaipava, Catuaba Selvagem e Prefeitura de Fortaleza através da Secretaria da Juventude. Divulgação: Blog Manobra Radical, Revista Beach Show, Surfguru e Studiosurf. Realização: Liga Cearense de Surf. Promoção: R Fun Eventos. 

Por George Noronha

Resultados da 2ª Etapa

Open Masculino

1º Jannifer de Sousa

2º José Milton

3º Rafael Venuto

4º Phelipe Maia

Open Feminino

1ª Letícia Cavalcante

2ª Ariane Gomes

3ª Juliana Santos

4ª Raissa de Sousa

Junior

1º Raone Ribeiro

2º Lucas Bezerra

3º Marcos Aurélio

4º Pierre Oliveira

Grand-Kahuna

1º Marcelo Bibita

2º Cardoso Júnior

3º Hermano Frota

4º Grilo

Master

1º Gleison Sardinha

2º André Caboim

3º Emanoel de Sousa-RN

4º Alexandre Rodrigues

Grand-Master

1º Alexandre Rodrigues

2º Luciano Cavalcante

3º Rogério Dantas

4º Zé Roque

Senior

1º Emanoel de Sousa-RN

2º Isaías Silva

3º Phelipe Maia

4º André Caboim

Mirim

1º Lucas Bezerra

2º Raone Ribeiro

3º Alexandre Camargo

4º Eraldo Sanford

Iniciante

1º Thiago Eduardo

2º Lucas Bezerra

3º Raone Rocha

4º Russinho

Gromets

1º Raone Rocha

2º Ítalo Oliveira

3º Cauet Frazão

4º Pamela Lopes

Longboard

1º Marcelo Bibita

2º Jhony Quest

3º Natinho Rodrigues

4º Maycon Braga

Sup Wave

1º Ygon Maia

2º Carlos Leite

3º Paulo Emílio

4º Paulo Marcelo

 

Comentários

Galerias | Mais Galerias