#competição #picos #surf 
Salinópolis - Pará - Brasil por Redação Surfguru

Definidos os campeões do Circuito ASPAS 2016

As ondas pareciam coisas Divinas… E eram. O surf é de Deus e nós somos abençoados por tê-lo e por praticá-lo.

Texto e fotos por Denys Sarmanho

A velha máxima "o menos é mais" encaixou- se perfeitamente. Não sendo repetitivo, mas sendo… A união, a vibe positiva, as ondas, a galera descolada presente torcendo e vibrando a cada boa manobra executada ou até mesmo rindo inocentemente pela manobra errada, a comissão técnica, a organização, um hotel belo e de tradição em frente ao pico patrocinando a competição daqueles eternos e jovens amantes desta praia, o troféu exemplarmente confeccionado para o evento, o fotógrafo e ‘videomaker’ em êxtase com a ‘vala’, o show das feras dentro d’água, o contumaz free surf na esquerda do palanque que momentaneamente invadia o pico e pegava séries homérica com direito a reclamações micro fonadas mas totalmente compreendidas, a garota surfe gerando apupos, gritos e aplausos, aliás, a entrega de premiação foi recheada de aplausos.

Os patrocinadores que fizeram questão de apoiar o esporte em  um novo ‘boom’ no Brasil, estavam presentes na entrega dos troféus e da premiação. Tudo conspirava de forma íntegra e totalmente sintonizada com o ambiente em volta. O evento  foi cativante e coletivamente aconchegante, sem estrelismos em torno do esporte dos Deuses, coisa feita por gente, gente diferente.

Quem veio, viu, curtiu, e está compartilhando tudo neste exato momento.

A ASPAS realizou com poucos recursos um evento histórico, pois não se tem notícia por mais incrível que possa parecer, de que a praia do Farol Velho tenha sediado uma competição de alguma entidade. A Associação que concluiu sua segunda etapa e conheceu os melhores da Copa Atalaia Inn, definiu também os campeões do Circuito ASPAS de 2016.

Sandro Rogério papou a Open, mas ficou em vice na Master, sua atual categoria. Rafael tentou reverter o resultado com duas ondas longas, mas com manobras curtas não somou o suficiente para bater os três rasgadões fortes e perfeitos de Sandro, ficando em segundo e na somatória de resultados conseguiu o título do Circuito e  como prêmio a Bolsa de Estudos na língua inglesa na Microlins. Bruno Soares superou o já experiente Paulo Rogério, que pecou na escolha de ondas, apesar de  ter esculachado uma parede com duas fortes manobras de ‘backside’ no crítico. Paulo precisou de outra onda ‘limpa’ para bater o ‘feijão com arroz’ de Bruno executados com precisão. Bruno fechou na terceira colocação, enquanto Paulo, um dos favoritos da bateria amargou a quarta posição.

Na Master outro belo duelo. Sandro Rogério pegou o mestre dos esportes radicais Alex Cavalcante, e seus dois irmãos, locais do pico. A bateria foi equilibrada entre Sandro e Alex até o final, sendo definida á favor de Alex por exatos dois décimos. Com viradas fortes de costa para a onda, Sérgio Roberto abocanhou a terceira colocação, deixando seu irmão e também ‘ostra’ do pico Junior Felix, que fez em sua pior atuação  no evento, em  quarto lugar.

Final Junior apertada, e com níveis iguais. Quem se deu melhor foi Bruno Soares, que usou a constância de seus ‘cutbacks’ e de suas batidas na junção para agradar os juízes e vencer a categoria, sagrando- se campeão ASPAS 2016, e embolsando também um curso anual de Inglês da Microlins no valor de 3 mil e 200 moedas. Em segundo ficou a campeã brasileira CBSurf 2016 Dayse Silva, que superou dois juniores, Tiago Silva e Jaíson Nóbrega, terceiro e quarto lugares respectivamente.

A Iniciante foi a tônica do evento, pois Breno Soares é considerado o ‘grumete’ mais carismático do berço do surf paraense, sempre alegre e disposto a um ‘free surf’ já  conta com fã clube e possui um surf polido e radical. Porém, o ‘papa títulos’ Nadson Costa também estava na briga. Caindo muito e pecando na escolha das ondas Nadson ainda tentou reagir no finalzinho da bateria, a buzina soou, e Breno, que colecionava aplausos e gritos da galera a cada onda surfada até a beira com rasgadas de ‘backside’ ganhou o título da Copa.  O título do Circuito ASPAS 2016 ficou com o atleta Gabriel Correa, do Farol Velho, que foi premiado com uma prancha oferecida pela Federação.

Na Feminino, Deyse Silva em suas duas primeiras ondas já tinha praticamente o título da categoria nas mãos, pois a atleta esta um degrau acima das outras competidoras. Samylla bem que tentou pressionar a campeã da Confederação Brasileira, mas ainda precisa lapidar as manobras na parte crítica. Samylla ficou em segundo, seguida de sua irmã Jaqueline em terceiro, com a quarta colocação ficando para a atleta Liliane D’oliveira. A Campeã do Circuito ASPAS 2016 foi a atleta Deyse Silva.

Quando: De 16 a 18 de Dezembro

Onde: Praia do Farol Velho Salinópolis- Pará

Hora: Á partir das 07:00 hrs

Categorias: Open- Master- Junior- Iniciante- Feminino

Apoio: PMS Prefeitura Municipal de Salinópolis, Microlins, Secretaria de Meio Ambiente de Salinópolis, Hotel Atalaia Inn, site Craud.net, Dr. Sena, Nicoboco Eyewear, Panificadora Ki- Massas, Onça Confecções, Cocada Suprema, Salinas Park Resort, site Portal do Sal, Instituto Manguezal, São Geraldo Praia Center, Resende’s, Fepasurf, Distribuidora JHS, Tropikália Beach, Marcel Celular, Banana Wax, Sinara Casa, Dr. Sena e Escritório Bar.Com

Realização: ASPAS e Hotel Atalaia Inn

Divulgação: Sites craud.net, portaldosal.com.br, waves.com.br, surfguru.com.br, studiosurf.com.br, surfbahia.com.br e innersport.com.br.

Resultado 2º FASE OPEN

1º BATERIA

1º LUGAR RAFAEL CORREA                13.5 PTS

2º LUGAR MARCELO RODRIGUES 13.0 PTS

3º LUGAR JUNIOR FELIX                        9.5 PTS

2º BATERIA

1º LUGAR PAULO ROGERIO           6.5 PTS

2º LUGAR HIAGO MUNIZ                 5.5 PTS

3º LUGAR HARJAN AGUIAR           5.5 PTS

4º LUGAR SÉRGIO SARMANHO  5.5 PTS

3º BATERIA

1º LUGAR SANDRO ROGÉRIO TOTAL 13.0 PTS

2º LUGAR BRUNO SOARES TOTAL        9.5 PTS

3º LUGAR ADRIAN CORREA TOTAL     6.5 PTS

4º LUGAR LEANDRO SOUSA TOTAL     6.5 PTS

SEMI FINAL MASTER

1º BATERIA

1º LUGAR SANDRO ROGÉRIO       10.5 PTS

2º LUGAR SERGIO ROBERTO          9.5 PTS

3º LUGAR RONALDO NÓBREGA  8.0 PTS

2º BATERIA

1º LUGAR ALEX CAVALCANTE 9.0 PTS

2º LUGAR JUNIOR FELIX             5.5 PTS

3º LUGAR LEANDRO SOUSA    3.75 PTS (INTERFERÊNCIA)

SEMI FINAL OPEN

1º BATERIA

1º LUGAR RAFAEL CORREA      12.0 PTS

2º LUGAR SANDRO ROGÉRIO 11.5 PTS

3º LUGAR HIAGO MUNIZ            5.5 PTS

2º BATERIA

1º LUGAR PAULO ROGÉRIO               12.5 PTS

2º LUGAR BRUNO SOARES                 9.5 PTS

3º LUGAR MARCELO RODRIGUES 9.0 PTS

RESULTADO FINAL

FINAL MASTER

1º LUGAR ALEX CAVALCANTE 12.5 PTS

2º LUGAR SANDRO ROGÉRIO  12.3 PTS

3º LUGAR SERGIO ROBERTO     8.0 PTS

4º LUGAR JUNIOR FELIX              5.0 PTS

CAMPEÃO DO CIRCUITO ALEX CAVALCANTE

FINAL OPEN

1º LUGAR SANDRO ROGÉRIO TOTAL 17.O PTS

2º LUGAR RAFAEL CORREA TOTAL      16.0 PTS

3º LUGAR BRUNO SOARES TOTAL        15.O PTS

4º LUGAR PAULO ROGÉRIO TOTAL      14.O PTS

CAMPEÃO DO CIRCUITO RAFAEL CORREA

FINAL JUNIOR

1º LUGAR BRUNO SOARES        13.5 PTS

2º LUGAR DAYSE SILVA                11.5 PTS

3º LUGAR TIAGO SILVA               10.5 PTS

4º LUGAR JAÍSON NÓBREGA 9.0 PTS

CAMPEÃO DO CIRCUITO BRUNO SOARES

FINAL INICIANTE

1º LUGAR BRENO SOARES      12.5 PTS

2º LUGAR NADSON COSTA    11.5 PTS

3º LUGAR FELIPE NÓBREGA    9.5 PTS

4º LUGAR RENILSON COSTA    8.5 PTS

CAMPEÃO DO CIRCUITO GABRIEL CORREA

FINAL FEMININO

1º LUGAR DAYSE SILVA                         12.0 PTS

2º LUGAR SAMYLLA NÓBREGA      10.0 PTS

3º LUGAR JAQUELINE NÓBREGA    3.5 PTS

4º LUGAR LILIANE D’OLIVEIRA         3.0 PTS

CAMPEÃ DO CIRCUITO DAYSE SILVA

GAROTA SURFE ASPAS 2016 SAMYLLA NÓBREGA

Comentários

Galerias | Mais Galerias